Subscribe:

domingo, 23 de novembro de 2014

BÍBLIA SAGRADA X CIÊNCIAS OCULTAS...


                                            BÍBLIA SAGRADA X CIÊNCIAS OCULTAS...
Alguém se lembra das antigas bruxas? Narigudas, maquiavélicas, insensíveis, de riso estridente e aparência amedrontadora? Elas continuam as mesmas, mas os seus cabelos, narizes e vestuário apresentam muita diferença! Já não voam em vassouras, muito menos vivem ao redor de caldeirões fervilhantes. A caça às criancinhas perdidas em florestas acabou. Hoje, conquistá-las é bem mais fácil.
A lenda dos aprisionamentos em porões escuros, onde meninos e meninas recebiam uma dieta para que engordassem e fossem servidos nos banquetes das “velhas malvadas” também sofreu atualizações. Agora, o prato predileto do “ocultismo contemporâneo” tem sido “cérebros suculentos”, mentes ávidas pelo que é desconhecido e cada vez mais bonito e tecnologicamente atraente. Em lugar dos ambientes sinistros estão as salas de estar, quartos, cinemas, lan houses etc. A fantasia continua sendo a principal matéria-prima.
Pastor Luís Peixoto, escritor e professor de Teologia, explica que o ser humano busca respostas contínuas para a existência humana e as forças ocultas do mal acentuam, ainda mais, estas procuram o mundo encantado do ocultismo que tem entradas múltiplas. Internet, televisão, jornais, revistas, livros, videogames e etc, estendem tapetes vermelhos em saudação aos novos simpatizantes. Tudo é colocado à disposição da humanidade como se fossem árvores repletas do fruto proibido. E, infelizmente, o caminho mais atrativo para a sociedade tem sido o das curvas sinuosas da serpente.
A metáfora é romantizada e envolvente como um conto de fadas, porém nem sempre acaba com final feliz. Assim como as sutilezas de uma crônica, o ocultismo tem minado mentes de crianças e adultos, utilizando a arte como instrumento de persuasão e criação de identidade.
PERIGOS POR TRÁS DA TRAMA
Entenda o que significa cada item citado na novela, que é ambientada numa cidade do interior, a fictícia Serranias, entre as décadas de 1930 e 40.
Religião Wicca – Em “Eterna Magia”, as personagens vividas pelas atrizes Malu Mader e Mariana Sullivan são duas bruxas que seguem os preceitos da Wicca. Esta religião é uma tradição neo-pagã criada e denominada originalmente pelo escritor Gerald Gardner, cujos preceitos celebram a natureza. Wicca também é o nome dado às bruxas modernas.
Celtas – Segundo historiadores, a terra de origem dos celtas era uma região da Áustria, perto do sul da Alemanha. De acordo com Maria Inês Cavalcanti, bruxa em Ribeirão Preto (SP), a cultura celta valoriza rituais, sempre louvando os deuses da natureza. Os druidas, também citados pela trama, são pessoas encarregadas das tarefas de aconselhamento, ensino, jurídicas e filosóficas dentro da sociedade celta.
Magias branca e negra – Na cultura celta, os cavaleiros usavam três tipos de capuz: cinza, branco e negro. Foi daí que surgiram as magias branca e negra. A magia negra, que na América Latina foi associada a outros rituais africanos dos escravos, segundo Inês, é usada para fazer o mal. Já a magia branca é usada para favorecer positivamente as pessoas.
Bruxas – Considerada parte de antigas práticas dos cultos xamânicos, a bruxaria tem suas origens no período pré-histórico e trata-se do culto a um deus. “Não existe bruxa má ou boa, tudo depende de que lado está”, frisa Maria Inês, que teve seu contato com a bruxaria aos seis anos de idade.
Para o mundo secular, o ocultismo é fascinante. Definido como o conjunto de sistemas filosóficos e artes misteriosas associadas a conhecimentos secretos, ganha cada vez mais adeptos entre as sociedades intelectualizadas. Já a igreja caracteriza como ocultista toda seita ou religião cujas práticas incluam previsões futurísticas, comunicação com os mortos ou segredos instigantes. O que à luz da Palavra é abominável, para a sociedade é atraente. O mal já não parece ser tão mau assim. O oculto já não repele, mas atrai as massas.
