Subscribe:

segunda-feira, 11 de maio de 2015

ESTUDO EVANGÉLICO SOBRE BENJAMIM...


                                        ESTUDO EVANGÉLICO SOBRE BENJAMIM...
Os filhos de Jacó haviam pecado, transgredido severamente traindo, maltratado e vendido a José, toda a falta que eles cometeram os tornavam imputáveis aos olhos de José embora os anos tenham se passado quando eles precisaram de favor, recorreram a José que fora constituído Pai sobre todos, José quando olhava para eles lembrava dos pecados e maldades cometidas contra ele, e avaliando-os naquele momento de necessidade, as faltas deles ainda ardiam a fúria no coração de José, o poder da sentença estava nas mãos dele, era impossível eles permanecerem diante de Jose sem receberem a sentença e o retorno das suas atitudes tão egoístas, malignas e violentas.
Naquele instante tomado por indignação José dá uma ordem aqueles homens, que não eram dignos de favor nem de auxílio algum porque eram pecadores de um coração imundo, então José olhando para eles diz: Não vereis a minha face se não trouxerdes o vosso irmão Benjamim, diante de mim.
José não via naqueles homens motivos suficientes, dignidade suficiente para dar-lhes tão grande auxílio e proteção, porem somente se eles comparecessem com seu irmão diante de José eles teriam condição de permanecer em pé e inculpáveis diante de José.
Aqueles irmãos tiveram que sujeitarem-se e só apegados ao seu irmão seriam aceitados.
Quando Benjamim compareceu diante dos olhos de José, as entranhas dele se moveram, ele olhou e Benjamim este que era símbolo de dor e sofrimento, já que sua mãe morrera no parto, ele foi motivo de tristeza e dor profunda para sua mãe por isso lhe deu o nome de Benoni (Filho de muitas tristezas), mas para o pai era o braço direito que lhe deu o nome de Benjamim (Filho da mão direita).
Só com Benjamim ao lado aqueles homens seriam aceitos só com o irmão ao lado eles seriam aceitos , e assim foi, José o vê como um filho, e com o coração dilacerado pela dignidade, honra e amor aquele menino, libera todos os demais e todos os que estão ao redor dele são abençoados, são beneficiados e prosperados, à Benjamim ele dá a porção maior, mas aos irmãos, abençoa igualmente, até então indignos agora tanta credibilidade deste irmão torna a todos dignos, e apto para viverem a benção, tudo foi esquecido, diante da presença daquele menino, tudo foi perdoado, pois José sabia o valor que ele tem.
Que história triste, que descrição perfeita da raça humana.Nós fomos desleais ao Senhor da Terra, nós o traímos, o trocamos por coisas insignificantes e desprezamos toda a sua bondade e graça não merecíamos nada das mãos dEle, em nossas misérias não deveríamos e nem mereceríamos reccorrer a Ele, o Senhor da Terra que foi rejeitado e destratado por todos nós, conforme diz:
Rm 3:23 pois todos pecaram e carecem da glória de Deus,
Rm 5:12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.
Todos nós mereceríamos morrer em nossos delitos e pecados, mereceríamos padecer em nossas misérias e corrupções humanas, porém quando necessitamos de auxílio, provisão, ajuda nos erguemos e na maior “cara de pau' vamos até Ele, buscamos ao Senhor da Terra, e não nos arrependemos de nossas culpas, não buscamos reconciliação, queremos simplesmente o favor, a fim de que Ele encha as nossas mãos de benção e riquezas e nos despeça fartos, e nem nos importamos com o que há em seu coração, o quanto o ferimos e magoamos, nem nos preocupamos com o desprezo e desdém causados pelo nosso egoísmo.
José era o senhor de todo Egito diz Gn 45:9 Apressai-vos, subi a meu pai e dizei-lhe: Assim manda dizer teu filho José: Deus me pôs por senhor em toda terra do Egito; desce a mim, não te demores.
O Senhor é o Deus de toda a Terra :
Sl 47:2 Pois o SENHOR Altíssimo é tremendo, é o grande rei de toda a terra.
Sl 47:7 Deus é o Rei de toda a terra; salmodiai com harmonioso cântico.
