Subscribe:

sexta-feira, 24 de maio de 2013

O DEUS QUE TUDO VÊ...



                                                      O DEUS QUE TUDO VÊ...

Texto: Isaías 43:1-7
Introdução
* Medo: o sentimento natural de alarme causado pela expectativa de perigo iminente, dor ou desastre
* O medo é comum e generalizado: mais de 500 fobias documentadas (e algumas são muito engraçadas)
- Cacofobia: o medo da feiúra
- Dentofobia: o medo dos dentistas
- Ginofobia: o medo de mulheres
- Mageirocofobia: o medo de cozinhar
- Octofobia: o medo do número 8
- Scolionofobia: o medo da escola
- Fobofobia: o medo de fobias
* O medo tem uma natureza mais sinistra: é uma das ferramentas de Satanás que ele usa para tentar derrotar-nos
- Em si mesmo, o medo é amoral (nem bom nem mau); como nós respondemos a ele é importante
- Algumas pessoas controlam o medo, enquanto alguns se controlam pelo medo
* Se o medo não é derrotado, a fé não pode florescer e a confiança em Deus não pode ser estabelecida e fortalecida
* A Bíblia fala de superar o medo muitas vezes: mais de 300 vezes a frase "não temas" ou "não temais" é encontrada
- Mateus 10:31
- Romanos 8:15
- 1 João 4:18
* O mundo de hoje contém um monte de coisas assustadoras (catástrofes naturais, economia, governo, doenças, etc.)
* O medo invicto pode levar as pessoas boas e piedosas a fazer as coisas ímpias, o medo deve ser mantido sob controle
* Pano de fundo do nosso texto: a profecia a respeito de Judá causou temor, o povo iria perder tudo
* Neste contexto de medo Deus dá a seu povo esperança e conforto, ele dá-lhes uma razão para não temer, mesmo em uma situação de medo
* A sua situação pode ser diferente da nossa, mas a existência do medo é constante: as razões que eles tinham para não temer são as mesmas razões que temos
* Por que o povo de Deus não tem medo?
1. Não devemos ter medo porque nós pertencemos a Deus (v. 1)
* Deus era o seu Deus - eles pertenciam a ele por causa da aliança que Deus fez com Abraão
* Nós pertencemos a Deus por causa da aliança que Deus fez conosco através de Jesus Cristo
"Tu és meu" = pertencer a Deus implica propriedade, já que somos de Deus, mais ninguém ou nada mais pode nos possuir, portanto, não há necessidade de medo
* Deus fez um grande esforço para que nós pertencêssemos a Ele:
A. Ele nos fez: "criado e formado”
- Uma vez que ele é o criador da vida, ele também é o sustentador da vida (Salmo 139:16)
B. Ele nos salvou: "redimido”
- Deus chamou Israel para olhar para trás em seu êxodo (redimidos= comprar e retirar do mercado)
- Olhamos para a cruz: o preço pago para comprar-nos do pecado (Gálatas 3:13)
C. Ele nos chamou para si mesmo: "chamei-te pelo teu nome"
- Desde que ele nos escolheu ninguém mais pode fazer
- 1 Pedro 2:9
* Porque nós pertencemos a Deus, estamos fora dos limites do poder do medo (Hebreus 13:6)
2. Não devemos ter medo porque Deus está conosco (v. 2)
* A promessa específica é feita por Deus de estar com o seu povo (note v. 5)
* A presença de Deus não significa que eles não iriam encontrar momentos temerosos, mas que os momentos temerosos não iria destruí-los
* Deus não está apenas conosco, mas dentro de nós - a presença de Deus implica a proteção de Deus
* Romanos 8:31, 37
* Isaías 54:17
* Salmo 23
* A presença de Deus é garantida. Portanto, temos uma presença constante e proteção contra o medo (Hebreus 13:5).
3. Não devemos ter medo porque Deus é apaixonado por nós (v. 3-4)
* Impossível definir adequadamente ou descrever a paixão que Deus tem por nós
* Assim como Israel era o objeto da paixão de Deus no Antigo Testamento, do mesmo modo nós somos os objetos de sua paixão hoje
* Note como Deus está apaixonado conosco...
A. Assim como Israel, que são preciosos para Deus
- Em hebraico, "precioso" é um verbo (não um adjetivo): Deus ativamente nos considera como preciosos.
- Precioso = estimado, valorizado, ser valioso, ser caro
B. Como Israel, somos honrados por Deus
- Deus nos fez honrosos: capaz de viver uma vida que o honre
C. Como Israel, somos amados por Deus
- A paixão de Deus é mais claramente visto em seu amor por nós
- O tipo de amor que Deus tem por nós: o amor ágape (com base em quem é Deus)
* Lamentações 3:22-23
4. Não devemos ter medo porque este mundo não é o fim (v. 5-7)
* O que Deus está dizendo para o povo de Judá sobre o futuro ...
* O que Deus está nos dizendo sobre o futuro ...
* Nada neste mundo é digno de causar-nos medo (não importa o quão ruim) porque este mundo não é o fim... não é a nossa casa
* 1 Coríntios 15:19
* A nossa eternidade não está embrulhada nesta vida. Nossa cidadania não é aqui, mas lá (Filipenses 3:20).
* Porque tudo desta vida temporária desaparecerá, e porque este mundo está sujeito a eternidade, não faz sentido viver com medo neste mundo.
Conclusão: Você enfrenta o futuro com seu coração cheio de medo, ou você encara o futuro com seu coração cheio de fé na bondade de Deus?

“A única coisa que devemos temer é o próprio medo”
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.