Qual a explicação para o sucesso de vendas da série Harry Potter, livros com mais de 600 páginas disputado por crianças em todo o mundo com lançamento em data e hora marcada? O que faz de Paulo Coelho ser o autor mais lido em todo o planeta? Por que o místico, secreto ou esotérico compõe as categorias campeãs entre os best-sellers?
“Muitos dos temas trabalhados em programas de TV, como agouros, prognósticos, horóscopos etc., são temas que o povo gosta de explorar. Por isso, são apresentados pela mídia “televisiva”, diz o pastor João Souza Filho, autor de quatro livros tratando sobre ocultismo, marketing e publicidade, certamente, têm sua parcela de contribuição. No entanto, para Sérgio Carneiro, cristão, publicitário, pós-graduado em Comunicação e professor universitário, o ocultismo é tema atrativo por si só. “Em menor ou maior grau, o oculto sempre fez parte da história humana, e a propaganda, atenta a tudo o que atrai a atenção dos homens, vale-se desse interesse coletivo para divulgar seus produtos”. Carneiro enfatiza que, de certa forma, foi o desejo de conhecer o que era secreto que motivou Adão e Eva no jardim do Éden a comerem do fruto proibido. Eles desejavam conhecer o que não sabiam, estavam instigados pela idéia de que poderiam descobrir um grande segredo. E essa “curiosidade” percorre as sensações humanas até hoje. “O ocultismo, sob esta perspectiva, é apenas mais uma isca da propaganda para atrair o interesse das pessoas.”
NOVIDADE NO AR
Em um aspecto, pais e responsáveis podem começar a comemorar. Pelo menos, por enquanto. Isso porque uma portaria do Governo Federal e do Ministério da Justiça impôs limites na programação de qualquer obra visual. A notícia caiu como uma bomba para as TVs abertas, que acusaram o governo de criar uma nova censura.
Segundo a portaria, o horário livre será das 6 às 20 horas, e o de proteção à criança e ao adolescente, das 20 às 23 horas. Outra novidade na nova portaria diz respeito ao fuso horário. Atualmente, um mesmo programa é exibido para todo o país pelo horário de Brasília. Com a mudança, uma novela que é veiculada, ao mesmo tempo, às 21 horas no Rio Grande do Sul e às 18 horas no Acre, fica proibida, devido à indicação das faixas etárias por horários. A medida é bem vista pelo apresentador de TV e pastor presbiteriano Eber Cocareli. “O que as TVs comerciais não falam é que esta norma já existe em países como Estados Unidos, Canadá e Japão. Não é censura política, como foi em 1970, e sim uma censura moral”. À frente de um dos programas de maior audiência da Rede Internacional da Graça de Deus, a Rit, ele afirma que tenta fazer uma TV genuinamente evangélica para toda a família.
De acordo com o pastor Luís E. Peixoto, escritor, professor de Teologia e conferencista internacional, a áurea nebulosa do místico é o que fascina a inteligência do homem. “O fato de existir dentro do ser humano um vazio que só pode ser preenchido pelo amor e graça de Deus, o leva a buscar respostas contínuas para a existência humana. De onde vim? Quem sou? O que faço aqui? Para onde vou?”. Além disso, ele acredita que as forças ocultas do mal acentuam, ainda mais, esta procura.
A atriz e hoje pastora Simone Carvalho é alguém que usa seu testemunho para conquistar outros atores. Para ela, a culpa do sucesso de novelas como “O Profeta” e “Eterna Magia” é dos próprios cristãos que as assistem. Alguns cristãos atribuem os comentários sobre o ocultismo e seus derivados como exageros, divagações e teorias irrelevantes, uma vez que o diabo é tão aceito que não necessita mais do subliminar para atingir o povo. Entretanto, outros percebem os detalhes de manifestações e mensagens ocultas que, para a m
aioria das pessoas, passam despercebidos.
O escritor Daniel Mastral, 40 anos, autor de “Voz do que Clama no Deserto”, aliciado pelo satanismo dos 17 aos 25 anos, chama a atenção até mesmo para o horário em que passam as novelas da Rede Globo, cujas cenas têm doses homeopáticas e fortes de ocultismo. Mastral aponta o seguinte raciocínio: “Deus falava com o homem na virada do dia. No calendário judaico contava-se o tempo a partir do pôr do sol. Jesus foi crucificado na hora sexta e ficou até a hora nona. Ou seja, do meio-dia até as três da tarde. Então, o fim deste dia era quando o sol se punha, às 18hs. Nesse horário, tem início a noite; as trevas. E as novelas que abordam temas ocultistas começam às 18h. “Vampi”, “Iemanjá”, “Alma Gêmea”, “O Profeta” e, agora, “Eterna Magia”. Será tudo isso acaso?”
