Subscribe:

domingo, 3 de maio de 2015

ESTUDO O PORQUÊ JESUS FOI TENTADO PELO DIABO...


                            ESTUDO O PORQUÊ JESUS FOI TENTADO PELO DIABO...
Hoje, 03 de maio de 2015, inicio a escrever sobre o que veio ao entendimento sobre o momento em que o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, foi submetido às palavras do diabo para ser tentado, conforme está escrito no Evangelho de Lucas, capítulo 4 e, Evangelho de Mateus, capítulo 4.
Essa Palavra de Deus, é uma revelação.
Vamos ao texto do Evangelho de Mateus, capítulo 4: 
" 1. Então, foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 
2. E, tento jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; 
3. E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. 
4. Ele, porém, respondendo, disse: Não só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. 
5. Então o diabo o transportou à cidade santa, e o colocou sobre o pináculo do templo. 
6. E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo, porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordem a teu respeito; e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. 
7. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. 
8. Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. 
9. E disse-lhe: Tudo isso te darei se, prostrado, me adorares. 
10. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 
11. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviram. "
Vamos ao texto do Evangelho de Lucas, capítulo 4: 
" 1. E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou ao Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto; 
2. E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma e, terminados eles, teve fome. 
3. E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão. 
4. E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus. 
5. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. 
6. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero; 
7. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. 
8. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te Satanás, porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás. 
9. Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; 
10. Porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem, 
11. E que sustenham nas suas mãos, para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra. 
12. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Dito está: Não tentarás ao Senhor teu Deus. 
13. E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo. "
Quando considerava sobre Jesus ter sido tentado pelo diabo, o Espírito Santo disse:
Os argumentos usados pelo adversário, são os mesmos argumentos de um "homem natural" e, também, os mesmos argumentos usados por todos aqueles que não criam, não crêem e, jamais crerão em Jesus ....
Vamos agora para 1 Coríntios, capítulo 2. Se prestarmos atenção nesse texto bíblico escrito pelo apóstolo Paulo, e, compararmos com o que acontece hoje nas igrejas chamadas evangélicas, será notória a confirmação da ação do homem e seu próprio espírito (espírito do mundo) na condução das coisas que deveriam ser pelo Espírito de Deus.
1 Coríntios 2, diz: (observar os destaques coloridos) " 1. E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não foi com sublimidade de palavras ou de sabedoria. 
2. Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado. 
3. E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor. 
4. A minha palavra, e a minha pregação, não consistiu em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; 
5. Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. 
6. Todavia, falamos sabedoria entre os perfeitos; não porém a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo que se aniquilam; 
7. Mas falamos a sabedoria de Deus oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; 
8. A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. 
9. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. 
10. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. 
11. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. 
12. Mas, nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. 
13. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. 
14. Ora o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 
15. Mas, o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. 
16. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. "
Os destaques coloridos fazem distinguir os "espíritos", fonte terrena e fonte celestial.
Passemos para Evangelho de Mateus, capítulo 16, versículo 22 e 23, que diz: 
" E Pedro tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso. 
Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim Satanás, que me serves de escândalo porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens. "
Está compreendendo a sutileza, mas, extrema divergência entre a Palavra de Deus e a palavra do homem natural? 
A palavra do homem é segundo a eficácia de Satanás, que, se possível, enganaria até os escolhidos.
O alerta é para o que ocorre dentro da igreja chamada evangélica.
O versículo 12 de 1 Coríntios 2, diz sobre o que nos é dado GRATUITAMENTE por Jesus Cristo, mas, hoje, 90 % das igrejas chamadas evangélicas, com toda a astúcia COBRAM OU ASSOCIAM os benefícios de Deus, INCLUSIVE A SALVAÇÃO DA ALMA, conforme o que se dá em dinheiro.
Por isso, preste atenção, quando uma denominação evangélica tem na doutrina e, todos os ensinos bíblicos, voltados para o dinheiro, do tipo, se você der você recebe, juntando toda a persuasão de espírito natural, saiba que você está diante de espíritos enganadores e doutrinas de demônios.
Quando unem ciência de mercado "marketing" e Palavra de Deus, também, é profano e diabólico. 
Pastores, bispos, apóstolos e demais tipos de líderes, homens e mulheres, garotos e garotas-propaganda, usando de espírito de engano para vender mercadoria, despertando cobiça, inveja, ganância, disputa e todo tipo de sentimento perverso contrário aos ensinos da Palavra de Deus, transformando aquele que foi comprado pelo sangue do Cordeiro em objeto de manipulação de mercado na figura de "consumidor cristão".