Muitos querem com suas pecaminosidades, entrar e sair de Sua presença, com todas as ofensas , murmurações, pecaminosidades e malignidades que efetuaram , querem ainda achar o favor, e não entendem que os seus delitos ainda falam alto diante de Deus, que suas práticas ocultas e ilícitas os denunciam diante do Senhor da Terra, como foi com os filhos de Jacó, porém Deus é um Deus Santo e justo, como diz a palavra:
Sl 7:11 Deus é justo juiz, Deus que sente indignação todos os dias.
Na 1:3 O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder e jamais inocenta o culpado; o SENHOR tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés.
Nm 14:18 O SENHOR é longânimo e grande em misericórdia, que perdoa a iniqüidade e a transgressão, ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta gerações.
Deus o Todo Poderoso, vê arder em seu coração a indignação por tantos terríveis feitos praticados, e sabe que o certo é punir, pois todos os pecados ocultos duante anos estão diante da Sua face:
Os 7:2 Não dizem no seu coração que eu me lembro de toda a sua maldade; agora, pois, os seus próprios feitos os cercam; acham-se diante da minha face.
E neste momento, como é tardio em irar-se, ordena aos homens indignos, cruéis, assassinos, pecadores, corruptos…dignos de serem afastados da Sua presença com as mãos vazias, porém por misericórdia os atende mas avisa como José:”Não vereis minha face se não vieres com seu irmão”!
Enquanto não houver arrependimento o Senhor permanece no seu lugar, no Seu trono de Glória, embora queira se reconciliar com a sua Criação:
Os 5:15 Irei e voltarei para o meu lugar, até que se reconheçam culpados e busquem a minha face; estando eles angustiados, cedo me buscarão, dizendo: Vinde, e tornemos para o SENHOR, porque ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará.
Sl 9:7 Mas o SENHOR permanece no seu trono eternamente, trono que erigiu para julgar.
Sl 11:4 O SENHOR está no seu santo templo; nos céus tem o SENHOR seu trono; os seus olhos estão atentos, as suas pálpebras sondam os filhos dos homens.
Sl 45:6 O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre; cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.
Sl 47:8 Deus reina sobre as nações; Deus se assenta no seu santo trono.
Sim , mas a dor está em seu coração, a dor da traição do desamor dos seus, que tanto amou e ninguém reconheceu, então ele dá a ordem, já que percebe que não se importam nem ligam para o Seu coração, pede então, mostrem-se dignos e respeitem pelo menos o irmão seu, e acheguem-se a Mim:
E os filhos de Jacó entenderam , embora tenham desprezado a José abertamente, e nem pesava em seus corações isso, somente tratando de modo devido o seu irmão poderiam voltar a face do senhor da terra.Mostrando que aquele coração partidário, egoísta, malvado teria se arrependido e mudado.
Gen. 43:3 Mas Judá lhe respondeu: Fortemente nos protestou o homem, dizendo: Não me vereis o rosto, se o vosso irmão não vier convosco.
4 Se resolveres enviar conosco o nosso irmão, desceremos e te compraremos mantimento;
5 se, porém, não o enviares, não desceremos; pois o homem nos disse: Não me vereis o rosto, se o vosso irmão não vier convosco.
Todos nós pecamos contra Deus, contra o Senhor de toda Terra, não poderíamos estar diante da sua face e permanecermos vivos,
Êx 33:20 E acrescentou: Não me poderás ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.
Porém Ele sabe que sem Ele pereceremos ao léu, morreremos em nossos pecados:
Rm 3:23 pois todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus,
Rm 6:23a porque o salário do pecado é a morte
Ele então por não poder conviver com nossos pecado
s, negligências e erros, pede para que permaneçamos vivos diante da Sua face, para que levemos o nosso irmão, que o “o filho da mão direita” para o Pai e foi “ o filho da tristeza” da mãe, sim o Senhor de toda terra quer que acheguemos a Ele com Jesus, nosso irmão, que muito sofreu e foi honrado, limpo e digno até o fim. José se colocou como pai de Benjamim , pois ele era a simbologia de Jesus, o irmão que traria reconciliação e esquecimento de todos os pecados do passado:
Gn 43:29 Levantando José os olhos, viu a Benjamim, seu irmão, filho de sua mãe, e disse: É este o vosso irmão mais novo, de quem me falastes? E acrescentou: Deus te conceda graça, meu filho.
Benjamin o menor, Jesus se fez pequeno e o menor entre os homens:
Is 53:3 Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso.
