Subscribe:

sábado, 22 de junho de 2013

O CUIDADO COM O PODER DA PALAVRA QUE SAI DE SUA BOCA...



                        O CUIDADO COM O  PODER DA PALAVRA QUE SAI DE SUA BOCA...
TEXTO: Pv. 6.16-19 / Tg. 3. 1-12
Introdução
Uma das coisas mais difíceis de controlarmos em nós é a nossa língua. Ou será que isso só acontece comigo? Creio que não. Quase na totalidade, nós erramos e muito através das palavras. Falamos o que não devemos falar, por isso pecamos. Falamos de forma errada em momento errado, por isso magoamos. Falamos da vida alheia, por isso fofocamos. Falamos fantasias, por isso mentimos. Falamos palavras negativas por isso amaldiçoamos. Quem nunca pecou por palavras?
Frase de efeito
Mas devemos saber que palavras são sementes, que lançamos no solo da nossa existência.
Embasamento bíblico
A verbalização é um dos principais mecanismos espirituais para que as coisas aconteçam no E não existiam: “Haja luz, e houve luz”. No capitulo 1 de Genesis nós vamos ver que toda criação teve origem da palavra proferida por Deus: “E disse Deus: Haja(...)”, e então as coisas foram surgindo e tornando forma. Pelo fato de nos ter criado a sua imagem e semelhança, aprouve a Deus dotar-nos também de poder em nossas palavras. Com nossa língua podemos abençoar ou amaldiçoar pessoas.
Desenvolvimento
Jesus disse em Mt. 15.10: “O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca isso é o que contamina o homem.”
Mais adiante Jesus instrui os discípulos dizendo: “Abençoem os que os amaldiçoam”. (Lc.6.28).
Paulo também, sabendo que a língua pode movimentar o mundo espiritual a favor ou contra as pessoas escreveu: “Abençoai os que vos perseguem, abençoai e não amaldiçoeis” (Rm. 12.14).
Os judeus e os povos estrangeiros atribuíam grande poder ao usa as palavras. Segundo o entendimento dos antigos, as palavras não eram meros sons e nem tampouco possuíam vida autônoma, mas podiam atrair forças espirituais para que executassem aquilo par ao que forma determinadas ou proferidas. Da mesma forma também a Bíblia nos ensina.
É terrível observarmos, na pratica do aconselhamento pastoral, como esses textos de Tiago são verdadeiros. É literalmente isso que acontece: pessoas (pais, avós, pastores, etc) estão colocando chamas a vida de outras pessoas (conf. Tg. 3.6).
Quantas e quantas palavras, frases, fórmulas e prognósticos horríveis são proferidos:
• Os filhos hoje tem escutado de seus pais, palavras negativas, que causam problemas psicológicos e espirituais. (Caso de um menino de 10 anos , que há meses padecia de um problema bastante estranho, vinha emitindo sons de animais pela boca, como de pássaros, boi etc... foi contatado pelos médicos uma doença raríssima que segundo a mãe fora descoberta na Alemanha, porém não havia cura. Procuraram um certo Pastor, que investigou a causa e percebeu que desde pequeno o menino era praguejado pelo pai, após a oração de arrependimento e quebra de palavras o menino foi curada).
• Quantos cônjuges que, sem menor pudor, amaldiçoa-se, se esquecem de que quando se casam se tornam uma só carne, portanto quando o marido amaldiçoa a mulher ele está se auto amaldiçoando, e vice e versa.
• Quantos irmãos que praguejam um ao outro, esquecendo que em Cristo somos um só corpo, cujo cabeça é o próprio Cristo. Quando falo mal de meu irmão, falo mal do próprio Cristo.
• Quantas pessoas se auto amaldiçoam, por não gostarem do seu corpo, porque são gordos, ou magros, baixo ou altos demais; nosso corpo é templo do Espírito Santo, quando amaldiçoamos o templo, estamos ferindo que nele habita.
• Quantas pessoas subestimam sua profissão, salário, empresa, estão sendo infiéis ao que Deus lhes tem dado ainda que seja pouco aos seus olhos.
