Subscribe:

terça-feira, 30 de agosto de 2016

PONDO EM PRÁTICA O DOM DA FÉ...


                                         PONDO EM PRÁTICA O DOM DA FÉ...
Compreender a verdadeira fé em Deus tem sido um desafio gigante a muitas pessoas, até mesmo àquelas que professam a fé cristã evangélica. Por muito tempo, as pessoas foram ensinadas que precisam usar “amuletos com poderes mágicos”, como rosa ungida, sal grosso, sabonete ungido e etc... Quando a realidade hermenêutica verdadeira, exegética sincera e ortodoxia pura bíblica são:
João 4:50
“Disse-lhe Jesus: Vai, o teu filho vive. E o homem creu na palavra que Jesus lhe disse, e partiu.” Leia a sequencia desse texto e veja o resultado da confiabilidade do homem que creu na palavra dita de Jesus a ele: aconteceu o milagre que ele desejava, a cura de seu filho. Aleluia! Glória a Deus!
Muito diferente dos que usam artifícios como acima citado. Há uma realidade nos arraiais religiosos, em que pessoas com coração sincero se locomovem para esses arraiais na perspectiva de encontrar a fé verdadeira. Contudo o que encontram são frustrações e decepções, pois vivenciam uma fé sem fundamentos corretos e distantes da realidade que Jesus ensina. Esse meu relato não se baseia em uma espécie de ataque a fulano, sicrano e beltrano, mas um alerta àqueles que, com sinceridade, desejam professar sua fé no verdadeiro Deus e alcançar salvação eterna. Pois o próprio Jesus disse: “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam” (João 5:39). Então examine a Bíblia que é fonte única e absoluta da verdadeira fé cristã em Jesus cristo.
João 14:1
“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.” Aqui Jesus ensina e aponta seus ouvintes seguidores a colocar e apoiar sua fé em Deus e N’Ele, isto é, no próprio Jesus, pois Ele mesmo é a palavra
Você poderia se perguntar: Em quem, em quê e como devo crer? Essa pergunta permeia mentes e corações em meio a uma gama de ensinamentos e doutrinas prejudiciais e manipulativas em nossos dias atuais. Pois o apóstolo Paulo disse Pelo Espírito Santo de Deus o seguinte:
I Timóteo 4:1
“Mas o Espírito (Santo) expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios...” (grifo meu). Esse é motivo para você que deseja conhecer e viver a verdadeira fé em Deus que trará milagres e respostas de Deus para suas angústias e mazelas, tanto do espírito, alma e corpo.
TODO TIPO DE FÉ LEVA A DEUS. CERTO? ERRADO.
TIPOS DE FÉ
 Fé Emocional: É um problema na vida de qualquer ser humano. Pois ela se baseia em desejos e vontades que nem sempre está abalizada com a vontade de Deus. A pessoa vai à igreja, ouve a mensagem, fica animado e entusiasmado, mas quando sai do culto e começa a enfrentar o mundo real que o desafia com seus problemas, esta pessoa desanima logo, desiste e acaba voltando à igreja triste e abatida. Ela começa a ver gigantes, Golias espirituais (problemas sobremodos grandes e aparentemente impossíveis de serem removidos). Quando se depara diante de uma situação que foge ao seu controle, fica desesperado (a), deprimido (a) e toma atitudes sem o respaldo e direção de Deus que  nos conduz para as vitórias que Ele nos outorga ao crermos N’Ele.
A bíblia fala desse tipo de fé. Veja:
Tiago 1:8
“O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos.”
O que é um homem de coração inconstante? É o tipo de pessoa que ouve a palavra de Deus. Começa a crer, mas o tempo vai passando e ela não tem firmeza na fé, acaba enfraquecendo. Aí, ela volta ao culto, recebe de novo a palavra e depois acontece tudo de novo. Então, ela não tem firmeza para continuar, independente das circunstâncias. Não importa se elas estão favoráveis ou não, ela deve continuar acreditando. O homem inconstante tem um coração dobre, ou seja, uma hora crê e outra hora não crê. Pergunto: Como Deus pode abençoar uma pessoa dessa? Nunca. Sê firme e verás as bênçãos de Deus em sua vida. Aleluia!
ESSE É O TIPO DE FÉ EMOCIONAL QUE NÃO PRODUZ NADA, ALÉM DE FRUSTAÇÃO E DESGOSTO PELA VIDA CRISTÃ. MOTIVO PELO QUAL VOCÊ VÊ MUITAS PESSOAS APOSTATANDO (ABANDONANDO) DA FÉ EM JESUS.
Fé sobrenatural (que provem de Deus para o coração do homem tornando-o ousado para crer no impossível): É a fé produzida pela pregação da palavra de Deus por um servo D’Ele, porém dirigida e direcionada por Ele para os ouvintes. Analise esse texto e veja o exemplo dentre inúmeros nas páginas das sagradas escrituras:
Mateus 9:18
“Dizendo-lhes ele estas coisas, eis que chegou um chefe, e o adorou, dizendo: Minha filha faleceu agora mesmo; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá.”
Veja o exemplo desse homem:
1)      Era um homem normal como você. Tinha uma alta função religiosa: Era líder religioso de uma sinagoga (templo judaico)
2)      Tinha um grande problema: A morte visitou uma das pessoas que ele mais amava: Sua filha. Começou um período de dor, sofrimento e angústia por ver quem ele amava destinada ao cemitério. Quantas dores e angústias você carrega em sua alma por ter perdido valores que aos seus olhos são irrecuperáveis? Qual é o seu problema, agora, neste momento, que te assola e não te deixa dormir em paz?