PRÁTICAS OCULTISTAS CITADAS NA BÍBLIA
Na antiguidade, adivinhadores, mágicos e feiticeiros eram muito respeitados entre as autoridades, e os reis frequentemente tomavam decisões embasadas em suas predições.
- Nabucodonosor decide atacar a cidade de Jerusalém depois de recorrer aos deuses (Ez 21: 21,22): “O rei da Babilônia pára na encruzilhada da estrada, sacode as flechas, pergunta aos deuses e examina o fígado de um animal que fora oferecido em sacrifício”. Agora sua mão está segurando a flecha marcada com a palavra “Jerusalém”. A prática era conhecida na época como hepatoscopia (contato com deuses através do fígado de um animal).
- Hamã, além de querer matar Mordecai, planejava acabar com os judeus utilizando métodos ocultistas como o “Purim”, uma prática semelhante a “sorte” (Et 3:7-9; 9:24-25).
- Os magos e feiticeiros, súditos de Faraó, transformaram cajados em serpentes a fim de desestabilizar Moisés e Arão (Ex 7:8-12, 19-22; 8:5-11,16-19; 9:11).
-O rei Saul morre por consultar uma adivinhadora (2 Cr 10:13-14).
Para o pastor João Souza Filho, autor de 21 livros, quatro deles tratando sobre ocultismo e mundo espiritual, é bem possível que o autor de uma novela que trate de Wicca ou bruxaria, como é o caso da atual novela das 18h, não tenha por objetivo divulgar uma crença. É possível que esteja apenas trabalhando um tema que fascina a todos: bruxaria e mística. “Muitos dos temas trabalhados em programas de TV, como agouros, prognósticos, horóscopos, etc. são apenas temas que o povo gosta de explorar e sente-se curioso em conhecer. Por isso, são apresentados pela mídia televisiva”.
O subliminar e o místico estão aí. O oculto transformou-se em um campo profissional explorado e extremamente rentável. Segundo Roberto C. P. Júnior, espiritualista, escritor e mestre em ciências: “Em apenas um ano de trabalho, um esotérico pode ganhar em média quatro mil dólares por mês sem sair de casa. As franquias de lojas e centros de práticas esotéricas se multiplicam sem parar. Videntes já atendem pela Internet, oferecendo por e-mail previsões e consultas com o tarô; e inúmeros serviços esotéricos por telefone prometem até mesmo limpeza de aura à distância”.
TIPOS DE PRÁTICAS OCULTISTAS
O ocultismo no mundo moderno se estabeleceu em diversos segmentos religiosos. As práticas mais conhecidas na atualidade são:
- ADIVINHAÇÃO: É a categoria ocultista com maior número de ramificações. Algumas das práticas de “predições futurísticas” através da interpretação de sinais são: aleuromancia, aeromancia, alectoromancia, astragalomancia, dendromancia, belomancia, catoptromancia, cefalomancia, quiromancia, clidomancia, dactilomancia, dafnomancia, geomancia, hidromancia, lampadomancia, libanomancia, litomancia, margaritomancia, necromancia, enomancia, ornitomancia, ovomancia, acrimancia, astrologia, pêndulos, mandala, hidroscopia, cartas, búzios, tarô, runas, numerologia, bolas de cristal e centenas de outros tipos, conforme a cultura.
- BRUXARIA: Acredita-se que o surgimento da religião tenha acontecido no período pré-histórico, há aproximadamente 20 mil anos. Porém, ela só ganhou notoriedade entre os celtas, egípcios, assírios, greco-romanos e normandos (vikings), pela prestação de serviços de curandeirismo. Além disso, as bruxas tinham a incumbência de encaminhar os espíritos dos mortos aos seus destinos e eram as videntes que auxiliavam na tomada de decisões da comunidade. Atualmente, a religião se divide em duas categorias:
* Bruxaria Tradicional: fadas, céltica, britânica, alexandrina, caledoniana, picta, cerimonial, diânica, georgina, eclética, hecatina, teutônica ou nórdica, asatru e algard;
* Bruxaria Moderna, também conhecida por Wicca ou Tradição Gardneriana.
