Subscribe:

domingo, 23 de dezembro de 2012

AMALDIÇOA O TEU DEUS E MORRE...


                                               AMALDIÇOA O TEU DEUS E MORRE...


Em Jó 2:9 está escrito: “E a mulher dele disse: Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua integridade? Blasfema de Deus, e morre.”. Neste versículo, a mulher de Jó estava incentivando Jó a amaldiçoar a Deus; pelo menos, é o que dá para concluir num primeiro momento. No entanto, algo que sempre me intrigou, foi o fato dela (a mulher de Jó) ter permanecido viva e depois ter sido grandemente abençoada no final de tudo, juntamente com o seu marido Jó. A pergunta que eu sempre me fazia era: “Como a mulher de Jó podia ter sido preservada viva e depois grandemente abençoada, se ele incentivou Jó a amaldiçoar a Deus?”. Isto me parecia uma grande contradição. Devido esta dúvida, eu fui buscar esta passagem no original, em hebraico, e descobri o seguinte: A mulher de Jó NÃO disse “Amaldiçoa a Deus e morre”, mas ela disse “Abençoa a Deus e morre”. No idioma original (no hebraico) a mulher de Jó disse “Barech Elohim”. Mas, o que significa “Barech Elohim”?
Barech significa “abençoar, bendizer, louvar”,
“Elohim” é um dos nomes de Deus na Bíblia. Ao pé da letra, este nome significa deuses, pois, está no plural. O sufixo “im”, em hebraico, forma o plural masculino. No entanto, quando se refere ao único e verdadeiro Deus, este nome passa a ter o sentido de “Deus dos deuses”, pois, o Senhor é Deus sobre todos os outros supostos deuses; Ele é o Senhor dos Senhores.
Então, a mulher de Jó disse que ele deveria bendizer a Deus e morrer; ela não disse para Jó que ele deveria amaldiçoar a Deus, pois, “Barech” não significa “amaldiçoar”, mas “abençoar, bendizer, louvar”. Quando eu vi esta passagem no hebraico, eu consegui entender o motivo pelo qual ela foi preservada viva e porque Deus permitiu que ela fosse grandemente abençoada, juntamente com Jó, depois da grande tribulação em que passaram juntos: ela não havia dito, em nenhum momento, que Jó deveria amaldiçoar a Deus; pelo contrário, ela havia dito que ele (Jó) deveria bendizer a Deus. Devido este motivo, Deus a preservou e a abençoou grandemente. No entanto, surgiu outra dúvida: “Se ela disse para Jó bendizer a Deus, então por que Jó a repreendeu e disse que ela havia falado como uma doida, conforme podemos ver em Jó 2:10? Analisando o contexto, eu percebi que Jó repreendeu a esposa dele, pelo fato dela ter feito uma proposta derrotista e desanimadora a ele; é como se ela tivesse dito o seguinte a Jó: “ Desista, não há mais o que fazer; louve a Deus por tudo que já tivemos de bom no passado e aceite que estamos derrotados”. Jó, ao ouvir isso, repreendeu a mulher dele, porque ele sabia que o Redentor dele (Deus) era poderoso o suficiente para reverter toda aquela situação degradante. Este foi o motivo pelo qual Jó disse a mulher dele, que ela falara como uma louca: devido a proposta desanimadora que ela havia feito a ele. Observem, irmãos amados, que depois de estudar a fundo esta passagem, toda aparente contradição, desapareceu. A Bíblia é perfeita; ela NUNCA falha. Às vezes, a tradução em nosso idioma deixa um pouco a desejar, mas a Bíblia em si, nunca falha.
Infelizmente, muitos cristãos, devido a falta de conhecimento bíblico, acham que a Bíblia falha ou entra em contradição. Isto não é verdade; a Palavra de Deus é perfeita, pura e verdadeira. O que acontece é que muitos cristãos (e quando digo muitos, são muitos mesmo) não procuram conhecer as Escrituras a fundo, e devido este motivo, acabam tendo a FALSA impressão de que a Bíblia é falha. A BÍBLIA NÃO FALHA, NÃO ERRA E NEM SE CONTRADIZ; ELA É PERFEITA. O que as pessoas precisam fazer, urgentemente, é conhecê-La mais a fundo, pois, somente deste modo, ela será melhor compreendida. Então, se um dia você tiver a impressão de que a Bíblia se contradiz, estude a passagem em questão mais a fundo e você verá que as Escrituras não se contradizem nunca: somos nós que nem sempre conseguimos entendê-la corretamente. O ERRO ESTÁ SEMPRE EM NÓS; NUNCA NA BÍBLIA. Espero que tenham gostado deste texto e até o próximo estudo, se Deus assim quiser...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.