A palavra proferida movimenta uma maldição ou benção contra seu objeto, e isso pode em muitos aspectos amarrar a pessoa em várias áreas da vida. Pv.18.21: “A língua tem o poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto.”
Algumas palavras de morte que devemos excluir do nosso vocabulário diário:
Imbecil, canalha, vadio, burro, jumento, desgraçado, o diabo que te carregue, vai pro inferno, isso é mal de família, esse menino é igualzinho ao pai, estou com as macacas (quer dizer estar possesso de um demônio), doida varrida, moleque (é uma variação de Maloque. – termo é associado a crianças porque Moloque era um deus pagão que recebia sacrifícios de crianças), danado (quer dizer, condenado, maldito, perdido, imundo, entregue ao diabo), hoje é meu dia de azar, pobre nasceu pra sofrer, estou com uma fome do inferno, um dia você me paga, você vai se casar e seu marido vai fazer a mesma coisa com você, seus filhos um dia farão o mesmo com você, você vai morrer a mingua, você vai passar fome, que você se dane – e assim por diante.
Substitua as tuas costumeiras palavras pela Palavra de Deus, para cada palavra negativa Deus tem uma Palavra de benção:
Nunca mais direi “eu não posso“,
pois “TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE“.
Passagem bíblica de: Filipenses 4:13
Nunca mais direi que “não tenho“,
pois “o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus, cada uma de minhas necessidades“.
Passagem bíblica de: Filipenses 4:19
Nunca mais direi que “tenho medo“,
“porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação“.
Passagem bíblica de: 2o Timóteo 1:7
Nunca mais direi que “tenho dúvidas” ou “falta de fé“,
porque eu tenho “a medida da fé que Deus repartiu a cada um“.
Passagem bíblica de: Romanos 12:3
Nunca mais direi que “sou fraco“,
porque junto “o Senhor é a fortaleza da minha vida”
e “o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo“.
Passagens bíblicas: Salmo 27:1 e Daniel 11:32
Nunca mais direi que “O mal tem supremacia em minha vida“,
porque “maior é aquele que está em mim do que aquele que está no mundo“.
Passagem bíblica de: 1º João 4:4
Nunca mais direi que “estou derrotado“,
porque Deus “em Cristo sempre me conduz em triunfo“.
Passagem bíblica de: 2ª Coríntios 2:14
Nunca mais direi que “não tenho sabedoria“,
pois “Cristo Jesus… se tornou da parte de Deus (minha) sabedoria“.
Passagem bíblica de: 1ª Coríntios 1:30
Nunca mais direi que “estou doente“,
pois “pelas suas pisaduras fui sarado“.
e “Jesus mesmo tomou minhas enfermidades e carregou com as minhas doenças“.
Passagens bíblicas: Isaías 53:5 e Mateus 8:17
Nunca mais direi que “estou preocupado e frustado“,
pois estou “lançando sobre ele toda a minha ansiedade, porque ele tem cuidado de mim“.
Passagem bíblica de: 1ª Pedro 5:7
Em Cristo estou livre de cuidados!
Nunca mais direi que “estou preso“,
pois “onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade“.
Passagem bíblica de: 2ª Coríntios 3:17
Meu corpo é templo do Espírito Santo !
Nunca mais direi que “estou condenado“,
pois “já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus“.
Passagem bíblica de: Romanos 8:1
Estou em Cristo; portanto, estou livre de condenação.
Conclusão
Hoje está em você a capacidade de escolher as sementes(palavras) que você lançara no solo da tua própria vida.
Os. 8.7 “Quem semeia vento, colhe tempestade”[grifo meu].
Gl 6. 7,8: “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia no Espírito, do Espirito colherá a vida eterna...”

BISPO/JUIZ.MESTRE E DOUTOR.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.