Subscribe:

sábado, 25 de abril de 2015

COMO DEVO ORAR...


                                                           COMO DEVO ORAR...
Tiago 5:13-18
INTRODUÇÃO
O texto acima é tão rico de informações que poderíamos escrever muitos e muitos artigos sobre o mesmo, pois tratam de vários assuntos sublimes e importantes para a nossa vida espiritual, mas senti em escrever sobre os tipos de oração, fato este que pode nos conduzir a refletir sobre a nossa atual vida de oração e descobrirmos o maravilhoso poder que esta tem de alcançar a graça de Deus sobre nossa vida. Ademais, foi escrito pelo homem que orava tanto que tinha calos nos joelhos, o apóstolo Tiago, (Gl. 1.19). Assim, analise comigo os sete tipos de oração no texto;
1. ORAÇÃO POR NECESSIDADE
Está alguém aflito, ore... A palavra aflição aqui no texto aponta para os que sofrem qualquer tribulação, aperto, necessidade, privação ou enfermidade. A palavra grega kakopathe indica sofrimento por qualquer tipo de mal. A oração é um exercício espiritual que melhora a qualidade espiritual da alma, mesmo que as lutas sejam contínuas.
2. ORAÇÃO POR IMPOSIÇÂO DE MÃOS
Está doente algum de vós? Chame os anciãos da igreja, e estes orem sobre ele, o ungido com óleo em nome do Senhor; 
A expressão orar sobre eles significa orar por imposição de mãos sobre os enfermos para cura das enfermidades, aqui, exclusivamente do corpo, até porque, no caso da aplicação do óleo tinha a ver com a ideia dos antigos de que o óleo tinha efeitos medicinais e terapêuticos.
3. ORAÇÃO COM FÉ
E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. 
A expressão oração da fé é o mesmo que dizer a oração feita com fé, pois sem fé não se pode sequer agradar a Deus, pois aquele que faz um movimento em direção a Ele deve crer (ter fé) que Ele existe e é um Deus doador (Hb 11.6). 
A palavra salvar aqui é a cura física e não salvação de alma, embora Deus possa ou não oferecer a cura física, sempre oferece restauração e perdão.
4. ORAÇÃO INTERCESSÓRIA
Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. (a)
Como o nosso foco aqui é detalhar os tipos de oração, vejo aqui a oração intercessora, "orai uns pelos outros” principalmente pela cura física. Um reino dividido contra si mesmo ficará deserto, por isso, não podemos nos dividir, mas orar uns pelos outros com toda oração e suplica e intercessão. Interceder é colocar-se no lugar de outro e pleitear a sua causa, como se fora a sua própria.
5. ORAÇÃO COM INSISTÊNCIA E SUBMISSÃO
A súplica de um justo pode muito na sua atuação.(b) 
O sentido deste texto no original grego é: "Muito vale a oração de um justo, em sua operação” e ampliando o sentido quer dizer: "a oração, feita por crentes justos, pode fazer muitas coisas, além da cura.” A palavra súplica significa: Oração feita com insistência e submissão; prece, rogativa.
6. ORAÇÃO COM FERVOR
Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós, e orou com fervor para que não chovesse, e por três anos e seis meses não choveu sobre a terra. 
Elias era um ser humano como nós, não era um anjo, era semelhante em sentimentos, mas orou com insistência. Tudo está sob o controle do poder de Deus, mas a oração pode fazer esse poder entrar em ação a nosso favor e a favor de outros, inclusive de uma cidade ou nação.
7. ORAÇÃO COM PROPÓSITO
E orou outra vez e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. 
Toda oração deve ter um propósito e, saber para que ou para quem se está orando e o que queremos na oração. A oração não tem o condão de fazer Deus mudar de ideia, mas de descobrir qual a vontade de Deus para a nossa vida. Elias orou uma vez e aconteceu o impossível e orou a segunda vez e aconteceu o inesperado. Veio a chuva. Creia que se você orar com propósito Deus fará chover na sua terra...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante.


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.