- ESPIRITISMO: Doutrina filosófica embasada nos livros de Allan Kardec, séc XIX. Acredita na comunicação com espíritos de mortos. As práticas adotadas são: mediunidade, clarividência, clariaudiência e operações psíquicas.
- SATANISMO: Religião oficialmente registrada em 30/04/1966 por Anton Szandor LaVey. A seita possui templos mundialmente conhecidos como “Igreja de Satanás” e sua filosofia e suas referências estão na Bíblia do Satanismo. Para a membresia, a adoração não é oferecida ao diabo, mas a si próprio. O hedonismo (busca do prazer como bem supremo) é a prática mais atrativa aos novos adeptos. Entre os rituais realizados estão a magia branca, magia negra e os pactos satânicos.
- OUTROS TIPOS DE SEITAS, TÉCNICAS E PRÁTICAS: maçonaria, rosa cruz, feitiçaria, cabala, vodu, macumba, alquimia, ufologia, vampirismo, martinismo, i ching, grafologia, viagem astral, radiestesia, horóscopo, druidismo, thelemismo, Necronomicom, etc.
Há quem diga que a televisão é uma fábrica de sonhos. Não há barreiras para a imaginação. Existem aqueles que deixam o mundo virtual se tornar real, pois, como passam muito tempo em frente à TV, perdem o senso crítico para distinguir entre a verdade e a utopia. As crianças são as mais afetadas. Só que nem mesmo os adultos escapam da influência. Um bom exemplo do tempo gasto diante da “telinha” são os dados do Fundo das Nações Unidas para a Criança (Unicef). A pesquisa aponta que crianças e jovens passam, em média, quatro horas assistindo à TV. Tempo maior ao que dedicam à escola.
O cristão e publicitário Sérgio Carneiro observa: “Em menor ou maior grau, o oculto sempre fez parte da história humana, e a propaganda, atenta a tudo o que atrai a atenção dos homens, vale-se desse interesse coletivo para divulgar seus produtos” Muita informação é apresentada à popu
lação nesse período de exposição. E o ocultismo está na lista das atrações. A Rede Globo de Televisão, por exemplo, lançou no mês de maio a sua terceira novela, em menos de um ano e meio, com esta temática. “Eterna Magia” mescla bruxaria, reencarnação e ritos pagãos, e vem causando perplexidade entre evangélicos.
O primeiro a se pronunciar foi o reverendo Wildo Gomes (Igreja Missão e Vida em Anápolis, GO), que utilizou a internet para defender sua idéia. Ele criou um manifesto que rapidamente se difundiu na rede e, em seu texto, propõe um boicote à emissora. Wildo critica, por exemplo, as novelas da Globo que apresentam a prostituição, o homossexualismo e a feitiçaria como algo normal. “Há cerca de três anos, realizamos um protesto semelhante, quando três novelas com conteúdo espírita e cenas de homossexualismo eram transmitidas simultaneamente”. Até mesmo a cobertura jornalística da visita do líder da Igreja Católica, papa Bento XV, foi duramente criticada por ele. O reverendo acredita que a emissora, enquanto concessão pública deu uma abertura muito grande ao pontífice, coisa que, em sua opinião, não acontece com os evangélicos.
ESPÍRITOS QUE DÃO AUDIÊNCIA
O folhetim “Eterna Magia”, da autora Elizabete Gim, é transmitido no horário de seis horas da noite e traz no elenco estrelas como Malu Mader e Thiago Lacerda. Sucede o remake de Ivani Ribeiro “O Profeta”, novela que terminou com picos de 33 pontos no Ibope – normalmente a audiência alcançada pela novela das 21h –, sendo o quarto programa mais assistido por crianças na Globo. Antes de “Eterna Magia” e “O Profeta”, o folhetim espírita “Alma Gêmea” apimentou o horário, mostrando a história de uma alma penada em busca de seu amor. Saiu de cena o vidente e entrou o bruxinho. A fórmula dessas tramas são sempre as mesmas: magia, reencarnação, ocultismo e efeitos especiais com pitadas de uma história de amor mal resolvida para cativar as donas de casa.