A presença de Benjamim ao lado dos seus irmãos, justificou-os, e ele trouxe benefícios e benção a todos igualmente, da mesma forma Jesus trouxe bençãos infinitas a todos os que reconciliados a Ele chegam-se a Deus:
Is. 53:11 Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniqüidades deles levará sobre si.
Jesus é o irmão digno e perfeito que deves levar sempre contigo à presença de Deus:
Mc 3:35 Portanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe.
Ele quebranta o coração do Pai, pois o Pai vê nele , as marcas da fidelidade, amor, dedicação como Benjamim quebrantou o coração de José:
Gen. 43:29 Levantando José os olhos, viu a Benjamim, seu irmão, filho de sua mãe, e disse: É este o vosso irmão mais novo, de quem me falastes? E acrescentou: Deus te conceda graça, meu filho.
30 José se apressou e procurou onde chorar, porque se movera no seu íntimo, para com seu irmão; entrou na câmara e chorou ali.
31 Depois, lavou o rosto e saiu; conteve-se e disse: Servi a refeição.
Quando nos apresentamos diante do Senhor da Terra, plenamente reconciliados com Cristo alcançamos o favor de Deus e o acesso a ceia, aos banquetes celestiais:
Rm 5:10 Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida;
O Senhor da Terra quando olha para Jesus , se move, pois ele levou muito sofreu para resgatar-nos e nos fazer dignos dos céus:
Is. 53:4 ¶ Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.
Quando José viu os filhos de Jacó com o irmão Benjamim esqueceu-se dos pecados deles, pois para andarem com Benjamim, teriam que ter mudado interiormente e terem sido limpos de tanta maldição.
Assim o Senhor da Terra sabe , que para andarmos com o nosso irmão Jesus precisamos ter nos quebrantado, humilhado pois senão não conseguiríamos tal condição, e por estarmos com Cristo diante de Deus, nosso pecados já não são mais lembrados:
Mq: 7:18 Quem, ó Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade e te esqueces da transgressão do restante da tua herança? O SENHOR não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia.
19 Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniqüidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar.
Só do Senhor da Terra te ver andando ao lado do irmão, Ele já libera bençãos para sua vida:
Gn 43:16 Vendo José a Benjamim com eles, disse ao despenseiro de sua casa: Leva estes homens para casa, mata reses e prepara tudo; pois estes homens comerão comigo ao meio-dia.
Embora o obediente, puro e digno receba maior porção, o senhor da terra, tem porção suficiente e satisfatória para todos:
Gn 43:34 Então, lhes apresentou as porções que estavam diante dele; a porção de Benjamim era cinco vezes mais do que a de qualquer deles. E eles beberam e se regalaram com ele.
O principal precisa acontecer reconciliar-se definitivamente com o senhor da terra, pois depois deste quebrantamento e restabelecimento da comunhão então serás revestido de novas vestes, cobertura:
Gn 45:15 José beijou a todos os seus irmãos e chorou sobre eles; depois, seus irmãos falaram com ele.22 A cada um de todos eles deu vestes festivais, mas a Benjamim deu trezentas moedas de prata e cinco vestes festivais.
Benjamim, tipologia de Cristo nosso reconciliador e Advogado:
2Co 5:18 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,
Cl 1:22 agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis,
Oh Pecador não ouse apresentar-se diante de Deus sem seu irmão, pois tuas culpas cheiram mal ao Senhor de toda a Terra, e falam contra ti, apresenta-te bem acompanhado pois quebrantarás o coração do Senhor ao teu favor e banquetes e festas fará ao teu favor:
1Jo 2:1 Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;
Não desprezes Cristo, pois Ele te leva a Deus e te dá acesso á toda herança que ele mesmo por obediência e respeito adquiriu:
1Jo 2:23 Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai.
Hb 1:2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.
Gl 4:7 De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, também herdeiro por Deus.
Ame e a Cristo, ande com Cristo e te apegues a ele, pois é impossível chegares a Deus sem a presença dele na sua vida:
Jo 3:36 Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.
Jo 5:23 a fim de que todos honrem o Filho do modo por que honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai que o enviou.
2Jo 1:9 Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.
1Jo 5:12 Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.
1Jo 5:20 Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.
1Jo 4:15 Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele, em Deus.
1Jo 5:5 Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus?
Jo 8:36 Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
Jo 14:6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante.


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.