Subscribe:

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

ESTUDO SER LÍDER ESPIRITUAL E TER AMOR E SE DOAR AO PRÓXIMO...


           ESTUDO SER LÍDER ESPIRITUAL E TER AMOR E SE DOAR AO PRÓXIMO...
Liderança em qualquer lugar é um desafio. Onde existir um grupo de pessoas se fará necessária a presença de um líder. Josué, desde cedo foi muito bem treinado por seu mentor Moises. No entanto, a ideia de substituí-lo um dia, o deixava apavorado.
 Js 1. 1-9
I. ALGUMAS LIÇÕES QUE JOSUÉ APRENDEU.
1. Ninguém é insubstituível.
A primeira lição que Josué aprendeu é que ninguém no mundo é insubstituível. Esta é uma verdade incontestável inclusive referente a Moises. Não deve ter sido nada fácil para Josué aprender isto, justamente substituindo o líder que ele cresceu vendo realizando milagres fantásticos. Moises, aos olhos do “garoto” Josué, era alguém sem igual, sem comparação e sem substituição até aquele momento.
2. Nenhum projeto, nenhum ministério pode girar em torno de uma pessoa.
A segunda lição aprendida por Josué é que todo projeto vindo de Deus precisa girar em torno de propósitos firmados em Deus. Ministérios que giram em torno de um líder e, dele dependem para sobreviver, estar fadado ao fracasso. Moises havia morrido, mas o propósito estava vivo. O líder sábio e espiritual é aquele que se retira do centro, e no lugar, estabelece princípios para que a atenção de seus liderados se voltem para Cristo.
II. VEJAMOS CINCO PRINCÍPIOS DE LIDERANÇA BASEADO NA PALAVRA DE ENCORAJAMENTO QUE DEUS MINISTROU A JOSUÉ.
1. Forte e corajoso.
“Esforça-te, e tem bom ânimo...’ ‘Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo...’ ‘Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo...”. V 6, 7,9.
Por três vezes Deus fala para Josué ser forte e corajoso. Certamente a coragem é um dos ingredientes mais importantes de liderança. O líder que não se equipar de uma boa dose de coragem dificilmente estará preparado para enfrentar os desafios inerentes ao exercício da liderança.
2. Disposição para seguir adiante.
“Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel”. V2.
Deus mostra a Josué que a morte de Moisés não põe fim ao “projeto Canaã”. A morte de Moises apenas marcou o fim de uma etapa e o inicio de outra. 
Todo homem chamado por Deus tem uma visão, e a visão vinda do coração de Deus nunca morre. Encerra-se um projeto e inicia-se outro; encerra-se uma missão e inicia-se outra, mas a visão do líder nunca morre. A visão é o que impulsiona o líder a seguir. Mudam-se as metas, redireciona-se o foco e a visão segue.
3. Acreditar que seu ministério é valioso.
“Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés”. V3.
Todo trabalho feita pra Deus é importante. Não importa o que digam a seu respeito, se você ministra para a glória de Deus. O líder deve saber que o seu ministério é de extremo valor para Deus, que o chamou. O líder, mesmo que não tenha fama, mesmo que não seja reconhecido pelos homens, mesmo que seu ministério não dê ibope, mesmo que não seja recompensado como se esperava, precisa valorizar a si mesmo.
4. Confiar que a presença de Deus esta ao seu lado.
“Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei”. V5.
A obra de Deus é um trabalho que deve ser feite em parceria intima com Deus. O líder, para lidar com a alma dos homens com suas neuroses precisa estar revestido da unção do Espirito. É a unção que lhe trás ao coração a confiança da presença de Deus. Sem a presença de Deus não haverá uma efetiva liderança espiritual.
5. Agir com cautela segundo a palavra de Deus.
“Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido”. V8.
Não confunda cautela com comodismo, complacência, ou moleza. O líder cristão deve ser ativo, proativo, dinâmico e visionário. No entanto, o líder que age sem cautela pode colocar tudo a perder. A cautela precisa ser no sentido de se agir segundo a Palavra. A liderança cristã deve se pautar segundo os valores do evangelho da graça de Jesus Cristo.
III. FINALIZANDO ESSA REFLEXÃO, QUERO DESTACAR TRÊS PONTOS:
Primeiro. Quem é líder nunca deixa de ser líder. Liderança é influencia e, influencia sobre as pessoas se exerce independente de títulos, rótulos e funções.
Em segundo lugar, O líder deve saber a hora de entrar em cena e deve igualmente saber a hora de sair. O líder com coração de servo fica atento à voz do seu mestre.
Em terceiro e ultimo lugar. Quero encorajar você a desejar exercer uma boa liderança no meio do povo de Deus. Se você já é um líder, quero então encorajar você a desejar ampliar o raio de ação de sua liderança influenciadora. Que o nome de Jesus seja glorificado através de sua liderança...

Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante.

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.