Subscribe:

segunda-feira, 17 de março de 2014

TENHO AZEITE E UM PUNHADO DE FARINHA...


                                       TENHO AZEITE E UM PUNHADO DE FARINHA...
I Reis 17:8-16
O que eram os dias de Elias?
Eram dias de Juízo sobre a terra através do profeta Elias, que profetizou a seca sobre Israel e por três anos e meio não choveu, porque havia a necessidade de quebrar a dureza de coração e desmontar as estruturas demoníacas que havia na terra, a saber, Jezabel, Acabe e Baal.
Porém para o povo de Deus, para a viúva e que se colocaram debaixo da autoridade profética não havia seca, mas sim o milagre da multiplicação. Foi o que aconteceu com a viúva.
Vale a pena ter em mente que a multiplicação só aconteceu porque houve, tanto da parte do profeta como da viúva, obediência à palavra de Deus e disposição em cumpri-la e vive-la de forma incondicional. Eles estavam totalmente abertos para o milagre de Deus sem olhar para a completa ausência de recursos humanos e também sem ter referencia de que aquilo havia acontecido anteriormente.
Hoje vivemos também nos dias de Elias:Dias de caírem os principados que tem assolado esta nação.
Dias que o povo de Deus precisa ser desafiado em sua fé e entender espiritualmente o valor e a extensão de uma entrega incondicional.
Dias de perseguição aos profetas de Deus.
Quanto maior for as nossas entregas maior será o milagre da multiplicação.
A VIÚVA ENTREGOU TRES ELEMENTOS PROFÉTICOS
1. ÁGUA
Representa a entrega para Deus daquilo que é vital, pois 70% do homem é feito de água.
É a entrega do nosso suor para suprirmos e edificarmos a obra do Senhor.
É a fé para viver o milagre da transformação. Ex. Cana da Galiléia.
É a atitude da mulher Samaritana (João 4) par viver uma completa transformação de vida.
É a entrega de Rebeca ao servo Abraão que abriu as portas para o seu futuro como esposa de Isaque o homem mais rico e abençoado da terra.
Água, é o que os religiosos movidos por Satanás, negaram a Cristo quando ele estava na cruz e teve sede, por isso até hoje os religiosos são estéreis e sedentos.
A viúva de sarepta foi e trouxe água para Elias.
Quem estava retendo as águas para não chover?
Quando a viúva entregou água para aquele que tinha o domínio sobre as águas recebeu o milagre da multiplicação.
2. A FARINHA
Com a farinha se faz pão e a Bíblia diz que Jesus é o pão da vida.
Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo (João 6:49-51).
A farinha trás cura e tira a morte da panela (II Re 4:38).
Entregar a farinha significa entregar o sustento humano para desfrutar do milagre.
3. O AZEITE
O azeite representa a unção que está na igreja. Ex. as dez virgens Mateus 25:1-12.
OS DEFEITOS DO AZEITE
Azeite deteriorado. A principal característica dessa deterioração e a oxidação, ou seja, o desgaste do azeite em contrapartida quanto maior a quantidade de antioxidantes (evita cânceres no organismo) no azeite melhor a sua conservação.
O bom azeite não pode ter nenhum nível de defeito sensorial para ser considerado extravirgem.
O ranço, um gosto amargo adstringente, com gosto de fruta seca envelhecida.
Azeite rançoso e sinônimo de azeite velho. Decomposição, antiquado, obsoleto, mal cheiroso.
Azeite mofo. Recebeu mofo das azeitonas. O mofo nada mais é do que o fungo Penicillium notatum, uma espécie de bolor que é inclusive usado na fabricação de penicilina.
Esse mofo surgem em condições ambientais de muita umidade
O mundo está crente desse óleo. Não existe unção no mundo.
O mundo pode dar rios de dinheiro para o que quer que seja, mas não tem uma gota de azeite sequer, porque ele se encontra na Igreja de Jesus.
Dar o azeite significa derramar a unção de Cristo que está em nós para a salvação dos homens.
A obra do senhor de Deus é espiritual e ela se realiza através da unção.
O que a entrega desse azeite trouxe aquela viúva? A quebra do jugo (Isaias 10:27).
CURANDO A MALDADE DA TERRA
Espiritualmente falando a entrega desses três elementos representavam a ação da trindade para desfazer na origem a maldade que trouxe miséria aquela terra.
O que trouxe a maldade aquela terra?
Jezabel. De onde veio jezabel? Jezabel e o Demônio chamado Baal era da região de Sidom atual Turquia.
Para onde Deus enviou o profeta? Sarepta que é de sidom.
De onde veio Jezabel trazendo contaminação, Deus enviou Elias, para que através da entrega de uma mulher, fosse quebrada a maldade por meio da farinha, água e óleo.
A região de Tiro que é de Sidom, é a região onde o Senhor disse que Lúcifer caiu (Ezequiel 28), ou seja o berço da contaminação pois de lúcifer saiu o mal.
Ali onde abundou o pecado superabundou a graça de Deus...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR. EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.