Os homens introduziram doutrinas conforme seus espíritos e formaram igrejas para seus próprios domínios e, Jesus Cristo é só um "slogan" manipulado no meio de palavras persuasivas de sabedoria humana.
Quando a Palavra de Deus fala em sabedoria humana, ela está vinculando diretamente a ciência da psicologia, ou seja, ... qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está?
Essa sabedoria é terrena, porque busca através do homem natural, atender aos interesses do próprio homem natural.
Assim, não se mistura Palavra de Deus com psicologia ou sabedoria terrena.
Quando Jesus estava no deserto sendo tentado pelo adversário, ele ouviu e foi provocado exatamente nas fraquezas do homem natural .
A maldita Teologia da prosperidade tem sua essência no espírito do homem, conforme a astúcia de engano dos argumentos elaborados pelo espírito do mundo, segundo a eficácia de Satanás, para enganar e corromper o entendimento daqueles que não possuem entendimento e, também, tentados pelas suas próprias concupiscências. Todo aquele que ensina e prega Teologia da prosperidade faz a obra para Satanás contra o Corpo de Cristo.
Hoje, também, na Igreja chamada evangélica, o foco está voltado para "ter poder". Poder com ostentação financeira, poder com ostentação política, poder com ostentação dos "shows", poder com ostentação em cobrar para pregar a Palavra de Deus, poder com ostentação de ser ícone e arrastador de multidões para eventos, usando os mesmos argumentos que o "espírito do mundo" usa, ... enfim ... toda essa "sabedoria" é terrena, movida por homens sem escrúpulos e já cauterizados, sem temor ao Deus vivo.
Quando Jesus estava no deserto sendo tentado pelo adversário, ele ouviu e foi provocado exatamente nas fraquezas que ensinam e pregam dentro das igrejas.
Uma pausa ... 
Algumas frases que o diabo usa na igreja para "tirar" dinheiro do povo sem entendimento.
Os representantes do diabo são aqueles que pregam e ensinam todo o tipo de coisas semelhantes, tipo:
- Se você é filho de Deus, então dá o seu carro como oferta! Você não precisa do carro, Deus precisa ... 
- O verdadeiro crente gosta de desafios ... desafios ... eu desafio você a dar o que tem no seu bolso! 
- Se você é filho de Deus dá tudo o que tem agora e depois Deus restituirá! Tem fé? Então prova que tem fé! 
- Prova que você é crente ... dá o que você tem de melhor agora ... agora ... não é depois, tem que ser agora! 
- Se você tem fé, dá o dinheiro que você tem aí no bolso, e Deus vai devolver o dobro. 
- Prova que você ama a Deus, dá uma oferta de R$ 1.000,00 reais ... dá um cheque mesmo sem fundos ... 
- Programa de rádio ou em igreja: Deus me revela que tem 10 pessoas aqui que podem dar uma oferta de R$ 1.000,00 mas que estão segurando, estão sem fé, e Deus diz para liberar, entregue os R$ 1.000,00. 
- Deus me revela que há um empresário que está ouvindo o rádio do carro e ele pode fazer uma oferta de R$ 10.000,00. Sim, é você mesmo que perguntou: "Será que sou eu?" É, é você mesmo meu "amigo" empresário. Deus aguarda sua oferta. 
- O Espírito Santo revela que as coisas não vão bem na sua casa porque você tem ofertado pouco ... 
- O Espírito Santo revela que, você que está com receio de perder o emprego, para fazer uma oferta e Deus vai evitar essa situação ... 
- Se você crê, Deus vai dar uma linda casa para você. (Isso falando para milhares de pessoas ao mesmo tempo e, se não der é porque não teve fé.) 
- Você deve DETERMINAR A SUA BENÇÃO. DETERMINE! É ISSO QUE VOCÊ QUER, ENTÃO DETERMINE! (Dê ordem para Deus e ele irá obedecer duas determinações.) 
- PROFETIZA que Deus dará isso para você. 
- PROFETIZA SOBRE OS SEUS SONHOS, SEUS SONHOS VÃO SE REALIZAR ... (o sonho de José, filho de Jacó, foi transformado em sonho qualquer, não é Deus quem fala através do sonho, mas é você quem fabrica seus próprios sonhos (interesses) ... é só sonhar e profetizar ... diga o que você quer e sonhe e Deus será OBRIGADO a realizar seu sonho ... DETERMINA !) 
- As demais frases prontas que o diabo prega nas igrejas você acrescenta ...
Quando Jesus estava no deserto sendo tentado pelo adversário, ele ouviu e foi provocado exatamente nas mesmas coisas que lhe disseram quando estava crucificado. 
