Subscribe:

segunda-feira, 20 de maio de 2013

EU JÁ NÃO VIVO, MAS CRISTO VIVE EM MIM...



                                        EU JÁ NÃO VIVO, MAS CRISTO VIVE EM MIM...

2Coríntios 5.15 
 14 Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. 15 E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 16 Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo. 17 E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura2; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.


Todos” aqui não se refere à humanidade inteira, mas a todos os salvos, o “nos” do v.14 e o “nós” do v.16.
É muito agradável o crente poder dizer: “Pois é amigo, Cristo morreu pelos meus pecados. Como é que pode, o próprio Filho de Deus, deixar o céu e vir a esse mundo perdido, dar a vida por mim. É muito amor. É demais, fico até encabulado. Fico constrangido com tanto amor”.
Só que Paulo não deixa o crente parar o raciocínio nesse ponto. Como se perguntasse:
- Então você acha bom dizer que Cristo morreu no seu lugar! E essa substituição foi para valer mesmo? Ótimo.Mas sabe o que isso significa? Que a sua vida não tem mais o menor sentido à parte de Cristo. Você a teria perdido se não fosse Ele. Sua vida agora é dEle. Por uma questão de lógica, de coerência, de obrigação e de gratidão, você agora tem de viver para Cristo.Este é o assunto desta pregação.

Vejamos 4 pontos sobre o VIVER PARA CRISTO:
1) Viver para Cristo é ter na terra uma vida nova, totalmente diferente da antigaa) Diferente na essência, na própria fonte: Gl 2.19-20Viver para Cristo é ser alimentado por outra fonte de vida.
É deixar-se invadir por outra vida, muito mais poderosa.
É passar a ter uma vida compartilhada, mas um compartilhamento desigual: o antigo rei, o “ego”, sai do comando e entrega a outro Rei, o Rei dos reis. Assim, Cristo passa a viver através de você.
- Mas como minha vidinha aqui, egoísta, míope, pecadora, passou por uma transformação tão grande e tão nobre? Pela fé. É a fé que garante que o infinito fluxo de vida de Cristo passe por você. 
Com um ente Santo como Cristo, vivendo em você, você pode ter comunhão com um Deus Santo.
Pela fé, você pode se deixar embeber por Quem tem total intimidade com Deus.
Pela fé, vive em você um especialista em saber agradar completamente a Deus.

b) Diferente nos propósitos, nos padrões, nos alvos: v. 17 (de 2Co 5)Antes da conversão o seu alvo era agradar a si mesmo.
Foi tão ruim que você saiu correndo para os pés de Cristo e implorou por salvação! E agora, já salvo, é razoável o mesmo procedimento?
Tudo é novo. Inclusive o ALVO da sua vida. Ter a si próprio como alvo é uma má idéia.
E ter o MUNDO como alvo, além de má idéia, é uma afronta a Deus - 1Jo 2.15; Tg 4.4Apenas um tem o DIREITO de ser o Alvo da sua vida: Cristo. Se Ele morreu por você, você deve viver para Ele!

A vida em Cristo é tão vital, que todo crente deveria poder dizer: “A minha vida é a coisa mais ridícula, vazia, sem sentido do mundo, se tirar Cristo.” Paulo tinha essa mesma convicção para si mesmo: 
Fp 1.21a: ... para mim o viver É Cristo...Talvez poucas vezes na literatura o verbo “Ser” adquiriu uma força tão grande. Essa deve ser a frase mais concisa já escrita por um ser humano. Paulo não disse:
...o meu viver é PENSAR em Cristo
... o meu viver é SERVIR a Cristo
... o meu viver a AMAR a Cristo
... o meu viver é OBEDECER a Cristo
Tudo isso é verdade, mas ainda é pouco, perto do que ele quis dizer. Some tudo, acrescente ainda muitas coisas e então chegaremos perto do que significa “o meu viver É Cristo”.

2) Viver para Cristo é ter uma visão diferente sobre a morte físicaFp 1.21b: ... e o MORRER é LUCRO. Lucro: até a palavra é agradável. Como as pessoas amam o lucro. E correm atrás dele.
Morte: palavra desagradável, apavorante. As pessoas correm para longe dela.
E aqui estão juntas! Parece mau gosto, como colocar calda de chocolate sobre o filé.Coisa esquisita, quase louca! E é mesmo, para a 
grande maioria dos homens. 
Só vê sentido nisso aquele cujo viver é Cristo.
Um bom teste quanto ao seu estado espiritual: você acha que o seu morrer será lucro?
3) Viver para Cristo é morrer para o mundo Já comentamos que, se Cristo agora vive em mim, os meus interesses, os meus padrões devem passar a ser os mesmos dEle.
Mas os interesses e padrões dEle são opostos ao deste mundo: Jo 8.23; 17.14,16. Então os seus devem ser também.
Á medida que Cristo se aproxima de você, você deve ter vontade de afastar-se do mundo. E se você chega ao ponto de poder dizer que Cristo vive em você, o outro lado da moeda é poder dizer que o mundo morreu para você.
É exatamente o que Paulo diz em Gl 6.14.
4) Viver para Cristo é ter uma VIDA DE APRENDIZADO das coisas dEle.O crente deve rasgar o antigo Estatuto de vida e andar conforme o Estatuto de Cristo.
E Ele se dispõe a ensiná-los a nós: Jo 14.26; Jo 16.13-14.Para aprender, precisamos nos esvaziar das nossas fraquezas, egoísmo, carnalidade. E permitir que Jesus coloque sobre nós a Sua influência, pensamentos, idéias, a Sua própria mente: 1Co 2.16.

Irmão: faça do seu “viver para Cristo” uma experiência cada vez mais intensa.

Quanto a você, que ainda vive para agradar a si mesmo, cuidado! Esse alvo lhe levará ao inferno. Receba a vida eterna em Cristo e passe a viver agora mesmo para Ele!

Amém...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.