Subscribe:

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

ESTUDO SOBRE O CRISTÃO E A WEB


ESTUDO SOBRE O CRISTÃO E A WEB

A Internet foi criada em 1969, com o nome de Arpanet, interligava apenas quatro computadores de universidades nos Estados Unidos, e durante muito tempo ficou restrita à área acadêmica. No Brasil, a Internet chegou por volta de 1988, para auxiliar nas pesquisas universitárias, e sua operação estava subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Mas foi somente à parte de 1995, que a Embratel, por meio de uma autorização do Ministério das Telecomunicações, disponibilizou seu acesso pra o uso comercial. (Fonte: Editora Érica)
O crescimento da internet no Brasil é espantoso, hoje se conta às dezenas de milhões os seus usuários. É um mundo virtual muito semelhante ao real, nele encontra-se sites versando sobre todos os assuntos possíveis, especialmente os voltados para o lixo, pornografia, sexo e temas espiritualistas. Mas, mesmo por conter tais sites, não devemos radicalizar e afirmarmos que o Servo de Deus não deve navegar, afinal o Senhor nos concede o direito de fazermos o que quisermos e nesta liberdade, precisamos ser conscientes e responsáveis para julgarmos o que é lícito ou não (1Co 6.12).
Bom lembrar: Más ações, mesmo virtuais, continuam sendo pecado.
“...Eu sou aquele que sonda mente e corações, e vos darei a cada um, segundo as vossas obras.” Ap 2.23
“Todo caminho do homem é reto aos seus próprios olhos, mas o Senhor sonda os corações.” Pv 21.2 (
Veja também: Sl 7.9; 17.3; 139.1)
Um teclado, um monitor e um mundo, literalmente um mundo pela frente. Assim é a Web; um veículo altamente influenciado pelo maligno, e sabiamente usado por ele. Que no anonimato da virtualidade oferece aos ávidos pelo pecado, pratos de todos os tipos, em especial aos que se refere a pornografia e filosofias satânicas. Os jovens são os principais alvos.
É lamentável esta constatação mas, para muitos cristãos, a internet tem sido um meio secreto de extravasar toda a maldade da carne. Longe do olhar de familiares, presbíteros, pastores e demais autoridades da igreja, alguns se sente totalmente à vontade para agir segundo as inclinações de seus corações e fazem coisas terríveis.
Esquece-se que o Senhor a tudo vê e certamente tais pecados não passam desapercebidos diante do trono e serão cobrados no tempo oportuno (Ap 2.23).
Não é aconselhável ao cristão praticar:
Sites Eróticos e Pornográficos.
Navegar pelas páginas do erotismo é contrário aos princípios divinos. É pecado! (Ef 4.19; 5.3; 2Pe 2.10)
Sexo Virtual (masturbação ou conversas sensuais).
É comum esta prática entre os internautas, vale lembrar, que é pecado. (Ef 3.5; 1Ts 4.7; Hb 13.4)
Bate Papo / Chat.
Estas salas de conversação, são usadas por muitos para construir amizades e em outros casos, até falarem do amor do Senhor. Infelizmente, nota-se que as designadas aos Cristãos/Evangélicos dos grandes portais, são verdadeiras praças onde os freqüentadores influenciados por espíritos malignos se apresentam de forma constrangedora. Lamento a ingenuidade de muitos que insistem em “jogar pérolas aos porcos” (Mt 7.6) expondo ao ridículo a palavra santa do Senhor e, pela vida de muitos crentes que escondido atrás de um “Nickname” mostram suas inclinações pecaminosas, usando expressões baixas ou outros meios para atingirem o próximo.
Sites do Senhor.
Mas, em meio a este mar de coisas terríveis, visualizamos ilhas que são verdadeiros paraísos espirituais, nas quais podemos aportar e desfrutar das delicias que nos são apresentadas; verdadeiro alimento que fortalece a nossa fé e concede-nos disposição para continuarmos firmes e inabaláveis na caminhada em direção à cidade santa. Estes sites devemos visitá-los e ajuda-los.
Pais, estejam atentos com a vida que seus filhos tem levado na Web, sugiro que façam uma censura continuamente. Até mesmo as salas de Bate Papo podem ser altamente danosas. Uma boa e franca conversa com os filhos sobre os perigos virtuais é salutar.
Amados do Senhor, estejam atentos e não se deixem enganar pela obra sutil do diabo. Lembre-se, ele anda ao nosso lado à procura de uma brecha, e encontrando-a entra e destrói a vida.
Vamos fazer uso da Internet de uma forma santa e edificante! (1Pe 1.16)...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.