ORIGEM DO OCULTISMO
As práticas ocultistas remontam às bases da antiga Babilônia (Gn 11.8,9). Todavia, o termo “ocultismo” só foi obter amplo reconhecimento a partir do século XIX através da influência do mágico Alphonse Louis Constant, mais conhecido pelo pseudônimo Eliphas Levi. Autor da obra literária Baphomet, Levi se destacou internacionalmente por reavivar o interesse pelas ciências ocultas. No mesmo ano de sua morte, nasce o bruxo Aleister Crowley, que posteriormente é considerado o “sucessor reencarnado” de Levi, dando ainda mais visibilidade ao mago. A partir disso, diversas ramificações com ênfases distintas surgem pelo planeta.
No primeiro capítulo de “Eterna Magia”, o escritor Paulo Coelho fez uma breve participação. Na condição de narrador, ele apresentou os personagens que residem em uma cidade fictícia, no interior de Minas Gerais, chamada Serranias. Dentre os imigrantes, as duas irmãs, Eva (Malu Mader) e Mariana (Maria Flor) Sullivan, vão disputar Conrado (Thiago Lacerda). As irmãs são seguidoras de ritos pagãos celtas relacionados a bruxarias. Já no capítulo de estréia, a audiência oscilou entre 28 pontos, com apenas 43% dos televisores ligados – índice considerado baixo para o horário. Com o passar das semanas, lançando mão de muita bruxaria e cenas de feitiçaria, o ibope foi crescendo.
O apresentador de TV e pastor presbiteriano Eber Cocareli fala sobre a nova portaria do Governo: “O que as TVs comerciais não falam é que esta norma já existe em países como Estados Unidos, Canadá e Japão. Não é censura política, como foi em 1970, e sim uma censura moral”
Mexer com o oculto é quase sempre uma estratégia que vende bem. Não é a primeira vez que novelas com ênfase espírita são veiculadas para cativar o público. Em 1994, “A Viagem”, também de Ivani Ribeiro, foi exibida e, em 2006, reprisada, mantendo o mesmo índice de aceitação. “Se não desse audiência, a emissora já tinha tirado do ar. O público se interessa pela riqueza de informações. A crença é algo sagrado para o ser humano”, justifica o escritor espírita Paulo Rossi Severino. Ele já deu consultoria a programas da Globo e concorda com o ator Marcos Caruso que, em entrevista ao jornal Folha Espírita, afirmou que falar dos espíritos é uma tendência da dramaturgia.
O QUE A BÍBLIA DIZ
SÓ HÁ UM DEUS – Ele é o Criador de todas as coisas. Não há outro no céu, na terra, nem embaixo da terra. Criar outros deuses é abominável aos olhos do Senhor (Hb 11:3; Ex 20:3-6; Is 43:10-13; Jr 10:2-5).
ASTROS NÃO DEVEM SER CONSULTADOS – (Dt 4:19; Is 47:12-15).
* “As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei” (Dt 29:29).
* “Não haja ninguém no meio de ti […] que se dê à prática de encantamentos, ou se entregue à leitura dos astros, à adivinhação ou à magia, ao feiticismo, ao espiritismo, aos sortilégios ou à evocação dos mortos. Porque o Senhor abomina aqueles que se entregam a semelhantes práticas” (Dt 18:9-12).
 “Amados, não creiais em todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (Jo 4:1).
Para o jornalista Fernando de Barros, a declaração de Marcos Caruso é infeliz, no entanto, verdadeira. Em sua opinião, como a televisão vive de audiência, esses tipos de tema ajudam, em muito, a alavancá-la. “As pessoas estão buscando sempre um consolo quando perdem seus entes queridos e não têm a fé em Jesus Cristo”, explica. Ele acredita que esses movimentos de boicote contra a TV não surtem efeito. O melhor, na sua visão, seria fazer um trabalho de esclarecimento com o público, nas igrejas mesmo, mostrando que nem tudo o que se vê é a verdade.
A mesma opinião é compartilhada pelo conferencista e pastor da Igreja Metodista Wesleyana, Silmar Coelho. “A TV tem função de informar, educar e divertir. Apesar de a TV brasileira ser, profissionalmente, uma das melhores do mundo, a sede pelo poder, dinheiro e audiência tem levado muitos a negociar por baixo os princípios que seus fundadores defendiam ao iniciá-la”. Até mesmo os canais pagos se renderam ao tema. Proliferam séries utilizando o sobrenatural para chamar a atenção. A mais comentada é a série “Médium”, exibida pelo canal Warner.
