Subscribe:

sábado, 29 de novembro de 2014

INFERIORIDADE NÃO EXISTE QUANDO VOCÊ É UM GUERREIRO QUE COMBATE COM A ORAÇÃO...


INFERIORIDADE NÃO EXISTE QUANDO VOCÊ É UM GUERREIRO QUE COMBATE COM A ORAÇÃO...
Salmo 113.7-8:  Ele levanta do pó o necessitado e ergue do lixo o pobre, Para fazê-los sentar-se com príncipes, com os príncipes de seu povo.
A. INTRODUÇÃO
O complexo de inferioridade é um problema que muitos tem dentro de si. Sentir-se inferior em todas as situações da vida, faz com algumas pessoas não consigam prosperar e ser vencedoras.
Ao aceitar a Jesus, recebemos uma nova identidade, somos chamados “filhos de Deus” e ao nos tornarmos seus filhos, usufruímos juntamente com Cristo dos direitos dessa Paternidade maravilhosa. Inclusive o mérito de sermos parecidos com o Pai, embora filhos por adoção.
Um filho adotivo  leva consigo as marcas da convivência familiar: a sua voz, os gestos, as reações, até a forma de caminhar… E como Filhos de Deus, nossa convivência com esse Pai Santo, tem a finalidade  de nos deixar parecidos com Ele também. Mas infelizmente, há muitos entre nós que não experimentam da graça já liberada, porque dão ouvidos as sugestões do seu velho homem, ou são abatidos por palavras de desanimo que levantam barreiras. E estas pessoas não conseguem mais avançar, ou crescer, ou mudar para melhor, e ainda vencerem os obstáculos que surgem a cada dia da vida cristã.
E uma das principais barreiras para que cristãos sejam felizes e experimentem da vida abundante projetada por Deus para suas vidas ou mesmo, para que se disponham a trabalhar no Reino de Deus é o sentimento de incapacidade ou inferioridade.
Quem carrega em sua alma tal sentimento não apenas se recusa a exercer o chamado de Jesus, mas também se afasta de todo e qualquer desafio profissional, estudantil ou familiar. Quem sofre deste sentimento carrega consigo uma desconfiança para consigo – pensa que as chances de derrota e insucesso são muito maiores para com ele do que para as demais pessoas.
A Bíblia nos apresenta alguns exemplos de pessoas que tiveram oportunidade de vencer tal sentimento. Vamos falar do exemplo de Moisés, o grande líder e profeta, e de  Gideão, o grande guerreiro e juiz. Ambos tiveram que ser tratados por Deus do sentimento de inferioridade. E se eles foram libertos, você também o será.
B. MAS, COMO VENCER O SENTIMENTO DE INFERIORIDADE?
Assuma sua identidade como cidadão celestial através de Cristo.
O exemplo de Gideão:  Cerca de 150 anos depois da morte de Moisés, Deus tratou com um jovem da tribo de Manasses. Sua história encontra-se em Juízes 6 e tem como contexto a opressão que os israelitas sofriam há sete anos. Os inimigos midianitas dominaram Israel e saqueavam todos os bens que o povo de Gideão possuía. Muitos israelitas eram obrigados a se refugiar em cavernas e nos montes para tentar preservar-se dos ataques. Foi num refúgio destes que o anjo do Senhor encontrou o jovem Gideão.
A primeira frase que o anjo do Senhor declarou a Gideão lhe pareceu totalmente descabida: (Jz 6.12)O Senhor é contigo, homem valente.. Gideão nem conhecia o Senhor, apenas ouvira falar das grandes coisas que Ele fizera no passado. Além disso, o adjetivo valente não combinava com o que Gideão estava fazendo naquele momento: dentro de um lagar tratando de um pouco de trigo (o lagar era um buraco cavado na rocha Para pisar uvas!).
(Jz 6.15).As palavras do jovem israelita ao anjo revelaram seu sentimento de inferioridade: Ah, Senhor. Como posso libertar Israel? Meu clã é o menos importante de Manasses, e eu sou o menor da minha família.
Mesmo assim tão fragilizado, Deus usou poderosamente a vida de Gideão, e nós aprendemos com ele que não contamos com a nossa própria força para realizar a obra de Deus, mas com a força do braço do Senhor!  Não há desculpas cabíveis para se negar para Deus.
Se como Gideão você hoje habita em um buraco… seja essa caverna sua casa física,ou emocional(depressão), saiba que Deus quer contar com você, mesmo que o seu clã seja o menos importante desta cidade, e mesmo que você seja o menos favorecido de sua família…
Em 1 Coríntios 1:27 Paulo diz: “…pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes;”.
Em nome de Jesus, assuma hoje quem você é. Deixe agora mesmo de ser agente secreto de Deus. Ele quer contar com você.
A libertação dos sentimentos de inferioridade vem quando você finalmente quando você assume sua identidade como cidadão celestial através de Jesus Cristo.
2. Deixando de lado seus Preconceitos sobre si mesmo e acreditando na Palavra de Deus.
O exemplo de Moisés: Quando você é tomado por sentimentos de inferioridade não consegue crer que haja planos no coração de Deus Para sua vida.
Não encontramos outro herói bíblico que tivesse dado tanto trabalho com seus argumentos oriundos da alma tomada de sentimentos de inferioridade.
Moisés vivia no deserto há cerca de quarenta anos. Estava acomodado àquela vida e não almejava coisas maiores. E Deus tinha um plano muito maior Para sua vida.
A história do chamado de Moisés encontra-se em Êxodo 3 e 4. Observe as frases que ele disse Para Deus à medida que o Senhor se revelava e instruía Moisés:
1. Quem sou eu, Para que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel? (3.11).
2. Mas se não crerem em mim, nem ouvirem a minha voz, e disserem “O Senhor não te apareceu”? (4.1).
3. Ó Senhor! Nunca tive facilidade Para falar, nem no passado nem agora que falaste a teu servo. Não consigo falar bem! (4.10).
4. Ah, Senhor! Peço que envies outra pessoa. (4.13).
O motivo para tamanha baixa auto-estima em Moisés era o fracasso do passado. Ele fracassara quarenta anos antes quando intentou fazer algo em benefício do seu povo. Agiu por si mesmo, sem conhecer a Deus, cometeu um crime no Egito e fugiu Para o deserto.
Muitas vezes o fracasso, o insucesso, marca a alma das pessoas com um “selo de fracasso”.
*Talvez você viva isso na sua vida sentimental… alguém que te feriu no passado, te traiu, te machucou…  e você se sente incapaz de acreditar que pode ser amado por alguém
*Na sua família, um irmão era tratado de forma diferente, ou você algum dia foi injustiçado e penalizado por isso… e você traz isso consigo sempre achando-se a segunda pessoa depois de ninguém.
*Talvez quando criança fosse comparado com outras pessoas e acusado de não ser igual a alguém… ou mesmo por ter visto outras pessoas terem sucesso, fazerem aquilo que você queria fazer mas não conseguiu… então você acha que tem uma vida medíocre e que ninguém se importa com você ou com o que vc faz.
*Na vida espiritual, as vezes isso também acontece… quando de forma repetitiva se comete o mesmo pecado, e quando você pensa que se libertou o inimigo te confunde e te derruba no chão…. Por isso o sentimento de fracasso na vida cristã pode estar dentro do seu coração impedindo que você cresça e dê frutos…
Esta marca do fracasso precisa ser arrancada, como Deus fez com Moisés.
Você precisa dar ouvidos a voz de Deus, pare de ouvir as vozes das experiências frustradas. Hebreus 3:15  Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração.
Acredite na Palavra de Deus. Em João 21: 1-11 vemos a história dos discípulos Pedro, Tiago e João que após terem fracassado durante toda uma noite de trabalho, resolvem guardar suas redes e retornar a praia, pois naquela noite, nada apanharam. Mas veja o que diz o texto:
“4  Mas, ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia; todavia, os discípulos não reconheceram que era ele.
5  Perguntou-lhes Jesus: Filhos, tendes aí alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não.
6  Então, lhes disse: Lançai a rede à direita do barco e achareis. Assim fizeram e já não podiam puxar a rede, tão grande era a quantidade de peixes.
11  Simão Pedro entrou no barco e arrastou a rede para a terra, cheia de cento e cinqüenta e três grandes peixes; e, não obstante serem tantos, a rede não se rompeu.”
A pergunta de Jesus era clara… Ele tinha fome… Ele queria o fruto da pesca.
Talvez hoje Jesus esteja perguntando a mesma coisa para você: O que tens para me oferecer?
Se você olha para si mesmo e não consegue ver nada para apresentar a Deus, Lembre-se que Ele é Deus de milagres, e o mesmo Deus de Moisés, um Deus que capacita e  transforma o fracasso em vitória.
O Senhor o recebe como filho e faz com que você se assente na mesa dos príncipes. Hoje é dia de você louvar a Deus pela sua identidade em Cristo. Você é nobre no Senhor. Nem o deserto, nem o buraco da depressão (o buraco onde Gideão estava) é habitat Para você.
O Senhor lhe levanta e o faz assentar-se à mesa dos príncipes.
III- CONCLUSÃO
ILUSTRAÇÃO:
 O Voo Um jovem piloto experimentava um monomotor muito frágil, uma daquelas sucatas usadas no tempo da Segunda Guerra, mas que ainda tinha condições de voar…
Ao levantar vôo, ouviu um ruído vindo debaixo de seu assento. Era um rato que roía uma das mangueiras que dava sustentação para o avião permanecer nas
alturas. Preocupado pensou em retornar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo e perigoso passageiro, mas lembrou-se de que devido à altura o rato logo morreria
sufocado. Então, voou cada vez mais e mais alto e notou que acabaram os ruídos que estavam colocando em risco sua viagem , conseguindo, assim, fazer uma arrojada aventura ao redor do mundo que era seu grande sonho…
MORAL DA HISTÓRIA
Se alguém o ameaçar VOE CADA VEZ MAIS ALTO!
Se alguém o criticar VOE CADA VEZ MAIS ALTO!
Se alguém tentar destruí-lo por inveja VOE CADA VEZ MAIS ALTO!
E, por fim, se alguém o injustiça VOE CADA VEZ MAIS ALTO!
Sabe por quê?
Os ameaçadores, críticos, invejosos e injustos são iguais aos ratos…..
Não resistem às grandes alturas!
E como conseguir andar em lugares altos?
Lembre-se sempre que se você ficar com medo dos " ratos" que aparecerem em sua vida isso poderá lhe custar grandes perdas, porém se você confiar no Senhor , a certeza de que sempre você andará em lugares altos, fará com que a sua vida cresça e de lá de cima, onde o Senhor tem te colocado, você verá com amplitude tudo o que Ele tem feito por você e o que deseja ainda mais pra você !
O Senhor te faz andar em lugares altos !!
Pense nisso: O temor do homem armará laços, mas o que confia no SENHOR será posto em alto retiro. Provérbios 29:25...
Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ciência da Religião Dr. Edson Cavalcante.



0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.