Evangelho de Mateus, capítulo 27, diz: 
" 39. E os que passavam blasfemavam dele, meneando as cabeças, 
40. E dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo; se és o Filho de Deus, desce da cruz. 
41. E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam: 
42. Salvou os outros, e a si mesmo não podes salvar-se. Se é o Rei de Israel, desça agora da cruz e creremos nele; 
43. Confiou em Deus; livre-o agora, se o ama; porque disse: Sou Filho de Deus. "
Nessas breves passagens acima, entre tantas outras na Bíblia e, trazendo para os nossos dias, vemos a igreja chamada evangélica sendo conduzida como um "trem sem freio", ou seja, homens transformaram a Palavra de Deus dissimuladamente e transferiram para si mesmos a autoridade como se fossem deuses. Quem desejou essa posição foi o inimigo de Deus. Entendeu?
Reexplico: O espírito que age atualmente nas igrejas chamadas evangélicas trazem uma doutrina que dá ao homem autonomia, para estabelecer o que é e o que não é, independente do que a Palavra de Deus diz.
Esse é o espírito de Satanás e sua eficácia, que sutilmente altera a Palavra de Deus em palavra de homem natural, terrena e diabólica, gerando um "novo evangelho", pois, hoje, temos evangelho para todos os gostos e interesses "carnais", mas, não segundo Cristo.
Hoje temos evangelho segundo Renascer em Cristo, evangelho segundo Universal do Reino de Deus, evangelho segundo Assembléia de Deus, evangelho segundo Batista da Lagoinha, evangelho segundo Deus é Amor ... enfim ...
É comum ouvir a frase: MAIOR É O QUE NOS UNE DO QUE AS NOSSAS DIFERENÇAS MINISTERIAIS. 
Ou seja, maior é Jesus Cristo do que as nossas diferenças menores.
Mas, essa "frase de efeito", pede interpretação: 
Se Jesus que é o maior une as igrejas como irmãos, SE ELE É REALMETE O PRINCIPAL, PORQUE NÃO SE UNIREM E DESFAZER AS DIFERENÇAS QUE NADA VALEM? Isso é hipocrisia de discurso oportunista conforme a necessidade do momento.
Outro detalhe: Essas pequenas diferenças são os aspectos de suas doutrinas e crenças que não admitem contestação e, segundo seus entendimentos, se não forem observadas e atendidas essas pequenas diferenças você perde a salvação da alma e, Jesus Cristo, que é o MAIOR QUE OS UNE não serviu para nada. A pequena diferença FAZ DIFERENÇA SIM. Mais uma hipocrisia, falsidade.
Por isso, a corrupção e mentira está com liberdade dentro da igreja chamada evangélica. É muita astúcia de engano com aparência de boas obras.
Há ovelhas dentro dessas alcatéias que precisam despertar e sair desses domínios de maldições e enganos.
O apóstolo Pedro quando foi repreendido por Jesus e ouviu: "Arreda-te Satanás", não havia falado nada incoerente devido ao momento. Mas não vinha de Deus aquela palavra de Pedro. Aquela palavra de Pedro veio segundo o homem natural, segundo o espírito do mundo, segundo Satanás.
Os homens, conforme a palavra do diabo quando tentou o Senhor Jesus, estão progressivamente destruindo a verdade da Palavra de Deus e criando seus próprios evangelhos "tentadores".
Homens que se dizem de Deus, também, conforme o entendimento natural da Palavra de Deus e não por interpretação conforme a revelação e, por causa da inveja feminina, promoveram mulheres para dirigirem igrejas e, assim, aumentar o espírito de disputa invejosa entre os ministérios.
Isso não é machismo, conforme o entendimento natural pode me julgar agora, mas é conforme a interpretação da Palavra de Deus.
Eva foi a primeira mulher que, por inveja, desejou autonomia. 
Adão tipifica Jesus Cristo e, Eva tipifica a Igreja de Jesus Cristo.
A mulher não se contentou com a posição que Deus deu e, com dissimulação, começou buscar, por inveja, uma posição igual do homem, assumindo domínio com autonomia.
No evangelho de João, capítulo 6, versículo 70, Jesus diz sobre Judas Iscariotes: 
" ... Não vos escolhi a vós os doze? E um de vós é um diabo. "
Uma pausa ... 
Para meditarmos: 
Jesus diz que Judas era um diabo e que, Satanás entrou nele. 
Se Judas já era um diabo, o espírito de Satanás entra quando lhe convém para fazer e falar conforme também lhe convém pois é "sua casa". Você já ouviu ensino ou pregação quando parecem duas fontes saindo da mesma boca? 
Já é tempo de começar discernir os espíritos que falam!
