Subscribe:

quinta-feira, 6 de março de 2014

A SOBERBA MATA O CRISTÃO LENTAMENTE...

                                     A SOBERBA MATA O CRISTÃO LENTAMENTE...
Daniel 4.1-37
Introdução
> Contar a história descrita nos v. 4-26 (Talvez possam ser lidos os v. 19-26).
Transição
> A soberba é um grande mal a ser evitado.
> O texto nos mostra alguns ensinos referentes à soberba, a qual devemos evitar a todo custo.
I.) A soberba pode ser freada e suas consequências evitadas quando há verdadeiro arrependimento – v. 27
> Deus nos dá tempo para arrependimento – v. 29
> Os ninivitas se arrependeram e Deus mudou a sentença de juízo!
> Deus pode mudar a sentença de juízo se houver verdadeiro arrependimento – ver Jr 18.7-10.
II.) A soberba precede a ruína – v. 29-33
> Quanto maior a posição e quanto maior a soberba, maior o juízo de Deus!
> O juízo de Deus é proporcional ao tamanho da soberba e da posição!
> Ler Pv 11.2; 16.18; 29.23.
III.) A soberba deve dar lugar ao reconhecimento de que o Altíssimo governa – v. 34, 35
> Nabucodonosor reconheceu a soberania de Deus. Todavia, o fez apenas após ser humilhado!
> Que não precisemos ser humilhados antes de reconhecer a soberania do Altíssimo.
> Quanto antes nos humilharmos diante dEle, reconhecendo-o como Senhor (inclusive de nossas vidas), menos humilhação teremos de enfrentar!
IV.) A soberba, quando devidamente tratada (tanto por Deus como por nós mesmos), pode dar lugar à exaltação – v. 36
> Primeiro, a soberba de Nabucodonosor foi duramente tratada. Segundo, Nabucodonosor reconheceu a soberania de Deus. Então, Deus o exaltou novamente.
> O mesmo princípio pode acontecer conosco. Se dermos lugar à soberba, Deus vai nos tratar. Algumas das tribulações pelas quais passamos na vida são nada mais nada menos que tratamentos de Deus para conosco para que nosso orgulho seja quebrado. Temos que reconhecer isso enquanto estamos sendo tratados por Deus. Quando não continuarmos orgulhosos e reconhecermos o tratamento de Deus, nos submetermos a Ele e reconhecermos a Sua Soberania, então, estaremos prontos para sermos novamente exaltados pelo Senhor!
V.) A soberba deve ser para sempre afastada (de nossas vidas) pelo reconhecimento contínuo de que o Senhor reina – v. 37, 1-3
> Os v. 1-3 mostram a mudança que houve na atitude de Nabucodonosor!
> Se continuamente reconhecermos ao Senhor em nossos caminhos e andarmos no temor de Deus vamos evitar que a soberba suba ao nosso coração (Pv 3.5,6)!
Conclusão
- Ler Salmo 19.12,13...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.