Subscribe:

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

REBECA UMA MULHER QUE AGIU SEGUNDO OS PROPÓSITO DE DEUS...

                    REBECA UMA MULHER QUE AGIU SEGUNDO OS PROPÓSITOS DE DEUS...


"E disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão! Eis que eu estou em pé junto à fonte de água e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água; Seja, pois, que a donzela, a quem eu disser: Abaixa agora o seu cântaro para que eu beba; e ela disser: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; esta seja a quem designaste ao teu servo Isaque, e que eu conheça nisso que usaste de benevolência com meu senhor" (Gênesis 24:12-14).
Esta foi a oração do servo de Abraão, Eliezer, quando já se encontrava nos arredores da cidade de Naor. Esta era uma oração de quem estava necessitando da ajuda de Deus. Era uma oração onde ele não pedia que o Senhor mostrasse a ele uma mulher perfeita, bonita mas uma mulher que fosse piedosa e que Ele (Deus) estivesse preparando para Isaque, filho do seu senhor Abraão.
Esta é a oração que deveríamos fazer em favor de nossos filhos. Que o Senhor coloque na vida deles pessoas crentes, piedosas, bondosas, compassivas, fiéis e de beleza interior sem igual. Que os atributos de uma mulher ou de um homem de Deus, encontrados em 1 Pedro 3:3-4, façam parte da vida daqueles que almejamos para nossos filhos... "O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus."
Ah, irmã, é este tipo de mulher que queremos para nossos filhos!
O Senhor ouviu a oração de Eliezer e encaminhou Rebeca para junto dele. Ele viu que o Senhor respondeu a sua oração quando...
1- Ele viu Rebeca "... com seu cântaro sobre o seu ombro" (Gênesis 24:15) vindo em direção ao poço para apanhar água. Certamente, ele percebeu que ela era uma jovem trabalhadodra e que não media esforços para abastecer a sua casa da água que todos precisavam.
Você é o tipo de mulher que arregaça as mangas e pega no pesado? Ou você acha que este tipo de trabalho não é para você?
Sabe de uma coisa, irmã? Deus elogia a mulher que "cinge os seus lombos de força e fortalece os seus braços" (Provérbios 31:17) e Ele ainda diz que "a força e a honra são seu vestido..." (Provérbios 31:25).
Rebeca era trabalhadora e, portanto admirada por Deus.
Eliezer percebeu esta qualidade nela quando...
2- Ele pediu água a Rebeca "e ela disse: Bebe, meu Senhor" (Gênesis 24:18). E vendo ela os dez camelos que estavam com ele, ainda disse: "Tirarei também água para os teus camelos até que acabem de beber" (Gênesis 24:19).
Certamente, naquele momento, o servo de Abraão percebeu uma outra qualidade desta bela mulher de Deus... ela gostava de servir, era bondosa e tinha um coração cheio de amor pelo próximo.
Que atributos perfeitos para uma mulher que deseja ser admirada pelo Senhor! Se eu quero ser admirada pelo Senhor, tenho que começar "agora" a seguir os mesmos passos de Rebeca, tenho que ser uma mulher sensível às necessidades do meu próximo e procurar fazer tudo além do que é preciso.
3- Ele, então perguntou a ela: "De quem és filha?" (Provérbios 24:23) e ela respondeu: "Eu sou a filha de Betuel, filho de Milca, o qual ela deu a Naor" (Sara, mãe de Isaque, era tia-avó de Rebeca).
Tudo estava acontecendo dentro do plano perfeito de Deus para as vidas de Rebeca e Isaque.
Amada irmã, quando estamos caminhando com Deus lado a lado, quando estamos tendo comunhão diária com Ele, lendo a Sua Palavra, orando e, principalmente, seguindo os ensinamentos da Bíblia, então o Seu plano para a nossa vida se realiza e sentimos que Ele está no controle de tudo, nos abençoando.
4- Ele disse: "... Há também em casa de teu pai lugar para nós pousarmos?" E ela, amorosamente e com um espírito hospitaleiro (ele, certamente, percebeu este outro atributo que ela possuía) disse: "Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite" (Gênesis 24:25).
