Subscribe:

domingo, 22 de dezembro de 2013

JEFTÉ UM HOMEM QUE FEZ O SEU NOME BRILHAR...


                                  JEFTÉ UM HOMEM QUE FEZ O SEU NOME BRILHAR...
Juízes 11:1-11
 Se você fosse escrever uma lista de heróis, eu não sei se você colocaria na lista uma prostituta ou um filho de prostituta?!  Com certeza não!....   -   Entretanto, na galeria da fé de HEBREUS 11, nós encontramos o nome de Raabe, aquela prostituta que salvou a vida dos espias de Jericó.
Encontramos também o nome de JEFTÉ, cuja mãe era uma prostituta.   Veja Hebreus 11:31 e 32 (Raabe e Jefté) e, observe o que o v. 38-39 diz a respeito deles....
JEFTÉ TEVE UM COMEÇO MUITO INFELIZ.     Como vimos nos vv. 1 a 3 do Capítulo 11 de Juízes, a chegada de Jefté ao mundo foi atribulada.   E quantas crianças chegam a mundo também como Jefté, ou seja, frutos de um deslize moral do pai ou da mãe.
Como é duro para a criança enfrentar a vida cheia de preconceitos. E no caso de Jefté seu pai, o Sr. Gileade, resolveu criar seu filho, mas sua esposa legítima tinha outros filhos.   E podemos interpretar, conforme o relato do texto, que havia muitos conflitos naquela casa, e com certeza os meio-irmaos de Jefté os desprezava.
Talvez a própria mãe deles os instigava, haja vista que Jefté não era seu filho...  Aliás um relacionamento de madrasta e enteado parece sempre ser difícil, e no caso de Jefté a impressão que temos é que Gileado, seu pai, se tornou omisso dentro de casa e não se importou muito com o tratamento dispensado a Jefté.
Aliás, aqui esta uma das primeiras lições do texto:  GILEADO como líder da casa, deveria ter chamado a atenção de sua esposa e de seus filhos pela maneira como tratavam Jefté. Quem era responsável pela situação de Jefté, era o próprio Pai.  Afinal, Jefté não pediu para nascer, como acontece hoje em dia com tantas crianças...
Entretanto, Jefté sofreu as consequencias do pecado do seu pai. E a Bíblia diz que quando ele cresceu, seus irmãos o expulsaram de casa.  E aqui o Pai se omitiu de novo!  .... e assim Jefté teve que fugir de casa.
Que situação! Um filho de Israel expulso de casa por um pecado que nem sequer cometeu.  E nesta situação como se comportou seu pai?  .....  Parece que foi um homem que não soube disciplinar seu lar, não soube reunir a família e pedir perdão, não soube ensinar o respeito mútuo e o amor entre os irmãos...
E quantos pais crentes hoje em dia também são omissos na liderança do lar!  E a falta desta liderança, com certeza trás sofrimentos e prejuízos para toda a família.   Como você tem liderado sua casa?  Como você tem encaminha os problemas da sua família?....
JETFÉ, UM FUGITIVO CONVOCADO PARA LIDERAR O POVO. Diz o texto que forçado a fugir de casa, foi para a terra de Tobe, onde se juntou a uma “turma da pesada”.  E provavelmente fora muito criticado por causa disso pelo próprio povo da sua terra...
Outro ensinamento importante:  Muitas vezes pai e mãe crentes, afastam seus filhos do lar e do convívio da Igreja, pelas suas atitudes!       -     Quantos filhos a gente tem fora da Igreja, pela atitude da própria família.....
Entretanto, JEFTÉ nos faz lembrar do rei Davi, que ao fugir do rei Saul, se juntou a pessoas difíceis e complexadas.  E como aconteceu com Davi, JEFTÉ também se tornou o líder do grupo!
E um dia...  seu povo se encontrava em extrema dificuldade com outra nação.   -   E é interessante notar o v. 5 deste capítulo: “Os líderes, os anciãos de Gileade foram buscar Jefté para ajuda-los e pedir para que ele fosse chefe deles...”
Que mudança radical para o filho de uma prostituta!   ...  E parece que embora JEFTÉ tenha passado um bom tempo longe do lar e em companhia leviana, ele nunca se esqueceu de Deus e continuava temente ao Senhor.
Os vv. 9 e 11 nos informa que ele reconheceu que era o Senhor que podia ou não dar vitória na batalha e fez um acordo com os anciãos perante o Senhor em Mispa.
E aqui a gente precisa refletir um pouco:  Qual seria sua reação numa situação onde você fosse rejeitado e depois as pessoas, precisando da sua ajuda, procurassem você para ajuda-los?
Talvez você diria: “Que se dane”.  “Bem feito”.  “Vocês agora precisam experimentar como é duro perder a casa e o conforto como aconteceu comigo”.....
E aí a gente precisa se lembrar das palavras do Senhor Jesus em Mateus 5:38-39 – “Vocês ouviram o que foi dito: Olho por olho e dente por dente.  Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a esquerda”...
JEFTÉ nos faz lembrar de um outro jovem na Bíblia que também foi rejeitado pelos seus irmãos, sendo expulso de casa,  mas, depois, DEUS o elevou à posição de grande destaque na nação. E eu creio que Jefté podia dizer como JOSÉ NO EGITO aos seus irmãos: “...é verdade que vocês planejaram aquela maldade contra mim, mas Deus mudou o mal em bem, para fazer o que hoje estamos vendo, isto é, salvar a vida de muita gente”. (Gen. 50:20).
v. 29 – “Então o espírito do Senhor se apossou de Jefté. Este atravessou Gileade e Manasses, passou por Mispa de Gileade e daí avançou contra os amonitas”...
DEUS ajudou a Jefté a vencer seus complexos de inferioridade e rejeição, como também vencer o ódio para perdoar seus irmãos.
Perguntas para reflexão:
a)       Você joga a culpa pelas suas fraquezas e problemas de temperamento os seus pais e nas outras pessoas?
b)       Você é capaz de esquecer e perdoar injustiças cometidas a muito tempo atrás?
c)       Você esta buscando diariamente ser transformado pela operação do Espírito Santo na sua vida?
Finalmente, vamos aprender com os erros de Jefté: A LINGUA É FOGO, diz a Bíblia.  ...  quantas vezes falamos alguma coisa, quando estamos nervosos, e depois sofremos as consequencias do que falamos...
JEFTÉ fez um voto a Deus impensadamente, com consequencias tristes para ele e para sua filha.  Veja seu voto impulsivo no v. 31: “...aquela que estiver saindo da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu retornar da vitória sobre os amonitas, será do Senhor, e eu o oferecerei em holocausto...”
Agora veja os vv. 32-40...
Com certeza Jefté fora influenciado pela cultura de Canaã ao fazer este voto e se esqueceu de que Deus requer obediência e não sacrifícios...
Ou seja, cuidado com a língua. Não faça promessas ou juramentos.  Cuidado com a influencia da cultura mundana.  Romanos 12:2 diz:  “...não imitem a conduta e os costumes deste mundo...”
Propósito especifico desta palavra:  DEUS pode usar qualquer pessoa na sua Obra e no seu Reino.  DEUS tem o mesmo poder hoje de nos  ajudar a vencer os traumas da vida e ainda tem o mesmo desejo de transformar vidas como ELE fez com Jefté...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.