Subscribe:

sábado, 3 de agosto de 2013

NÃO CONFIE NO PROFETA VELHO...


                                               NÃO CONFIE NO PROFETA VELHO...
O 13º capítulo do primeiro livro de Reis nos fala de dois profetas, o profeta de Judá e o profeta de Betel. Não se tem o nome deles. O primeiro é chamado várias vezes de “o homem de Deus”. O segundo é chamado três vezes de “o profeta velho”. Eles não se conheciam.
O homem de Deus veio a Betel para repreender a idolatria de Jeroboão. Recebeu ordens expressas de Deus para não comer pão nem beber água naquele lugar
Ele rejeitou também o convite do profeta velho para comer e beber em sua casa (I Rs 13:15-17)
Acontece, porém, que o profeta velho lançou mão de uma mentira e conseguiu levar o homem de Deus à desobediência: “Eu também sou profeta como você, e o Deus Eterno mandou que um anjo me dissesse que levasse você até a minha casa e lhe oferecesse a minha hospitalidade” (13.18, BLH).
Assim posto, o homem de Deus voltou e comeu pão e bebeu água naquele lugar, tornando-se desobediente ao Senhor. Estando os dois homens à mesa, a palavra do Senhor veio ao profeta velho e ele disse ao homem de Deus: “O Deus Eterno diz que você desobedeceu e não fez o que Ele mandou… Por causa disso, você será morto, e o seu corpo não será enterrado na sepultura de sua família” (13.22, BLH). Ao voltar para Judá, o homem de Deus foi morto por um leão e enterrado no sepulcro do  profeta velho.
A triste história nos dá conta que o homem de Deus foi vítima de uma mentira.
De vez em quando você topa com algum profeta velho ou com uma “profetiza velha” por aí, que podem lhe dizer ter recebido por meios sobrenaturais uma mensagem de Deus para você. É preciso tomar muito cuidado. Se o recado de Deus para você por meio desse profeta contrariar a orientação original do Senhor, não caia nessa cilada.
CUIDADO COM O PROFETA VELHO.
Quais são as suas características?
O Engano
Enganou o homem de Deus invés de  ajudá-lo com sua experiência, orientá-lo, falar a verdade e guiá-lo pelo caminho certo enganou o profeta novo.
Isto nos mostra que devemos guardar a nossa fé. Isto é; saber quem foi que nos chamou e nos convocou para a sua obra.
Quando Deus nos dá uma ordem ele espera que ela seja obedecida. Caso contrário , as consequências podem ser graves e até desastrosas.
Por um só ato de desobediência Moisés perdeu o direito de entrar na terra de Canaã, pela mesma razão este profeta novo (o homem de Deus) depois de ter feito muitas proezas perdeu a vida.
Talvez você esta olhando somente pelo seu título. O homem de Deus, a mulher de Deus ( o profeta, a profeta),
O Senhor enviou o homem de Deus para pregar contra o altar e voltasse imediatamente, não pelo mesmo caminho e sim por outro caminho. E mais sem demorar-se e sem tomar alguma refeição em qualquer lugar.
Você tenha cuidado da sua fé no Senhor. Mesmo que as coisas parecem ser esquisitas, não é costumeiro ser deste jeito que você esta acostumado. Mas o que difere aqui é que foi Deus o Senhor que mandou que fosse feito assim.
Portanto deviam ser obedecidas.  Obedeça a irmão. Ei profeta obedeça, não morra o Senhor precisa de profetas obedientes e vivos.
Primeiramente tudo ocorreu exatamente como previsto. O profeta foi até Betel, achou o lugar onde estava o lugar idólatra e ali encontrou até o próprio Rei Jeroboão queimando incenso.
Sem hesitar o profeta anunciou a mensagem que Deus tinha mandado ele entregar, isto é; que o futuro Rei de Judá  (Josias) mataria os sacerdotes de Betel e queimaria os seus ossos sobre aquele mesmo altar.
Olha que coisa..
Quando o Rei Jeroboão ouviu sua mensagem ficou zangado e estendeu a sua mão contra o altar dizendo: PRENDEI-O. Mas a mão que lhe estendera contra o profeta se secou e ele não a podia recolher. O altar se fendeu e dele a cinza se derramou. O Rei amedrontado pediu ao Profeta que orasse a Deus para a cura de sua mão. Tendo o profeta feito isto a mão do rei foi totalmente curada e restaurada.
