Subscribe:

sábado, 1 de março de 2014

DEUS VAI FAZER VOCÊ SUPERAR AS SUAS PERDAS...


                                DEUS VAI FAZER VOCÊ SUPERAR AS SUAS PERDAS...
“Entrando no túmulo, viram um jovem assentado ao lado direito, vestido de branco, e ficaram surpreendidas e atemorizadas. Ele, porém, lhes disse: Não vos atemorizeis; buscais a Jesus, o Nazareno, que foi crucificado; ele ressuscitou, não está mais aqui; vede o lugar onde o tinham posto. Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galiléia; lá o vereis, como ele vos disse. E, saindo elas, fugiram do sepulcro, porque estavam possuídas de temor e de assombro; e, de medo, nada disseram a ninguém. Havendo ele ressuscitado de manhã cedo no primeiro dia da semana, apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual expelira sete demônios. E, partindo ela, foi anunciá-lo àqueles que, tendo sido companheiros de Jesus, se achavam tristes e choravam.” Marcos 16:5-10
Um dos sentimentos mais perturbadores que pode nos afligir é o sentimento de perda. São poucos os que ainda não foram visitados por esse inquilino, que teima eu residir na alma, trazendo-nos tristezas, destruindo os sonhos, desanimando-nos na caminhada, desfalecendo as forças e matando nossas esperanças.
O texto exposto acima, fala de um tempo difícil para os discípulos de Jesus. Eles estavam sofrendo pela perda repentina de seu mestre Jesus, que havia sido crucificado. O texto diz que eles estavam tristes e choravam pela perda. “… se achavam tristes e choravam.” Vs 10
Creio que é essa uma das consequências da perda: dor na alma, tornando impossível segurar as lágrimas. Algo de bom que estava conosco nos foi tirado. O vazio se estabelece, a tristeza toma conta.
Jesus representava para os discípulos o seu tudo: Salvador, mestre, guia esperança da vitória, companheiro, pastor, irmão, Senhor, messias.
O que era demais precioso, tudo isso desvaneceu repentinamente, do dia para noite.
São muitos os tipos de perdas que temos durante nosso viver: perda do emprego, perda da saúde, perda financeira, perda de um filho que se envereda nos caminhos da droga ou prostituição, perda de um amigo e companheiro, perda de alguém que amamos através do divórcio ou separação. Mas a pior perda, e a que nos deixa mais afligido, entristecido, é a perda através da morte.
Oh, sentimento avassalador, oh, dor incontida e indescritível. Só quem já passou por essa situação sabe e conhece bem esse sentimento: perder um pai, uma mãe, um filho, um parente, um amigo, um colega, quão duro é.
Um dos sentimentos que nos assaltam quando perdemos algo ou alguém precioso, é o sentimento de culpa. “Meu Deus, que poderia ter feito para evitar que isso acontecesse?”. “Eu poderia ter declarado o quanto o amava, o quanto o queria bem.” “Deveria ser mais presente, participativo na sua vida, compartilhado de seus sonhos.” “Como fui egoísta!”
Jesus percebeu que o apóstolo Pedro fora atingido pelo sentimento de culpa por haver negado ser seu discípulo no momento que ele mais precisou. Por isso quando ressuscitado, Jesus, manda um recado pessoal aos discípulos, mas, particularmente a Pedro, para que ele soubesse quanto era amado e o quanto estava perdoado. “Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galiléia…”
O que fazer quando assaltado pelo sentimento de perda? O que fazer quando aquilo que era demais precioso já não faz parte de nossa vida?
Uma das primeiras coisas que precisamos nos lembrar no tempo da perda é o dia da promessa. ” Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galiléia; lá o vereis, como ele vos disse.”
Nunca podemos esquecer o dia das promessas. Muitas vezes sofremos de amnésia quando passamos por tribulação. Esquecemo-nos das promessas, das palavras de vitórias e de prosperidade sobre nossas vidas. “… lá o vereis como ele vos disse.”
O apóstolo Pedro, Tiago e João, há pouco tempo atrás tinham sido levados ao monte e Jesus se transfigurou em glória, aparecendo com ele Moisés e Elias, numa visão espetacular da presença de Deus. Os discípulos viram isso e ficaram maravilhados.
Quando nossos olhos estão postos no sofrimento da cruz e da morte, logo nos esquecemos do dia da promessa no monte da transfiguração.
O que Jesus já falou sobre sua vida? O que profetizaram sobre você? Talvez você diga: eu não sei. Leia o que a Palavra de Deus diz a respeito de você: “Mas agora, assim diz o SENHOR, que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o SENHOR, teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate e a Etiópia e Sebá, por ti. Visto que foste precioso aos meus olhos, digno de honra, e eu te amei, darei homens por ti e os povos, pela tua vida. Não temas, pois, porque sou contigo; trarei a tua descendência desde o Oriente e a ajuntarei desde o Ocidente.” Isaías 43:1-5
O que foi dito no dia da promessa: “…eu morrerei, mas ressuscitarei no terceiro dia..”
O que te foi tirado será restituído, o que morreu, será ressuscitado! “Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro; dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome. Por amor do meu servo Jacó e de Israel, meu escolhido, eu te chamei pelo teu nome e te pus o sobrenome, ainda que não me conheces. Eu sou o SENHOR, e não há outro; além de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que não me conheces.” Isaías 45: 2-5
Há promessas sobre tua vida e elas não podem ser esquecidas! Há promessas sobre tua vida e elas serão cumpridas! Você vive até hoje, não como insignificante passageiro, mas como uma criatura criada para ser glória de Deus na terra!
As perdas serão vencidas no dia da ressurreição, e você se alegrará, e a esperança se renovará.
Lembre-se: o nosso Deus é o Deus da restituição e Deus das promessas, e Ele irá te cumular de bênção e de vitórias.
O que você necessita fazer: creia, confie, espere que o Senhor mandará seus anjos anunciarem… “Não vos atemorizeis; buscais a Jesus, o Nazareno, que foi crucificado; ele ressuscitou, não está mais aqui; vede o lugar onde o tinham posto...”

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.