Subscribe:

quinta-feira, 30 de abril de 2015

E O SENHOR ENXUGARÁ AS LÁGRIMAS DE SEUS OLHOS E IRAIS CANTAR O HINO DA VITÓRIA...


E O SENHOR ENXUGARÁ AS LÁGRIMAS DE SEUS OLHOS E IRAIS CANTAR O HINO DA VITÓRIA...
“Há um sorriso banhando de lágrimas no rosto de quem confia em Deus mesmo mergulhado em circunstâncias difíceis.”
Pois bem. A vida é assim. As vezes nos faz chorar.  Seja choro de alegria ou tristeza. Seja choro com a chegada de um bebê ou a partida de um ente querido. Seja de amor ou dor. Seja de saudade ou pesar. Seja com a demonstração de carinho de um amigo ou uma traição. Seja por uma surpresa ou uma decepção. Choramos na vitória e também na derrota. Choramos com um filme de amor, choramos com uma cena de terror. Choramos com uma palavra de incentivo e também com uma palavra ríspida de ofensa. Choramos por gratidão e choramos por ingratidão.
Dizem que chorar é bom, lava a alma. De fato, após o choro, temos uma sensação de leveza. Você também se sente assim? Parece que junto com as lágrimas tiramos aquele nó que aperta nossa garganta e sufoca o nosso coração. Eu, particularmente, me sinto renovada após derramar algumas lágrimas. E confesso que esse renovo vem, principalmente, quando eu choro diante de Deus em oração.
“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.” Mateus 5:4
Eu não costumava me sentir muito bem depois de chorar, a menos que o choro fosse de alegria. Na verdade, não me sentia à vontade para chorar. Creio que eu não era a única a agir assim. A sensação que eu tinha é que o choro era a manifestação de um coração murmurador, insatisfeito e fraco. Com essa mentalidade eu passei a segurar o choro quantas vezes fosse necessário, só chorava se fosse pela emoção de uma alegria ou quando realmente fosse inevitável segurar.
Por mais difícil que fosse a situação que eu enfrentava, pensava que chorar decepcionaria o coração de Deus. Eu pensava que o choro era um sinal de desespero e assim eu estaria  demonstrando que não confiava nos planos e no agir de Deus mesmo diante das adversidades. Contudo, tenho aprendido que o choro não é sinal de fraqueza, nem de murmuração, muito menos desespero. O choro é simplesmente uma manifestação daquilo que se passa em nosso coração e para o nosso DEUS que se preocupa conosco, cada lágrima é especial e muito valiosa.
Outra coisa que muitas vezes ignoramos em relação ao choro, mas que deveria ser gravado em nossa mente e coração, é que o choro é pedagógico: Aprendemos mais nos momentos de dor do que nos eventos festivos. Aprendemos mais com as labutas que com as férias do que com as vitórias.
Por que choramos?
As lágrimas, de um modo geral, são uma expressão forte de nossos sentimentos, daquilo que é forte demais para guardamos por muito tempo dentro de nós. É um mecanismo natural do nosso corpo em relação aos nossos sentimentos e emoções. E, uma coisa eu posso dizer que eu e você, querido leitor, temos em comum. Sabe o que é?: CHORAMOS! Sim, o choro é universal, ele é experimentado por ricos e pobres, sábios e indoutos, crianças e adultos, crentes e incrédulos. Não há como negar, já chorou e provavelmente ainda choraremos muito nesta vida, inclusive vale a pena lembrar: nascemos chorando!
Todos nós, num dado momento da vida, teremos vontade de chorar. Não há quem escape disso. O fato de termos esperança e confiança em Deus não significa que deixaremos de sentir dor ou vontade de chorar. A vida não é indolor. A vida se desenrola em um terreno de lutas. Nossa caminhada neste mundo é marcada por dissabores, decepções, desertos, vales, aflições, fraquezas, angústias, sofrimento, injustiças sociais, catástrofes naturais, inseguranças, enfermidades físicas e luto.
Estou sendo pessimista ou realista? Jesus nos alertou que a caminhada não séria fácil , não obstante ELE nos incentiva dizendo que ELE mesmo venceu o mundo e através de Sua força somos capazes de enfrentar qualquer situação. Assim, não caminhamos rumo a um destino triste. Pelo contrário, o fim da jornada promete ser um lugar de delícias e alegria perpetuamente.  (conforme o salmo 16.11)
Chorar não significa ser triste ou entregar-se à tristeza.
Aprendi que o que desagrada ao coração de DEUS não é o chorar, como eu pensava, mas sim nos entregarmos à dor da situação. E, muitas vezes, nos entregamos à infelicidade por causas sem importância. Deus se desagrada disso, pois quando nos entregamos à tristeza, pecamos contra um imperativo de Deus que diz: “Alegrai-vos no Senhor.” E creio que quando ELE diz isso, ELE sabia que teríamos MUITAS razões para chorar, mas ELE queria nos dar ainda mais razões para sorrir.
