Subscribe:

domingo, 1 de junho de 2014

CAVALO DE FOGO...


                                                         CAVALO DE FOGO...
Hoje a tarde , ao orar ao Senhor, confesso que senti como se uma tonelada tivesse saído de sobre os meus ombros! Não há nada melhor do que depositar todos os fardos aos pés do Senhor, pois Ele sempre cuida de nós.
O texto que meditei e declarei, foi o de 2 Re 6, quando o rei da Síria pensou que houvesse um traidor no seu reino, que contava tudo o que se passava no seu reino, incluindo os seus maus intentos contra o povo de Deus, para o rei de Israel (não sabia ele que Eliseu, o profeta, era um homem de revelação e sabia  tudo o que ele intentava contra Israel).
Mas alguém veio ao rei da Síria e disse que era Eliseu quem o “entregava” sempre: “Não, ó rei meu senhor; mas o profeta Eliseu, que está em Israel, faz saber ao rei de Israel as palavras que tu falas no teu quarto de dormir” (2 Re 6:12).
O rei manda um poderoso exército ir até o profeta Eliseu para buscá-lo: “Então enviou para lá cavalos, e carros, e um grande exército, os quais chegaram de noite, e cercaram a cidade” (2 Re 6:14).
Quando o discípulo de Eliseu (Geasi), viu aquele poderoso exército humano vindo contra eles e lhes sitiando, temeu muito, pois só conseguia ver com os olhos humanos. Mas Eliseu estava tranquilo, porque via além das aparências. Geasi disse: “Ai, meu senhor! Que faremos?” (2 Re 6:15)
Eliseu não temeu, pois sabia em quem cria. Sabia a quem pertencia a sua vida e de quem vinha o dom profético que ele tinha sobre sua vida. Ele então tenta acalmar o seu medroso e carnal discípulo, dizendo: “Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles” (2 Re 6:16).
Este foi o ponto crucial dessa batalha tremenda contra a vida do profeta do Senhor. Eliseu era conhecido no céu, temido no inferno e procurado na terra. Mas ele não temeu, porque tinha uma tremenda visão espiritual das forças celestiais que estavam ao seu redor, e embora o seu discípulo não tivesse o mesmo discernimento ou a mesma visão, Eliseu se manteve firme em Deus.
Ele simplesmente orou ao Senhor pelo seu discípulo: “Senhor, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o Senhor abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu” (2 Re 6:17).
Querido (a), se você é um é um Pastor ou  líder, creia que Deus lhe protege, Ele lhe guarda e lhe sustenta. Não tema as forças contrárias que se levantam contra sua vida, contra sua família e contra o seu ministério. Tenha simplesmente a certeza de que está no centro da vontade de Deus e deixe o resto com Ele. Ele sempre vai enviar carros e cavaleiros (anjos poderosos) de fogo para cercarem a sua vida.
Não se entristeça quando os seus discípulos, ovelhas ou liderados não entenderem a sua visão. Tenha antes a certeza de que ela veio de Deus, e, se ela veio de Deus, vai ter o respaldo dEle.
Eliseu simplesmente olhou para aquela multidão humana de soldados e fez uma ‘simples’ oração: “Fere, peço-te, esta gente de cegueira. E feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu” (2 Re 6:18), e isso aconteceu,  segundo a palavra de Eliseu.
O que fazer para ter sempre visão do alto, visão do sobrenatural?
1. Nunca deixe de buscar a Face do Senhor, todos os dias, com amor e disciplina.
2. Nunca deixe de se relacionar com a Palavra do Senhor, também com amor e disciplina – nem sempre nossa alma vai querer se alimentar da Palavra, ela vai militar contra isso, mas seja disciplinado e lute contra a sua carne e deixe o seu espírito vencer essa luta.
3. Tenha um estilo de vida de gratidão, louvor e adoração. Isso vai atrair a glória de Deus sobre a sua vida, e o sobrenatural vai passar a ser algo natural a cada dia.
4. Procure estar com pessoas apaixonadas por Jesus e pela Sua Palavra; pessoas que sejam maduras para levar você a crescer nEle.
5. Declare a Palavra constantemente e em todos os momentos.
6. Viva uma vida de santidade e obediência.
7. Não deixe de congregar em sua igreja e de estar envolvido nela.
Creia que nem todo vento, que parece ser contrário, vem para destruir. O vento que veio para abrir o Mar Vermelho veio para dar livramento ao povo de Deus, mas também veio para destruir os inimigos.
Simplesmente, seja grato por tudo! Hoje é o DIA DE SUA VITÓRIA, mas não seja grato somente hoje; sejam gratos todos os dias da Sua vida por todos os livramentos e provisão do Senhor!
Lembre-se sempre das palavras de Davi:
“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei?
O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?
Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, se chegaram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram.
Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria”
(Sl 27:1-3)...

Bispo. Capelão/Juiz. Mestre e Doutor em Ênfase e Divindades Dr. Edson Cavalcante

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.