Subscribe:

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

DE ONDE ME VIRÁ O SOCORRO...


                                                  DE ONDE VIRÁ MEU SOCORRO...
"Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?
O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra."
- Salmo 121:1-2
Muitos são os montes citados na Bíblia, com significados especiais para cada um deles. O acontecimento de um monte não se repete no outro... Cada um tem a sua especificidade, e podem representar: segurança, proteção, luz, vida, presença do Senhor, lugar de comunhão, lugar de habitação do Senhor, meta de perfeição a ser alcançada, e, ainda, os problemas ou dificuldades da vida.
Neste Salmo o autor não está olhando para um único monte, mas para "os montes". Isto nos faz pensar que o salmista estivesse tendo uma visão panorâmica, de 360 graus, de vários montes ao redor... Será que ele estava posicionado no centro de Jerusalém, cidade rodeada de montes?... "Como em redor de Jerusalém estão os montes, assim o Senhor em derredor do seu povo, desde agora e para sempre." ( Salmo 125:2 ). Ao observarmos que a inspiração poética dos salmos 121 e 125, são os montes, e a semelhança que há entre esses dois salmos, imaginamos que o autor seja a mesma pessoa. Se for, então os montes para os quais ele estava olhando eram mesmo os montes ao redor de Jerusalém.
Devido à especificidade do significado de cada monte, o salmista focaliza "os montes", e, ao correlacionar os significados de cada monte às necessidades da sua vida, ele constata que Deus o tem socorrido sempre, em todas as áreas, então ele reafirma a sua fé no Deus Todo Poderoso, criador do céu e da terra, declarando enfaticamente: "O meu socorro vem do Senhor."! E nos versos seguintes ele detalha esse socorro...
A expressão "Ele não permitirá que os teus pés vacilem" (v.3), aponta para socorro moral. Nos textos bíblicos, em geral, essa figura do pé que escorrega, vacila, tropeça e faz cair, caracteriza a queda moral. Deus é socorro moral, é força para o trôpego, para o fraco, para aquele que está prestes a cair.
Quando ele diz: "O Senhor guardará a tua alma" (v. 7), ele está falando de socorro espiritual e psíquico. Deus é proteção para o mundo interior, para a psiquê do homem. Protege espiritualmente, emocionalmente e psicologicamente.
Ele também se refere ao socorro físico, ao afirmar: "O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua. O Senhor te guardará de todo mal..." (vs. 5-7). Há muito desgaste físico durante o enfrentamento dos problemas, na luta pela sobrevivência. Nessas horas, declare com fé: "O meu socorro vem do Senhor."
No dia-a-dia da vida, em meio às lutas e problemas, nos momentos mais duros e cruéis, quando ocorrer a pergunta: "De onde me virá o socorro?", olhe para "os montes" e declare em fé, sem vacilar: "O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra."
 Ao perceber que, na realidade, Deus é socorro para tudo o mais, o salmista diz: "O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre." (v.8) . A expressão "a tua saída e a tua entrada" é uma figura de linguagem usada para indicar "tudo o que fizeres". Deus vigia e guarda o tempo inteiro, em cada circunstância, e para sempre, ao que nele confia e espera! "não  dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita nem dorme o guarda de Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita." (vs. 3-5)...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.