Posto isto, a nossa alegria não deve ser circunstancial, pois se for assim, estaremos fadados à depressão, à tristeza, à angústia, à opressão e ao desespero. A alegria é fruto de nosso íntimo relacionamento com Deus e deve estar presente mesmo em momentos de que derramamos lágrimas. Isso é um exercício diário e indispensável para quem conhece o Poder de Deus.
Dessa forma, é possível ser alegre mesmo com o rosto banhado de lágrimas (sei que não é fácil crer nisso, mas é verdade!). O que nos faz feliz em qualquer situação é a certeza que DEUS é poderoso e pode reverter as situações desfavoráveis em bênçãos. Deus é especialista  e ELE faz com que todas as coisas cooperem para o bem daqueles que O amam.
Derramar-me aos pés de JESUS, com lágrimas, tem sido uma experiência pessoal,  maravilhosa e renovadora. Alguns momentos de lágrimas aos pés do Mestre me fazem forte diante das mais diversas situações da vida. É como se após estes momentos preciosos, eu me sentisse até mais leve e preparada para enfrentar situações difíceis e complicadas.
Se preparar para a adversidade, mesmo que chorando aos pés de Jesus, é se alimentar do fruto da alegria para sorrir depois do choro, crendo contra as circunstâncias, apegando-se a Esperança! Não é fácil, mas é possível! Algumas pessoas, diante das circunstâncias da vida, assim como eu fazia, reprimem, propositalmente, o choro. Contudo, isso não é saudável. As lágrimas são importantes, principalmente para nos ajudar a manter a sensibilidade – e a sanidade – em um mundo cada vez mais frio e calculista.
Chorar é uma atitude nobre.
Já ouvi falar que a maioria dos homens tem dificuldade de chorar. Penso que a maioria chora escondido por ter vergonha de expressar seus sentimentos. Ainda bem que para todas as regras existem exceções. Já vi meu pai chorando algumas vezes, meus irmãos, amigos…
Mas sabe, eu, particularmente, penso que não existe algo mais nobre que um derramar de lágrimas. O choro, para mim, é um sinal visível de sensibilidade, arrependimento, quebrantamento, emoção e humildade. Não será que é assim que Deus também vê o choro? Chorar é uma atitude MUITO PRECIOSA para Deus, pois ELE é o ÚNICO que pode enxergar a razão de nossas lágrimas, e mais que isso: ELE é o único que pode enxugá-las completamente.
Manter a sensibilidade através do choro também é uma forma de ver o mundo com os olhos do coração:
“Olharei o mundo através das lágrimas. Talvez eu veja coisas que eu não veria com os olhos secos.”
Podemos estar em uma situação de “labaredas“, sem a menor visibilidade, sem saída nenhuma, mas, para DEUS, nossas lágrimas sempre serão preciosas. E embora nós mesmos, muitas vezes, seguremos o choro por pensar que é um sinal de fraqueza, podemos ter uma certeza: que são nas nossas fraquezas que DEUS se faz forte em nós; são nessas horas que o PODER DELE é aperfeiçoado em nossa vida (conforme 2 Co 12:9).
Lembre-se: Jesus também chorou.
É fantástico ver que a Bíblia tem respaldo para todas as ocasiões de nossa vida. Deus nunca nos deixa no vácuo ou sem alguma resposta. Em relação ao choro, Deus também nos ensina grandes lições e, toda vez que me recorro a Bíblia para conhecer um pouco mais sobre o que Deus tem a nos dizer sobre isso, sinto-me confortável e confesso, até com mais vontade de chorar (risos). Em todas as Suas Palavras, ELE nos mostra: O VALOR DE UMA LÁGRIMA.
O seu choro não é em vão
Exatamente! Para DEUS as nossas lágrimas são preciosas, são valiosas, são especiais e até mesmo – pasme você – essenciais. Uma das passagens mais lindas da Bíblia que confirma isso, encontra-se em que nos conta uma história de uma mulher pecadora e mal vista por toda a sociedade, que se prostra aos pés de JESUS sem medos e sem receios, quebrando costumes e tradições, quebrando o orgulho e qualquer expectativa e grandeza.
Não obstante, o tema desse texto surgiu esses dias, quando em meu quarto, orando, eu comecei a chorar diante de Deus. Não era um choro de tristeza, mas de dependência. Foi quando Deus trouxe a minha memória essa passagem da Bíblia. Embora eu já conhecia bem essa  história, resolvi ler de novo este capitulo, e me dediquei minuciosamente a prestar atenção nos detalhes.
A meu ver, aquela mulher, que chorava aos pés de Jesus, não chorava de remorso, nem de ansiedade, nem de medo, pesar, angústia ou tristeza. Suas lágrimas eram de humildade, de quebrantamento e é esse o CHORO que toca o coração de DEUS.Portanto amados, podemos perceber que existem diferentes tipos de choro, e Deus, se agrada desse tipo de choro, que vem de um coração quebrantado e contrito, como o do Salmista DAVI, Ele promete não desprezar.