E a Bíblia nos diz que depois de tudo isto, ele "... inclinou-se... e adorou ao Senhor" (Gênesis 24:26).
"Um lar cristão é o mais belo retrato terreno do céu e um refúgio para a nossa sociedade cansada e estressada" (Elizabeth George).
Quantas mulheres hospitaleiras o Senhor nos apresenta na Sua Palavra! Dentre tantas que abriram suas portas para acolher homens de Deus destacamos...
1- Rebeca - amorosa e trabalhadora, hospedou em sua casa Eliezer, servo de Abraão.
2- Sunamita - generosa e piedosa, hospedou em sua casa Eliseu, um profeta de Deus.
3- A viúva de Sarepta - cheia de fé e muito hospitaleira, hospedou em sua casa Elias, um profeta de Deus.
4- Marta - trabalhadora, ativa e determinada, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.
5- Maria - cheia de fé e piedosa, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.
6- Lídia - batalhadora, evangelista, hospedou em sua casa o apostolo Paulo.
Que nós, como mulheres de Deus, possamos seguir os passos da hospitalidade que estas mulheres seguiram. Sejamos hospitaleiras!
Quantos homens ou mulheres de Deus você já hospedou em sua casa? Irmã, não espere que apareça um dinheirinho extra para você comprar toalhas novas, lençóis novos, mudar o conjunto da sala de visita... para você convidar alguém para a sua casa. Lembra da viúva que só tinha um pouco de azeite e um pouco de farinha para fazer o último bolo para ela e seu filho? E, mesmo assim, ela não se incomodou de ter em sua casa o profeta de Deus dando a ele aquela última porção de comida. Assim como Deus a abençoou, fazendo com que o azeite e a farinha se multiplicassem, Ele também a abençoará quando você tiver este mesmo espírito de hospitalidade.
Pela fé, Rebeca viajou 800 km com o servo de Abraão para se encontrar com Isaque, aquele que ela nunca vira mas que iria ser tornar o seu esposo. Ela não o conhecia mas sabia que o Senhor o preparara para ela.
Podemos imaginar o momento do encontro. Aqueles doces momentos do primeiro encontro com aquela pessoa especial que iria ser seu marido. Era um presente que o Senhor estava dando a ela. Ela estava feliz! A Bíblia nos diz que "... Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher..." (Gênesis 24:67).
Assim como Rebeca que deixou a sua família para unir-se a Isaque, nós também devemos deixar nossa família e acompanhar nosso marido para onde quer que ele vá. Lembremos que, depois de Deus, a pessoa mais importante da nossa vida é nosso marido. Devemos continuar amando nossos pais, cuidando deles mas nunca devemos colocá-los (como prioridade) na frente do nosso esposo.
Apesar de Rebeca ser feliz no casamento e ser uma verdadeira mulher de Deus, ela teve que enfrentar momentos difíceis em sua vida mas venceu a todos por causa da sua fé. Vários foram estes momentos mas destaquemos alguns...
1- Ter que se separar das pessoas que amava quando partiu para Canaâ, foi muito difícil para ela.
Ela partiu para esta terra distante sabendo que nunca mais veria nem seus pais nem seus irmãos mas, pela fé, ela conseguiu superar estes momentos.
2- Rebeca sabia que o que existia de pior em um casamento era o período de adaptação. Também pela fé, ela conseguiu se adaptar à vida de casada e era muito feliz.
3- Ela teve que passar vinte longos anos sem ter filhos. Ela era estéril e isto a deixava preocupada e angustiada. Mas ela decidiu levar as suas preocupações até o altar do Senhor e Ele ouviu a sua oração e, pela fé, ela ganhou do Senhor dois filhos gêmeos - Esaú e Jacó.
Apesar de tantos momentos de tribulação, Rebeca sabia que o Senhor a amava e queria que ela fizesse parte do Seu povo e de Suas promessas.
Ela confiou no Senhor e sabia que Ele estava com ela nos bons e maus momentos de sua vida.
Rebeca foi uma mulher trabalhadora, generosa e usada por Deus para realizar Seus propósitos...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.