Qual a diferença entre Pedro e Judas Iscariotes? 
Pedro, em um momento de falta de vigilância, carnal na compreensão, ainda discípulo e criança na fé, foi envolvido pelo sentimento do homem natural e, nascendo de novo, estaria renascendo pelo Espírito de Deus, mas, Judas, jamais renasceria, pois era um filho deste mundo, por isso Jesus disse que ele, Judas, era um diabo. Diabo não se converte a Deus e nem pode ser.
Diabos podem sim, parecerem crentes, mas, diante da verdade da Palavra de Deus e de homens e mulheres de Deus que discernem espíritos, ficam desmascarados e revelados. Satanás não pode negar a si mesmo e, assim, dissimula, dentro da Igreja chamada evangélica, parecendo ser de Deus, mesmo com aparentes boas obras, mas, nega a Deus Pai e Senhor Jesus quando manipula a Palavra, destruindo a simplicidade da graça e criando todo tipo de doutrina maligna.
Uma pausa ... 
É interpretação perversa e terrena quando a situação de Judas Iscariotes é avaliada segundo os "cientistas da Bíblia", os psicólogos bíblicos, buscando analisar a ação de Judas Iscariotes pelo limitado conhecimento natural.
Há aqueles que dizem que Pedro entendeu o plano de salvação e por isso não traiu Jesus, mesmo tendo Jesus dito para ele "Arreda satanás", mas, Judas, teria traído o Mestre, porque não entendeu o plano da redenção e, "pensou", que Jesus ressuscitaria ou aconteceria algo diferente do que Jesus já havia dito. (Quem não é filho de Deus e, não tem a Palavra de Deus no coração, busca seus próprios entendimentos, conforme o espírito que está dominando)
No Evangelho de Mateus, capítulo 16, versiculo 23, Jesus, após repreender o espírito de Satanás que agiu através de Pedro, disse: 
" Para trás de mim Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens. "
Como? Satanás não conhece a Palavra, como é amplamente falado e pregado, que Satanás usa a Palavra de Deus e através dela torce a verdade com astúcia e dissimulação? Como Jesus diz que Satanás não compreende as coisas de Deus?
Sim, Satanás conhece a Palavra, MAS, Satanás não tem a REVELAÇÃO DA PALAVRA. Satanás sabe que Deus Pai e Jesus Cristo e os anjos existem, mas, não lhe foi dada a revelação da Palavra de Deus. Satanás vai até o limite da LETRA e não tem a interpretação revelada. Compreende a dimensão disso? Aleluias!
Pergunta: Por que Jesus Cristo foi condenado? 
Resposta: Porque aqueles que o condenaram não tinham a revelação da Palavra.
Pergunta: Por que a Igreja chamada evangélica ainda vive debaixo de jugo da maldição da Lei do Velho Testamento, da LETRA, condenando aqueles que foram chamados para a graça em Jesus Cristo, sendo, entre tantos, os mais evidentes, dízimos e guarda de sábado? 
Resposta: Porque esses que vivem e condenam pela Lei do Velho Testamento não possuem a revelação da Palavra. Quando assim fazem, Jesus para nada serviu.
O diabo quando tentou Jesus usou a Palavra pelo sentido da LETRA e não pelo significado da interpretação revelada. 
O diabo questionou Jesus, na carne, no homem natural, conforme é o limite da LETRA, para aqueles que não possuem a revelação da Palavra de Deus. Sendo assim, pela LETRA, a tentação do diabo contra Jesus foi na carne, pelo homem natural.
Por isso, quando você está em uma igreja que se diz evangélica e você vive sendo tentado, provocado a fazer algo através de estímulos e emoções da carne, fazendo desafios, votos, que questionam na sua coragem, questionam sua fé, questionam sua ousadia, questionam seu amor ao Senhor Jesus e Deus Pai, constrangem "com amor" para votar no candidato evangélico ... enfim, e tantas outras dissimulações que tentam ou provocam o homem, saiba que você está diante de Satanás.
É Satanás pregando em púlpitos. E, conforme é Satanás, cobiça pelo seu dinheiro com aparência de cuidado pelos necessitados. Os milhões e milhões arrecadados vão para manter e sustentar suas luxúrias e deleites terrenos.
Se Judas Iscariotes, sendo um obreiro de Satanás, entregou o Senhor Jesus, o que é para outros obreiros de Satanás enganarem você, fazendo pensar que Deus aceita coisas que, diante da Palavra de Deus, é blasfêmia e abominação?
Por isso, o povo está tão cego, cauterizado e dominado, que, apenas repete o que os enganadores ensinaram para permanecerem intocáveis nas posições: "Deus julgará", "não toque no ungido", "não fale mal do irmão" ...
