Subscribe:

domingo, 18 de outubro de 2015

ESTUDO BÍBLICO SERÁ QUE É DIFÍCIL SEGUIR A JESUS...


                      ESTUDO BÍBLICO SERÁ QUE É DIFÍCIL SEGUIR A JESUS...
Mateus 8: 18-22 – “Vendo Jesus muita gente ao seu redor, ordenou que passassem para a outra margem. Então, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, seguir-te-ei para onde quer que fores. Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça. E outro dos discípulos lhe disse: Senhor, permite-me ir primeiro sepultar meu pai. Replicou-lhe, porém, Jesus: Segue-me, e deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos”

Introdução: Muitos hoje estão se dispondo a seguir a Jesus. Por diversos motivos, diversas intenções, muitos de boa fé, outros visando ganhos não tão louváveis, mas o que se nota é que nunca em todo o tempo o nome de Jesus foi tão proclamado, tão anunciado. As pessoas determinam à maneira de se aproximar da fé ou de tudo o que se refere ao reino de Deus. Mas como será que o Senhor Jesus quer ser seguido? Ele sim, a pessoa mais implicada deve deixar claro como quer ser servido, adorado e honrado.

1 - Passando para a banda d’além – “Vendo Jesus muita gente ao seu redor, ordenou que passassem para a outra margem” (v: 18). 
Aos seus discípulos Jesus sempre ordenará uma travessia. Ninguém será discípulo do Senhor se não estiver disposto a olhar adiante, empreender caminhadas, enfrentar seus próprios medos, enfrentar situações novas, vencer as limitações, aprender, romper com a paralisia, simplesmente ousar, ousar a negar-se, compreender e querer enxergar a verdade de Jesus e de si mesmo. Enfrentar temporais, crer, apostar na fé, empenhar a vida, o nome, permitir-se vencer, querer a cura, querer a libertação, querer mais, mais de Deus, mas do seu poder, mas do seu Espírito, mais do seu amor, servir, romper com o modelo próprio de vida, parar de querer adaptar o Reino de Deus a si, e adaptar-se ao Reino, porque as multidões estão ao redor querendo de Jesus, mas os verdadeiros discípulos querem a Jesus. 

2 - Eliminar a presunçosa determinação carnal e depender de Deus – “Então, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, seguir-te-ei para onde quer que fores. (v: 19). 
Qualquer disposição de confiar na carne até mesmo para seguir a Jesus deve ser eliminada. A Bíblia está repleta de exemplos de pessoas que assumiram compromissos e não puderam dar conta deles. (Lc. 22: 31- 34; Lc. 14: 25-35).

3 - Ser governado pela Mente de Cristo – “Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça” (v: 20). 
O grande desafio é fazer com que as pessoas deixem o governo de suas vidas e o entreguem a Jesus. Para isso precisamos ser ensinados. Jesus estava falando a pessoas que estavam se dispondo a segui-lo, então Ele diz: você está disposto a ir aonde vou, fazer o que faço ser o que quero que você seja. Eis aí o grande desafio.

4 - Deixar os mortos enterrar seus mortos – “E outro dos discípulos lhe disse: Senhor, permite-me ir primeiro sepultar meu pai. “Replicou-lhe, porém, Jesus: Segue-me, e deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos” (v: 21, 22). 
Este discípulo não estava dizendo que seu pai estava à beira da morte. Ele queria viver com ele até que ele morresse aí então ele seria liberado para seguir a Jesus. O chamado tem prioridade. Em qualquer situação a pessoa de Jesus, seu reino, seu chamado deve sim ter prioridade em nossa vida. Jesus foi claro: “Deixa os mortos sepultarem seus mortos”. 

Conclusão: Hoje é o dia de começarmos a seguir a Jesus da maneira que Ele deseja que o sigamos. As nossas vitórias estão diretamente ligadas à obediência...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.