Subscribe:

domingo, 11 de maio de 2014

AME A SUA MAMÃE DE TODO O SEU CORAÇÃO, POIS UM DIA ELA SERÁ SAUDADE...




AME A SUA MAMÃE DE TODO O SEU CORAÇÃO, POIS UM DIA ELA SERÁ SAUDADE...
Gênesis 3: 16 e 20
Dia das Mães
AMOR DE MÃE!
Certa vez perguntaram a uma mulher que tinha tido muitos filhos qual era o seu filho preferido, aquele que ela mais amava.
"Nada é mais volúvel que um coração de mãe", respondeu ela, "o filho a quem eu mais amo, a quem eu me dedico de corpo e alma, é o meu filho doente até que sare; o que partiu, até que volte; o que está cansado, até que descanse; o que está com fome, até que se alimente; o que está com sede, até que sacie sua sede; o que está estudando, até que aprenda; o que está nu, até que se vista; o que não trabalha, até que se empregue; o que namora, até que se de case; o que prometeu, até que cumpra; o que deve, até que pague; o que chora, até que se acalme".
E, já com um olhar distante, completou:
"O que me deixou, até que eu o reencontre".
EXPOSIÇÃO:
Falar de mãe hoje é quase que obrigação, afinal, hoje é o Dia das Mães mesmo com o meu coração dolorido pois como muitos (as) que estão lendo essa mensagem e que suas mamães já dorme no SENHOR, como a minha a Irmã Dona Maria Luiza Cavalcante da silva que partiu para a glória em 26/02/2012, pense o quanto é doloroso criar essa mensagem com os olhos cheio de lágrimas e o coração apertado e sangrando e sabendo que podia ter dado muito mais amor do que dei, por isso a vocês filhos (a) que ainda tem mamãe ame, beije, abrace e aperte sobre o seu peito e que nesse dia tão sublime lembre se que o” AMOR DE MÃE É O AMOR PERFEITO.”
Mas não quero falar de sua importância, valorização...
Quero falar do começo, de quando a mulher passou a ser mãe.
Quero olhar para as circunstâncias e de como foi a preparação para que a mulher virasse mãe.
Olharemos para a vida da mãe de todos os homens (exceção de Adão), e veremos como a função, papel, tarefa de ser mãe é coisa de Deus.
Para tanto, falaremos sobre...
TEMA: O Ser Mãe
ARGUMENTAÇÃO:
1)    É Doloroso – Gênesis 3: 16
Desde a gestação já vem sofrimentos!
E Deus disse que multiplicaria sobremodo os sofrimentos...
Deus disse que a mulher daria filhos em meio as dores.
Dores de parto...
Dores de aborto...
Dores de ver nascerem filhos doentes...
Dores de ver nascerem filhos defeituosos...
Dores de ter o corpo alterado pela gestação, nascimento, amamentação...
Dores de ver o marido indo embora porque encontrou uma mais atraente (pois a gestação a tornou deselegante)...
Além disso, a mulher teria a dificuldade ainda quanto ao governo da casa.
A mulher teria dificuldade de se sujeitar ao homem.
Do princípio ao fim é doloroso ser mãe.
Deus já tinha anunciado isso, e essa dor veio por causa do pecado, por causa da desobediência.
Sempre que o pecado entra na vida familiar traz consigo consequências terríveis, causa dor, traz danos.
A dor aumentada de ser mãe é consequência do pecado!
Isso é para lembrar-nos de que somos pecadores!
A dor nos lembra do pecado...
Mas Deus não desistiu do Seu plano de encher a terra de homens.
Sim, porque a ordem de crescer e multiplicar veio antes do pecado (Gn. 1: 28), o pecado trouxe a dor a tarefa tão bela de ser mãe.
Ser Mãe é Doloroso... Mas é...
2)    É Ministério
Sendo dada por Deus a incumbência de ser mãe, podemos chamar de ministério, serviço, tarefa, dom.
Deus concedeu a mulher este poder de em seu ventre gerar uma vida...
E com este privilégio vem também um grande dever.
Ser mãe é ministério em razão de nossos filhos serem herança do Senhor (Sl. 127: 3).
Como tal, nos são confiados por um tempo...
Suas vidas nos são dadas para serem tratadas, para que o Senhor possa usá-las para Sua glória futuramente.
E quantas mães falham nessa tarefa (ministério).
São boas educadoras, boas donas de casa, boas protetoras, boas médicas, boas conselheiras, boas cozinheiras, boas lavadoras, boas passadoras de roupas... Mas algumas são péssimas evangelizadoras, discipuladoras.
Deveriam ser boas, antes de tudo, na arte de ensinar seus filhos no caminho do Senhor.
Deveriam se esmerar em doutrina-los, evangeliza-los...
Quando se inverte os valores das vidas de nossos filhos, os entregamos ao infortúnio.
Quantos investem em roupas, calçados, educação, saúde...
Tão pouco se investe em vida espiritual paz com Deus...