Essa mulher, que nem sequer tem o seu nome citado, CHOROU aos pés de JESUS porque foi surpreendida por SEU AMOR, constrangida por Sua Graça e alcançada por Suas misericórdias. Ela não se conteve em Sua doce presença.
Acredito que essa mulher já deve ter chorado muitas vezes ao longo de sua vida, por vários outros motivos. Por outro lado, as suas lágrimas em todas as ocasiões deviam ser carregadas da dor do seu passado, de seus pecados, das humilhações que já sofrera pela vida que levava.  Mas agora, aos pés de JESUS, suas lágrimas tinham um peso diferente. Suas lágrimas estavam expressando seu AMOR por JESUS, era simplesmente uma resposta de gratidão ao amor incondicional de Jesus por ela.
Meu querido(a), não sei por qual situação você está passando. Não sei se nos últimos dias o seu choro tem sido de alegria ou de tristeza. Alias, não sei nem se você tem mesmo chorado. Mas, tenho algo a lhe dizer hoje:
 CHORE AOS PÉS DE JESUS!
Querido, não tenho receio de chorar! Mas, ao chorar, saiba, existe um lugar seguro para derramar as suas lágrimas e este lugar é aos pés de JESUS.
Chore porque está com vontade de chorar. Não reprima um ato tão nobre diante de Deus. Deus conhece o mais profundo do Seu coração e ELE sabe como você se sente.
Chore aos pés de JESUS quantas vezes você sentir que é necessário, eu tenho feito isso e tenho colhido doces frutos de consolação que tem vindo diretamente do trono do Pai.
Enquanto choramos podemos nos alegrar nas promessas de que virá o dia em que: “DEUS enxugará dos olhos toda lágrima,não haverá mais luto, nem pranto” (conforme Ap7:17 , 21:14). E mais, podemoschorar uma noite inteira, na certeza que a ALEGRIA VEM PELA MANHà(como diz o Salmos 30:5).
Querido (a), sinta DEUS recolhendo as suas lágrimas nesse momento!
Não importa o motivo ou a dor que te faz chorar. Mas, que ao chorarmos seja aos pés de JESUS, na certeza de que ELE receberá isso como um gesto de AMOR, HUMILDADE, DEPENDENCIA E ATÉ CONFIANÇA.
Não existe sensação mais aliviadora que a de se derramar aos pés daquELE que pode todas as coisas, que é soberano sobre tudo e sobre todos, que te conhece como ninguém, e principalmente, que entende a sua dor.
Chorar aos pés de JESUS nos faz confiantes para chorar e CONTINUAR CAMINHANDO, para CHORAR E PROSSEGUIR SORRINDO!
CHORE e  Siga em frente mesmo chorando… porque é assim que funciona quando choramos aos pés do MESTRE. ELE converte nossas lágrimas em porções dobradas de ALEGRIA!
Deus é lindo! Perfeito Consolador!
“ Os que com lágrimas semeiam com júbilo colherão.” Salmos 126:5
Chore, mas não viva chorando, se lamentando, ok?!
Não desista da luta. Descruzem os braços. Cuide para não viver de murmuração, pois, por maior que seja a situação que te faz chorar que as suas lágrimas também venham carregadas de gratidão.
AGRADEÇER A DEUS, mesmo durante o choro é um dos maiores sinais de confiança de nossa parte para com DEUS. E, como diz a Palavra de Deus, em Hebreus 11.6: “sem fé é impossível agradar a DEUS!
Saiba que enquanto você chora, mesmo que sozinho em um quarto escuro, pensando que ninguém te vê, DEUS te assiste e sussurra suavemente ao seu ouvido:
“ Filho amado, não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” (conforme Isaias 41:8)
 “Quando o Senhor mudou a sorte de Sião, nós ficamos como quem sonha. A nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de júbilo… Com efeito, grandes cousas fez o Senhor por nós; por isso estamos alegres.” (Sl 126:1-3)
Ta difícil?
Lembre-se das promessas, esforce um sorriso e continue crendo. Corra mais uma milha. Se não der conta, caminhe. Negue a si mesmo. Dê a outra face. Ame os seus inimigos. Invista no amor ao próximo. Dependa somente de Deus. Confie em Suas providências. Conte com o amigo Espírito santo. Acredite no sobrenatural. Esqueça as suas vontades e busque a vontade de Deus. Continue a jornada mesmo com lágrima nos olhos, mas não desanime.
O choro agregará valor a nossa caminhada de fé. Chorar não significa que duvidamos da nossa vitória, mas que o momento de dor é algo temporal e é essa certeza que nos faz contrariar com fé os nossos problemas.
Ainda que às vezes eu ainda venha a chorar, continuarei sorrindo, pois a minha alegria é saber que DEUS não muda e converte o nosso pranto em riso! O que me sustenta é a constância que encontro em Deus, assim, mesmo quando tenho meus dias maus permaneço alegre...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.