3)      A reação de Jairo ao ver sua filha morta: Ele não se conformou com a morte, pois ele toma a iniciativa de se aproximar de Jesus no propósito de resgatar o que se perdeu. Sabemos que, se tomarmos a iniciativa correta e buscarmos a pessoa certa, veremos soluções reais em meio aos grandes problemas. Jairo estava em equilíbrio emocional, não demonstrava desespero frente à morte que se instalara em sua casa. Para onde você vai e quem você procura nos momentos de dores e problemas que surgem em sua casa? As dificuldades sempre existirão. Esse não é o problema, mas sua solução começa ou seus problemas poderão aumentar dependendo do local e da pessoa que você se envolve nessas horas difíceis. Jairo poderia ficar lamentando: não iria resolver. Jairo poderia procurar seus amigos: mas não os procurou. Ele resolve se aproximar da pessoa certa: Jesus.
4)      Aproximação de Jesus, a garantia de milagres: Seu milagre acontece quando você procura Jesus mesmo que seu problema, humanamente, sendo impossível de ser revertido. Você pode agora mesmo se deslocar de sua casa ou sair desse quarto, dessas prisões de dores e sentimentos de derrota, tipo: está tudo acabado, não tem mais solução, já não creio mais, não quero ver o resultado, estou perdido (a) etc. Jairo teria mais motivo que você para ficar assim. Mas não aceitou essa condição. E porque você não toma o exemplo de Jairo? Tome uma decisão de recuperar o que você perdeu ou está perdendo. Você vai deixar seu casamento acabar ou vai lutar por ele? Você vai abandonar seu filho drogado e alcoolizado entregando-o(a) sem tomar uma atitude de fé, aproximando-se de Jesus? Você tem desejo de se aproximar de todo mundo: do galã da novela, do Ronaldinho gaúcho, do Presidente da República do Brasil, pessoas que estão em destaque na mídia, atores, jogadores de futebol... Pessoas que não podem te socorrer agora, não se importa com sua realidade de vida, nem sabem que você existe, enquanto despreza o aproximar de Jesus. Mas Deus diz ao contrário acerca de você e veja como Ele se importa contigo, deseja realizar tuas aspirações, e quer acabar com esse cativeiro (prisão) que te traz dor e sofrimento. Veja:
Jeremias 29:11
“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que desejais.”
Deus sabe o quanto você está sofrendo, agora, neste momento que você está lendo esse artigo. Mas Ele espera que você faça como Jairo que se aproximou D’Ele. Vamos prosseguir enumerando.
5)      Adore e convide-o a ir até sua casa com você: isto é, convide Jesus ir até o seu problema. O de Jairo estava em sua casa (sua filha morta). Onde está o seu problema? Em sua casa, seu trabalho? Começou lá no seu trabalho? Ou talvez seu problema esteja dentro de você mesmo(a) em forma de depressão, neurose mental, raiva, ódio, falta de perdão. Não consegue perdoar aquela pessoa que lhe machucou. O remédio é esse: faça como Jairo, aproxime-se de Jesus, se prostre ante sua presença, exponha sua dor e dificuldade e, logo em seguida, numa atitude de fé e confiabilidade, convide-o a ir até o lugar onde reside o problema e verás o resultado de sua fé. Jairo era um homem religioso e sua religião não pode fazer nada por ele. Ele teve que abrir mão da tradição religiosa e se aproximar de Jesus. Ele conhecia a religião, mas nunca tinha se aproximado de Jesus (A religião faz o contrário: separa as pessoas, cria grupos isolados exclusivistas e excludentes, gerando uma mentalidade de superioridade aos demais. É o mesmo estigma hitlerista segregacional ético) O que resolveu seus problemas foi Jesus e não um sistema religioso. Que homem decidido a mudar! Que homem corajoso e disposto a entrar numa fé sobrenatural com Jesus! Isso é o que verdadeiramente significa ser cristão.
Tiago 4:8
“Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós.” Isto é, se aproxime de Deus que Ele se aproximará de você. A partir daí, ele se envolverá com você, pois primeiro você decidiu se aproximar D’Ele. E se você decidiu, é por que você crê N’Ele. Veja essa confirmação em outro texto que explica que, se você fizer isso, demonstra uma atitude de fé:
Hebreus 11:6
“Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador (recompensador) dos que o buscam” (grifo meu).
Comece agora mesmo a mudar sua história com Jesus. A de Jairo mudou. Mas lembre-se: Só mudou porque ele resolveu se aproximar de Jesus. Entre no seu quarto agora mesmo e exponha se coração na presença (Jesus).Faça como Davi que abriu seu coração para Deus:
Salmos 142:2
“Derramei a minha queixa (dificuldades) perante a sua face; expus-lhe a minha angústia” (grifo meu).
Que Deus te ilumine e abra os seus olhos para ver o quanto Ele te ama e se importa com você...

Apóstolo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da religião Dr. Edson Cavalcante.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.