Será que não se está sendo negligente com o ministério de ser mãe dado por Deus?
Vejamos o que a Bíblia diz sobre este ministério de ser mãe...
Pv. 13: 24 = Não corrigir o filho demonstra que lhe aborrece; o filho tem de aprender quando é novo.
Pv. 17: 25 = Quando não há correção o filho se torna insensato causando tristeza e amargura.
Pv. 29: 17 = Corrigir o filho pela Palavra de Deus é obter descanso quanto às suas ações, caminhos e principalmente eternidade.
Quem não corrige, cuida de seu filho espiritualmente, negligencia o ministério de ser mãe.
Por fim, sentirá vergonha (não do filho), mas de seu agir mau para com o ministério que Deus lhe confiou.
Ser mãe é Doloroso...
Ser mão é um Ministério...
E, por fim, Ser mãe é...
3)    É Recompensador
Apesar de ser Doloroso...
Apesar de ser um Ministério muito importante e cheio de responsabilidades...
Nenhuma mãe se arrepende ou abre mão de seus filhos.
Isso porque, para a mãe é recompensador.
Ilustração...
Uma adolescente fugiu de casa para viver "sua" liberdade, mas logo caiu na realidade da vida. Sem dinheiro para se manter e sem coragem de voltar para casa, acabou por entrar no mundo da prostituição.
Os anos se passaram, mas, apesar da saudade dos pais, ela nunca mais tentou qualquer contato com eles.
Seus pais sempre a procuraram, em vão, porém, desde a morte do seu pai (que ela nem ficou sabendo), sua mãe intensificou as buscas, deixando um cartaz de "Procura-se" em qualquer lugar onde lhe permitissem.
Neste cartaz a mãe havia colocado sua própria foto, escrito embaixo: "Eu ainda amo você. Volte para casa".
Os meses se passaram sem qualquer notícia, até que um dia, numa fila de sopa para pessoas carentes, a moça viu a foto da sua mãe, que apesar de ter envelhecido bastante, ainda conservava o mesmo olhar que ela guardava em suas lembranças.
Não pode conter a emoção e, naquele dia mesmo, voltou para casa. Era tarde da noite quando chegou. Tímida, ela se aproximou da porta. Ia bater, mas ela se abriu sozinha.
Entrou assustada, apavorada com a ideia de que algum ladrão tivesse invadido a casa e "sabe lá Deus o quê" poderia ter feito.
Correu para o quarto e viu sua mãe dormindo. Acordou-a. Ambas choraram muito.
Abraçaram-se. Reconciliaram-se.
Lembrando-se da porta aberta, a moça disse:
- Puxa mãe, levei um susto tão grande quando cheguei.
- Por que, minha filha?
- É que a porta da frente estava aberta e eu pensei que algum ladrão tivesse invadido a casa. Você precisa tomar mais cuidado, mãe. Não pode mais esquecer a porta aberta.
- Não meu amor, você não está entendendo. Eu não esqueci a porta aberta. Desde o dia em que você foi embora, esta porta nunca mais foi fechada.
A Bíblia cita exemplos de mães que se sentiram recompensadas com seus filhos: Salmos 113: 9; Gênesis 21: 6 e Jó 29: 2 e 5.
Tem um ditado que diz: “Ser mãe é padecer no paraíso”.
Pode ser, mas seria bom que não tivessem que padecer.
Mas, como sabemos que isso é impossível antes que cheguem de fato no paraíso, oremos por nossas mães pedindo a Deus forças para que elas consigam ter alegrias e serem realizadas em seus filhos.
Sabemos que elas não esperam recompensas dos seus filhos, esperam, sim, que estes filhos sejam felizes e realizados.
CONCLUSÃO:
O Ser Mãe...
1)    É doloroso
2)    É ministério
3)    É recompensador...
Hoje pensamos um pouco sobre mães...
Não conseguimos, em pouco tempo e espaço, saciar tudo o que significa ser mãe.
Mas, estes três destaques nos ajudam a valorizarmos, entendermos, amarmos e orarmos por nossas mães.
Olhando para a mãe Eva, identificamos o amor de Deus... Mesmo Eva sendo tão fraca, falha e pecadora...
Apesar de ter desobedecido a Deus, ainda foi usada para dar vida, gerar filhos...
Deus, nosso Senhor, compreende as falhas de todos nós e nos ajuda a tocarmos a vida.
Nossas mães são pessoas sujeitas a erros, falhas, pecados... Mas são pessoas dadas por Deus para nos dar vida, para nos criar, nos alimentar, nos instruir em seus caminhos, nos alegrar, cuidar...
Valorize sua mãe (não a faça mulher de dores e que sabe o que é sofrer).
Respeite sua mãe (ela foi dada por Deus, tem um ministério sobre sua vida).
Aproveite sua mãe (a alegria, recompensa dela é te ver feliz... Faça-a feliz).
Aproveite-a intensamente antes que Deus a leve para Si.
Que Deus abençoe nossas mães.
Que Deus fortaleça nossas mães...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.