O Rei pediu ao homem de Deus que fosse ao seu palácio para lhe dar uma oferta e repouso, mas ele o profeta novo, o homem de Deus recusou a oferta do Rei. Explicando as instruções que o Senhor lhe tinha dado. E então partiu de volta para a Judéia. E por um caminho oposto aquele pelo qual chegara em Betel.
ATÉ AQUI. DIGA A SEU IRMÃO.
Até aqui o profeta obedeceu fielmente as instruções que Deus tinha lhe dado.
DIGA A SEU IRMÃO.
CUDADO COM O RETORNO PARA CASA. CUIDADO COM O PROFETA VELHO.
DIGA A SEU IRMÃO - IRMÃO VOLTE SEMPRE PELO CAMINHO QUE O SENHOR LHE DISSE. QUEM LHE DISSE? O SENHOR.
DESASTRE FATAL
Um profeta velho que morava naquela redondeza tendo ouvido os acontecimentos em Betel , foi encontrar-se com o homem de Deus e convidou-o para ir comer em sua casa e ali tomar uma refeição. Novamente o homem de Deus a principio recusou novamente contando o que o Senhor lhe ordenara.
A MENTIRA - O ENGANO.
Cuidado irmãos.
O profeta velho alegou ter tido uma visão e por meio dela ter tido uma outra instrução para o homem de Deus. A persuasão aconteceu. A mentira escabelada por meio de revelações falsas fez o homem de Deus ir comer em sua casa.
DIGA A SEU IRMÃO.
CUIDADO!!!  O PRÓPRIO PROFETA VELHO VAI E PODERÁ PROFETIZAR CONTRA TI E SOBRE A SUA PRÓPRIA MORTE E AINDA VAI ENTERRA-LO.
Depois de terem comido o Senhor usou o próprio profeta velho, por ter desobedecido a ordem divina que recebera, morreria e não teria o privilégio de ser sepultado em sua própria terra.
AS QUALIDADES DO PROFETA NOVO.
1. ERA NOVO - apesar da Bíblia não dar sua idade o chama de novo.
2. BONDOSO - pediu a cura da mão do Rei.
3. CORAJOSO - profetizou contra um rei em plena desobediência e recusou ao convite do rei v. 7.9.
APESAR DE TUDO ISSO ELE FALHOU.
Falhou na sua FÉ. Mesmo que a sua pseudo-obediência mostrasse a principio o homem que era, mas precisamos ser obedientes até o fim e crermos nos Senhor em todos os momentos de nossa vida.
Talvez você ouvindo esta história verídica a nossa e a sua reação a esta história, seja pensar que Deus pareceu injusto ao decretar a morte do profeta novo que tão fielmente o servira e, entretanto poupando o profeta velho que tanto mentiu e enganou.
Diga a seu irmão: O OBEDECER É MELHOR DO QUE SACRIFICAR. 1º Samuel 15.22. Deus exige obediência acima de tudo. POR UM SÓ ATO DE DESOBEDIÊNCIA  VEIO O JUÍZO SOBRE TODOS (Romanos 5.18) . Isto se refere ao pecado de Adão, o qual desobedeceu ao ÚNICO mandamento do Senhor.
Somos seres de existência ambígua. ( Isto é: muitas vezes duvidamos até de Deus ) Não há como negar que tanto no Homem de Deus como no profeta velho há atitudes e sentimentos ambíguos.
O jovem profeta, ao tempo que parece irredutível em cumprir a recomendação do Senhor (v.8) deseja ceder aos apelos do velho profeta (v.16). Já o velho profeta, ao tempo que nutre ódio e inveja pelo homem vindo de Judá (v.18) demonstra cuidados com o moço até depois de morto (vs.29,30).
Isto me ensina que preciso viver no equilíbrio das emoções e atitudes, sabendo sempre que há, segundo Levíticos 9, um bode e um cordeiro dentro de cada um de nós. Nunca se ache demasiadamente santo nem demasiadamente pecador.
EM TODO O SER HUMANO HÁ BONDADE E MALIGNIDADE COABITANDO JUNTAS. Cabe a cada um discernir e coibir o lado negro do existir. Segundo Hubert Roldem isto se aplica ao nosso lado serpentino de cada um e por isto Joao Batista já pregava dizendo Raça de víboras ( serpentes ) quem vos induziu a fugir da ira futura ? Produzi, pois FRUTOS dignos de arrependimento...
PELA OBEDIÊNCIA DE UM, MUITOS SE TORNARÃO JUSTOS.
JESUS CRISTO. CREIA NELE E EM SUA PALAVRA
ROMANOS 5.19.
