Subscribe:

domingo, 30 de junho de 2013

VALORIZE AS JUMENTAS PERDIDAS DE SAUL...



                 VALORIZE AS JUMENTAS PERDIDAS DE SAUL...


Texto: I Sm 9:20

Quanto às jumentas que você perdeu há três dias, não se preocupe com elas; já foram encontradas. E a quem pertencerá tudo o que é precioso em Israel, senão a você e a toda a família de seu pai?

Introdução: As jumentas perdidas é o caminho para a unção, foram elas a causa de Saul e seu companheiro de viagem irem à casa do profeta Samuel;
Foram elas o canal que levou Saul ao trono. Portanto, não despreze as jumentas perdidas, elas podem levá-lo a lugares inimagináveis...

1.      Jumento era algo precioso em Israel

Gn 12:16 èE fez bem a Abrão por amor dela; e ele teve ovelhas, vacas, jumentos, servos e servas, jumentas e camelos.

Gn 24:35 è E o SENHOR abençoou muito o meu senhor, de maneira que foi engrandecido, e deu-lhe ovelhas e vacas, e prata e ouro, e servos e servas, e camelos e jumentos.

Gn 32:5 è E tenho bois e jumentos, ovelhas, e servos e servas; e enviei para o anunciar a meu senhor, para que ache graça em teus olhos.

Gn 47:17 èEntão trouxeram o seu gado a José; e José deu-lhes pão em troca de cavalos, e das ovelhas, e das vacas e dos jumentos; e os sustentou de pão aquele ano por todo o seu gado.

Gn 49:11 è Ele amarrará o seu jumentinho à vide, e o filho da sua jumenta à cepa mais excelente; ele lavará a sua roupa no vinho, e a sua capa em sangue de uvas.

Naquela época havia quatro classes básicas de animais que eram usadas, a saber:

  • Boi: o boi era usado basicamente como força de tração para o preparo da terra para o plantio e para puxar cargas em pequenos trechos, ou seja, era para transporte normalmente dentro da própria propriedade, pois, embora o boi seja um animal de grande força física, o mesmo se cansa muito rapidamente, não podendo ser usado para longas distâncias, poderíamos fazer aqui uma pequena analogia, onde comparamos o uso do boi no período bíblico como o uso do trator hoje em dia.

  • Cavalo: animal usado basicamente para o combate, devido sua grande agilidade, por isso era muito usado nas guerras, onde a caminhada da origem até o destino da guerra era relativamente grande, mas o deslocamento era lento e tais animais agüentavam bem essas pequenas caminhadas diárias, e na hora da batalha, quando a maioria do exercito era composto de soldados a pé, o exercito que tivesse maior numero de cavalos, fatalmente sairia vencedor, por tanto poderíamos comparar o uso naquela época dos cavalos nas guerras, como se usa hoje em dia os tanques de guerra. 

  • Camelo: o camelo era usado também nas guerras, principalmente como carregador de suprimentos, entretanto poderia usá-lo também para ser montado por soldados hábeis que fazia bom uso dos mesmos na guerra. Mas seu principal uso no dia a dia era para o transporte de cargas para longas distancias, cruzando às vezes o deserto de um lado para outro. Poderíamos comparar o camelo no período bíblico com as grandes carretas que cruzam nossas rodovias diariamente.

  • Jumento: de todos os animais usados pelo homem no período bíblico era o mais versátil, pois poderia ser usado como carregador de suprimentos para as guerras, como ginetes tanto na guerra como fora dela, como transportador de cargas de um lugar a outro, dentre outras utilidades. Podemos comparar em nossos dias o Jumento como uma camioneta 4×4, que tanto serve para o passeio, como para o serviço rural entre outros.

Talvez temos aparentemente perdido tanto as “excelentes oportunidades”, mas a maioria das vezes também, é essa perda que nos leva a unção do Senhor.

A bíblia dedica 48 versículos aos jumentos.
A bíblia dedica 20 versículos a jumentas.
A bíblia dedica 13 versículos a jumentinho.
A bíblia dedica 53 versículos a jumento
A bíblia dedica 3 versículos a jumentinhos

O Senhor Jesus veio a Jerusalém montado em uma jumenta e um jumentinho.

E, quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou, então, Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos E, se alguém vos disser alguma coisa, direis que o Senhor precisa deles; e logo os enviará. Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta, que diz:
Dizei à filha de Sião: Eis que o teu Rei aí te vem, Manso, e assentado sobre uma jumenta, E sobre um jumentinho, filho de animal de carga. E, indo os discípulos, e fazendo como Jesus lhes ordenara, Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram as suas vestes, e fizeram-no assentar em cima. E muitíssima gente estendia as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho. E a multidão que ia adiante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosana ao Filho de Davi; bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas! E, entrando ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este? E a multidão dizia: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia”.                   (Mt 21:1-11)

Tanto no caso de Saul e do Senhor Jesus as jumentas serviram de:

  • Caminho para a unção (no caso de Saul)
  • Caminho para o reconhecimento (no caso de Jesus)


Conclusão: As jumentas perdidas são providenciais de Deus para a posse do reino, é a perda que nos coloca em lugares melhores... Exemplo disto é o esvaziamento (em grego Kénosis) de Jesus registrado em Fp 2:5-11, ao abrir mão da sua glória, Jesus estava trazendo-nos para perto do Pai... Quais jumentas você precisa procurar, ou até mesmo perder, para encontrar o propósito de Deus em você...
BISPO/JUIZ.MESTRE E DOUTOR EM ÊNFASE E DIVINDADES.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.