Subscribe:

quinta-feira, 2 de julho de 2015

ESTUDO QUANDO O DIABO ENTRA NO LAR...


                                     ESTUDO QUANDO O DIABO ENTRA NO LAR.
O diabo existe, é um ser espiritual, real e poderoso. Deus quando o expulsou do céu não tirou o seu poder. O dom de Deus sempre é sem arrependimento. Uma das estratégias do diabo é fazer com que pensamos que ele não exista.  Ele é o nosso inimigo. João 10: 10. Há um ladrão que está solto para roubar, matar e destruir a nossa vida e devemos nos preparar para esse ataque.  Temos que estar atento para não cairmos em suas armadilhas.
II Coríntios 11: 14.
Marcos 4: 1 a 9. Jesus contou essa parábola para a multidão. Jesus contava parábolas a cerca das coisas que aquele povo vivia. O nosso coração pode ser um desses tipos de solo descrito por Jesus e precisamos ver onde estamos para saber se o Diabo não tem nos atacado em alguma área. Vers. 13 a 20.
A semente é a palavra e cada vez que a bíblia é anunciada, sementes são lançadas ao coração daqueles que ouvem. Os três primeiros solos são aqueles que as sementes são perdidas, não dão fruto. O diabo sabe do poder da palavra de Deus semeada no coração de um homem, então ele age na nossa vida para que essa semente não dê fruto.
1º Ataque: SOLO ENDURECIDO
Vers. 15. O diabo age mais rápido possível quando o solo está endurecido. O diabo age com distração e essa distração faz com que a semente não dê fruto. Ele também usa a dúvida. Tiago 1: 6 e 7. A semente pode levar a gerar fé, e o diabo logo lança a dúvida para perdemos a semente.
Fique atento as distrações e as dúvidas quando aparecem em nosso coração e em nossa mente porque é um ataque do diabo e ele quer fazer isso logo quando a palavra é semeada.
Declare: Eu nunca vou permitir que a palavra de Deus seja roubada de mim. Eu vou sempre estar aberto a ela.
2º Ataque: SOLO SEM RAIZ
Vers. 16 e 17. São aqueles que recebem a semente por alegria, mas abandonam o cristianismo por duas situações: sofrimentos e perseguições. São vários tipos de sofrimento que o diabo age. O diabo sabe que o sofrimento faz com que muitos abandonem. Precisamos criar raiz e só criamos raiz, quando lemos a palavra e oramos.
Leitura, meditação e oração criam raízes na nossa vida. O diabo começa a perseguir para atingir aqueles que não têm raiz. Se criarmos raízes e permanecermos firmes, Deus nos honrará.
Permaneça firme, olhe para Jesus e fique atento aos ataques de sofrimento e perseguição porque o diabo será derrotado e vai ter que fugir.
Declare: Eu nunca vou abandonar a palavra de Deus. Qualquer que seja o que o diabo me trouxer, ele nunca há de me vencer, quer seja por sofrimento, quer seja por perseguição. Eu vou me manter firme nos caminhos de Deus.
3º Ataque: SOLO DE ESPINHOS
Vers. 18 e 19. São pessoas que ouvem, mas dão mais atenção a outras coisas e a palavra é sufocada. São preocupações desse mundo e os enganos e ilusões das riquezas. Deus nunca chamou ninguém que não estivesse fazendo nada, mas existe uma quantidade de horas para trabalharmos.
Não precisamos de muito para sobreviver porque Deus supre as necessidades. Às vezes acreditamos que o grande supridor das nossas necessidades somos nós mesmos. Muitas pessoas estão correndo atrás da fama e abrem mão de princípios importantes deixando a palavra sufocada sem gerar frutos. Um dos sintomas é a perda da vontade de ler a bíblia.
Declare: Eu nunca vou deixar que a palavra de Deus ocupe outro lugar na minha vida senão o primeiro. Vou cuidar para que as preocupações deste mundo, as ilusões das riquezas e s outras ambições não prevaleçam. Eu vou por tudo isso aos cuidados de Jesus.
Vers. 20. – Se vencermos o ataque do diabo e recebermos a palavra de Deus e praticamos, ela dará fruto e a bênção de Deus é materializada na nossa vida, a nossa vida é transformada, a nossa família é restaurada, há libertação, acontece cura, prosperidade, porque a palavra dá fruto e sentiremos o efeito dela.
Mateus 7: 24 a 27. Devemos ser esse tipo de pessoa que ouve e pratica a palavra. Ninguém é privilegiado nesse mundo que não sofre ataque do diabo. 
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciências da Religião Dr. Edson Cavalcante


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.