Não busquem atalhos para Deus. O mercado está inundado de fórmulas infalíveis, indolentes, para uma vida bem sucedida, que podem ser praticadas em seu tempo livre. Não se apaixonem por isso, embora multidões de pessoas se apaixonem. O caminho para a vida – para Deus! – é vigoroso e requer atenção total.
Desconfie dos falsos pregadores que riem muito, gotejando sinceridade na prática. As possibilidades são de que eles estejam à espreita para roubá-lo de uma maneira ou de outra.
Não se impressionem com carisma; procurem ter caráter. Quem os pregadores são é mais importante do que o que dizem. Um líder genuíno nunca irá explorar suas emoções ou sua carteira. Essas árvores adoecidas com maçãs podres serão cortadas e queimadas.
Saber a senha correta – dizer “Mestre, Mestre”, por exemplo – não os levará a lugar algum comigo. O que é exigido é a obediência séria – fazer o que o meu Pai quer. Posso ver isso agora – no juízo final, milhares desfilando diante de mim e dizendo: “Mestre, pregamos a mensagem, envergonhamos demônios, estivemos todos falando sobre nossos projetos patrocinados por Deus”. E vocês sabem o que vou dizer? “Vocês perderam o bonde. Tudo o que fizeram foi me usar para se fazerem importantes. Vocês não me impressionam nem um pouco. Fora daqui”.
ESTAMOS VIVENDO A CULTURA DO INTOLERÁVEL
“No entanto, contra você tenho isto: você tolera Jezabel, aquela mulher que se diz profetisa. Com os seus ensinos, ela induz os meus servos à imoralidade sexual e a comerem alimentos sacrificados aos ídolos” – Apocalipse 2:20.
Estamos cultuando e cultivando, de todas as formas possíveis, o intolerável.   Estamos plantando e regando o intolerável, como se fosse um jardim bonito.  Nos alimentamos do intolerável, como se saudável fosse.
A surpresa do apóstolo Paulo em relação à igreja de Corinto não foi o fato de estarem pregando um Jesus que ele não pregava, mas a forma dócil e complacente com que aceitavam esse tipo de ensino.
“Pois, se alguém lhes vem pregando um Jesus que não é aquele que pregamos, ou se vocês acolhem um espírito diferente do que acolheram ou um evangelho diferente do que aceitaram vocês o toleram com facilidade” – II Cor. 11:4.
As coisas começam a ficar complicadas quando:
Os sensatos passam a tolerar os insensatos
A insensatez de certas “manifestações espirituais” é facilmente discernida quando tais manifestações são confrontadas com a Palavra de Deus.  A surpresa do apóstolo Paulo se resumia ao fato dessa confrontação não estar acontecendo.
Os livres passam a tolerar aqueles que os escravizam
Os que receberam o Espírito Santo, são surpreendidos pactuando – sem questionamentos – com aqueles que os devoram e lançam tropeços para deter a caminhada cristã e o testemunho do verdadeiro evangelho de Jesus.
“Vocês, por serem tão sábios, suportam de boa vontade os insensatos!  De fato, vocês suportam até quem os escraviza ou os explora, ou quem se exalta ou lhes fere a face” - II Cor. 11:19-20.
À semelhança dos nossos dias, Paulo censurou severamente o retorno às doutrinas judaicas, classificando-o como espírito de escravidão, medo e mundanismo.
“Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: Aba , Pai” – Rom.  8.15.
Os que têm o Espírito de Cristo passam a tolerar a desenvoltura com que o espírito de Jezabel se move dentro da igreja
O nome de Jezabel é usado aqui como apelido de uma mulher de destaque na congregação, que subvertia a lealdade a Deus promovendo a tolerância às práticas pagãs, como imoralidade sexual e alimentos sacrificados a ídolos.
Uma das grandes dificuldades do nosso tempo é que o nível de tolerância está extremamente alto.  Tolera-se tudo, se aceita tudo.   A mídia tem exercido com extrema habilidade a sua prerrogativa de lançar balões de ensaio sobre quase tudo o que há algum tempo era intolerável, tornando-o plenamente aceitável depois de algumas idas e vindas aos meios de comunicação.
Infelizmente esse mesmo espírito está atuando, também, no meio religioso, não poupando nenhum tipo de crença ou denominação.
Imagine a perplexidade do apóstolo Paulo, hoje, diante de tudo o que tem surgido no meio chamado “evangélico”...

BISPO/JUIZ. MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES. DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.