Subscribe:

domingo, 25 de outubro de 2015

ESTUDO APRENDENDO SOBRE O QUE É UM PASTOR CHAMADO, ESCOLHIDO E O OFERECIDO...

ESTUDO APRENDENDO SOBRE O QUE É UM PASTOR CHAMADO, ESCOLHIDO E O OFERECIDO...
“porque muitos são chamados, 
mas poucos escolhidos” Mateus 22.14

-Introdução: Há uma coisa preocupante em reuniões administrativas de igrejas em geral. Por hora se diz que faltam obreiros para a missão e depois se ouve que há muitos obreiros precisando de uma igreja. Isso parece incoerente. Na verdade sabemos que faltam obreiros para desafios em campos missionários e congregações em lugares do interior ou subúrbios. Ao mesmo tempo em que para grandes igrejas com estrutura maior, os obreiros disputam uma oportunidade de pegar o microfone.
Reflita neste texto: “Em uma determinada igreja, havia quatro pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM. Um importante trabalho a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza que ALGUÉM iria fazê-lo. QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM se zangou porque era um trabalho de TODO MUNDO. TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo. Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito”.
Diante da situação nas igrejas atuais, imagino que Jesus teria falado dos chamados, dos escolhidos e também dos oferecidos. Jesus já havia avisado que “a ceara é grande, mas poucos são os trabalhadores” e deixou também a solução para o problema “rogai ao Senhor da Seara que mantém mais trabalhadores para Sua Seara”(Mateus 9.68).
Ninguém pode dizer que não tem oportunidade para servir a Deus por que o desafio da evangelização é gigantesco. Precisamos orar mais, como Jesus ensinou para que o Dono da seara mande mais obreiros para a missão.
Já encontrou seu espaço na igreja?
Vamos refletir no versículo base e aprender sobre três tipos de pessoas nos ministérios da igreja:
1- Os chamados:
Os chamados são muitas pessoas que são convidadas a participar e contribuir com o trabalho missionário. Toda igreja ao fim do ano abre um apelo para pessoas servirem em ministérios locais. Quase sempre os ministérios mais destacados, como o louvor, são mais requisitados e os mais discretos como ação social e evangelização são menos procurados. Mas aqueles que se reconhecem chamados por Deus estão dispostos a fazer o que for preciso. Alguns chamados são como malabaristas na Igreja segurando tudo o que está caindo. Sempre tapam alguma falha de um irmão na última hora.
Um exemplo bíblico de chamado foi ode Isaías que ouviu a pergunta do Senhor “a quem enviarei?” e respondeu“envia-me a mim” (Isaías 6.8). Todos os cristãos são chamados por Deus para servir em um ministério como“sacerdócio real” (I Pedro 2.9).
Você já sentiu o chamado de Deus para sua vida? Para qual ministério?
Jesus está te chamando, exerça o seu ministério!       
2- Os escolhidos:
Os escolhidos são poucas pessoas que sentiram o chamado de Deus para a missão e se entregaram totalmente. Cristãos dedicados que não conseguem ficar parados vendo a banda passar. Engajam-se facilmente em uma tarefa e não escolhem muito o que fazer, antes aproveitam as oportunidades de acordo com as necessidades que aparecem. São verdadeiros servos de Deus e uns dos outros.
Aqueles que se reconhecem como escolhidos de Deus para um ministério sabem qual é a sua missão no Reino de Deus e estão dispostos a pagar o preço que for preciso. Um escolhido de Deus exerce um ministério específico em qualquer tempo e lugar. Por exemplo, se seu chamado foi para evangelizar, você faz isso independente de qualquer situação sem precisar ser escalado para uma programação da igreja. É algo natural na vida do escolhido.
Gideão foi um exemplo Bíblico de pessoa escolhida por Deus (Juízes 6.11-19) e seus companheiros de batalha também foram escolhidos pelo Senhor ficando apenas trezentos (Juízes 7.1-5). Hoje estamos no tempo da graça e cremos que Deus não escolheu apenas algumas pessoas especiais e sim a todos nós. Contudo poucas pessoas se dispõem mais abertamente para Deus e “cumpre cabalmente o seu ministério” (II Timóteo 4.5).
Você já descobriu para quê Deus te escolheu?
Deus tem te escolhido para uma grande obra!
3- Os oferecidos:
Os oferecidos são pessoas que não foram nem chamados, muito menos escolhidos, mas se oferecem para fazer algo na igreja. Acabam entrando pela janela e conseguindo alguma posição no Corpo de Cristo. Preferem sempre cargos de destaque. Os oferecidos gostam muito de microfone e auditórios cheios. Se forem chamados para fazer algo para poucas pessoas, em uma igreja de periferia não se dispõem.
Alguns exemplos de pessoas oferecidas na Bíblia são Nadabe e Abiú que apresentaram fogo estranho no altar de Deus sem ter permissão para isso e foram mortos pela ira de Deus (Levítico 10.1). Saul ofereceu sacrifício sem a presença do sacerdote Samuel e perdeu o seu reino (I Samuel 15.1-20). Ananias e Safira quiseram aparecer e mentiram sobre uma oferta que ninguém tinha pedido por isso morreram (Atos 5.1-10).
Muitos acham bonito quem canta, quem fala e quem prega no altar, mas precisam entender que para estar ali é preciso muito esforço e dedicação. Não se deve escolher um ministério pela aparência e sim pelo que Deus mostra especificamente para você.
Existem pessoas escolhidas para atender grandes comunidades e têm um ministério de sucesso. Entretanto, se forem realmente pessoas escolhidas por Deus, terão vindo de um difícil começo, lutaram muito para chegar até onde estão e mesmo assim não têm dificuldades de ir a um canto qualquer para fazer a vontade de Deus.
Você faz o que Deus quer ou o que você gosta?
Não seja oferecido, obedeça ao que o Senhor mandar!
Você foi chamado e escolhido por Deus!
-CONCLUSÃO:
Qual dos três grupos você se encaixaria? Você é um chamado, um escolhido ou um oferecido?
Quem é chamado e escolhido não faz o que quiser na hora que der vontade e sim obedece ao mandato de Deus para sua vida o tempo todo sem questionar ou murmurar.
Existem chamados que são óbvios para todos os cristãos como, por exemplo, a oração, o testemunho de vida, a leitura da Bíblia e a evangelização. Já o ministério pastoral, de cura, libertação, missões transculturais e outros que requerem condições especiais são para pessoas escolhidas especialmente para isso. Mesmo assim todos os cristãos têm uma tarefa especial no Reino de Deus.
Não seja um oferecido querendo fazer o que todo mundo já faz, procure fazer aquilo que Deus te chamou e escolheu para realizar em sua obra.
Você já sabe para quê você foi escolhido por Deus?
Existe algo em sua igreja que Deus preparou para você fazer...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.