Diante da Palavra de Deus: Deus já julgou, não são ungidos e não são irmãos ...
Acorda povo de Deus, que está perdido e cegado dentro dos impérios evangélicos do engano!!!
Aqueles que não são crentes não se vangloriem lendo isso, pois, a perdição eterna aguarda, se não entregarem suas vidas e confessarem que Jesus Cristo é o único Salvador e Senhor.
Então ... 
E, Judas Iscariotes, após ver o que tinha feito, "arrependeu-se" e suicidou-se. 
Essa é a diferença com DISCERNIMENTO. Mesmo que "aparentemente" apresente sinal de suposto arrependimento, JUDAS É UM DIABO. DIABO SE ARREPENDE DE TER MATADO ALGUÉM?
A Palavra diz que o Diabo vem para matar, roubar e destruir.
A atitude de Judas Iscariotes dá mais clareza de que ele - sendo um diabo - se entristeceu porque não conseguiu resistir ao seu espírito diabólico, porque o diabo não consegue negar a si mesmo, e, com seu ato, havia assinado a sua própria condenação final. Compreende a dimensão disso?
No Evangelho de Mateus, capítulo 27, versículos 3, 4 e 5, diz: 
" Então Judas, que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos; Dizendo: Pequei, traindo sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo. E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar. "
Jesus, o Filho de Deus, só poderia ser condenado pelo príncipe deste mundo - Satanás - para que, a plenitude da injustiça fosse realizada e, conseqüentemente, a plenitude da justiça fosse exaltada, pois, a condenação se deu sobre o próprio Filho de Deus que não tinha qualquer pecado, estava incorrupto.
Um representante de Satanás, um diabo, na pessoa de Judas, marca um referencial muito sério em coisas que se discernem espiritualmente. Judas Iscariotes, repito, aparentemente, sentiu arrependimento. Judas é um diabo, obreiro de Satanás.
Judas Iscariotes estava "no meio" de um grupo de pessoas onde ele ficava "de bem com a vida", indo para onde o vento batia, sem preocupar com santidade ou temor ao Mestre Jesus.
Roubar, enganar ignorantes e sem entendimento, corromper, prostituir, mentir, subornar, fraudar, seduzir com astúcia, usar o nome de Jesus para criar o grande mercadão gospel, usar a fé como meio de lucro ...
Para um obreiro de Satanás tudo isso é normal. ACORDA POVO DE DEUS!!!
Tanto que, mesmo estando com Jesus, ali em pessoa, andando com eles, ainda roubava da bolsa as ofertas recebidas. 
Judas é um diabo e, diabo faz as obras do diabo. Arrependimento? Como um diabo pode ter arrependimento?
A Palavra diz que Judas disse: "Pequei, traindo sangue inocente." 
Mas é assim, tanto que, por consequência, em seguida, tira sua própria vida, ou seja, quem não tem Deus, faz aquilo que lhe é próprio. 
Por isso Pedro diz que Judas foi para o seu próprio lugar, ou seja, Judas era um adversário e, após o suicídio, foi para o seu lugar. Certamente não é o mesmo lugar para onde foi o ex-ladrão da cruz ao lado de Jesus. (Lucas 23:43)
A avareza e cobiça de um diabo no meio de crentes em momento oportuno tem que ser manifestada através de algum ato e fatos ou escândalos. (Medite nisso nos tempos atuais diante do que você tem visto, lido ou ouvido.)
Então, a avaliação dos "cientistas da Bíblia" é interpretação diabólica de homem natural que tenta "justificar" a conduta de Judas Iscariotes. Em outras palavras, conforme a verdade real. TENTAM JUSTIFICAR E ATÉ, SE POSSÍVEL, DESCULPAR UM DIABO.
O modo mais claro e simples de expressar é: Diabo é diabo. Diabo não se converte.
Estão querendo através da psicologia de homens, abrir a entrada, no céu, para satanás e os diabos ...
Se o povo conferisse tudo o que ouve e vê, sairia da maioria das grandes igrejas chamadas evangélicas. Sai dela povo meu!
Com temor, se reuniriam em seus próprios lares, conforme o início da Igreja com os apóstolos, com toda a simplicidade, amor, comunhão e fé. Onde estiverem reunidos em nome do Senhor, ali ele estará. Não precisa de "nome fantasia" para identificar a comunhão dos santos congregados.
Na Bíblia lemos: " A IGREJA que está na casa de fulano de tal ... ", hoje, pode estar em qualquer casa nesse planeta, conforme a simplicidade de Cristo nos corações.
Já é tempo de começar essa obra...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.