QUEM AUMENTA A AUDIÊNCIA
A atriz e hoje pastor
a Simone Carvalho é alguém que usa seu testemunho para conquistar outros atores. Com seis novelas no currículo, sendo uma na Globo, ela frisa que a culpa do sucesso de novelas como “O Profeta” e “Eterna Magia” é dos próprios cristãos que as assistem. “Nos bastidores, os atores não são obrigados a cumprir algum tipo de rito. Tudo acontece na alta cúpula. Durante as gravações, todos os atores conversam e expõem suas preferências religiosas, respeitando-se mutuamente”, conta ela, que diz nunca ter visto velas acesas e guias nos camarins, por exemplo.
A presbiteriana Maria Paes, de 35 anos, sabe que algumas novelas não trazem nada de bom para sua vida espiritual. Ainda assim, ela não resistiu à tentação. Fascinada pela atuação do ator Rodrigo Faro na pele do divertido personagem Tainha, ela se viu envolvida na trama e, por fim, não perdia mais nenhum capítulo de “O Profeta”. Mesmo percebendo que a trama favorecia as virtudes da religião espírita, Maria não trocou de canal. “Era tudo tratado com muita seriedade. Os personagens admiráveis da novela eram os pertencentes ao centro espírita. Eles sempre tinham posicionamentos sensatos, motivações virtuosas e buscavam o bem. Fiquei pasma com o abuso a que o diabo tinha chegado”, analisa.
A consequência de manifestações de ocultismo em variados veículos e artes só serão sentidas daqui a algum tempo. O efeito pode criar em todo o Brasil uma população cada vez mais pagã e sincrética. Para a Bíblia, esses sintomas simbolizam o fim dos tempos. Para o mundo, uma nova era. Diante disso, é premente gerenciar pensamentos e emoções, aperfeiçoar o senso crítico e andar muito bem acompanhado, seja de bons amigos, livros, programas, filmes e da própria Bíblia.
MENINA DE 9 ANOS É MORTA EM RITUAL DE MAGIA
“Não se ache em ti quem faça passar seu filho ou sua filha pelo fogo”. A ordem expressa em Deuteronômio 18.10 é apenas uma das muitas vezes em que a Bíblia condena o sacrifício de crianças. Mas ainda hoje há quem, em busca de poder sobrenatural, execute crianças em rituais de magia negra. Um desses casos, que teve grande repercussão em todo o país, parece ter chegado ao fim. Policiais de Araçatuba, interior de São Paulo, localizaram, no dia 25 de maio, Vera Petrovich, de 53 anos, e o filho dela, Pero Petrovich, de 19 anos. Eles são acusados de matar Giovanna dos Reis Costa, de nove anos.
Vera e Pero Petrovich são acusados de matar uma menina de nove anos em um ritual para gerar fertilidade no casamento. O crime aconteceu em abril do ano passado em Quatro Barras, no Paraná. A menina foi encontrada nua, em um saco plástico, com braços e pernas amarrados com fios elétricos, em um terreno próximo à casa dos Petrovich. Segundo o laudo do Instituto Médico Legal, ela foi espancada, violentada sexualmente e teve a vagina perfurada por uma espátula cortante, que foi usada para retirar o sangue dos órgãos da região abdominal. Giovanna morreu por hemorragia.
Segundo investigações da polícia do Paraná, os acusados são de uma linhagem cigana e a morte da menina foi parte de um ritual para gerar fertilidade no casamento. Uma adolescente de dezesseis anos, que seria noiva de Pero Petrovich, e o pai dela, que teria ajudado a segurar a criança durante o ritual, ainda estão foragidos. Outras três mortes de adolescentes, em rituais semelhantes, foram registradas em Teresópolis, RJ, e ainda estão sendo investigadas. Há pistas que ligam os casos os parentes de Vera e Pero Petrovich.
O QUE NÓS COMO CRISTÃO DEVEMOS FAZER
O ocultismo é conhecido há muito tempo, e nós cristãos conhecemos todo mal que isso pode fazer, por isso estejamos atentos aos nossos filhos, amigos e familiares ao ligar a nossa televisão, pois o ocultismo está sempre ali sem que percebamos.
Se percebemos o ocultismo devemos desligar a TV e se afastar de pessoas que têm contato com esse tipo de prática.
Satanás veio pra matar roubar e destruir (Jo 10:10) e ele usa de todos os meios pra que isso aconteça, estejamos atentos e vigilantes o tempo todo e que possamos usar das nossas orações para destruir com tudo que ele tentado fazer...

Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.