Subscribe:

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O SENHOR DOS EXÉRCITO PASSA EM REVISTA A SUA TROPA DE GUERRA...



          O SENHOR DOS EXÉRCITO PASSA EM REVISTA A SUA TROPA DE GUERRA...


"...Já se ouve a gritaria da multidão sobre os montes, como a de muito povo; o som do reboliço de reinos e de nações congregados. O SENHOR dos Exércitos passa em revista o exército de guerra..." (Is.13:4 ARC)
"...Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo..." (Ef.6:11 ARC)
Quando Paulo se despede dos seus, pensa na enorme luta que o povo iria enfrentar. Paulo já não estaria mais em pessoa, porem seus ensinamentos e instruções serviriam de companhia espiritual. Naqueles dias havia uma confusão de crenças, filosofias e mitologia sobre hamartiologia e demonologia. E, é por isto que Paulo neste capitulo se especializa para aclarar certas questões do mundo dos espíritos e a proteção do cristão contra eles. Os términos que Paulo utiliza como principados, potestades e governadores; são diferentes classes de espíritos. Segundo Paulo, o universo inteiro é um campo de batalha. O cristão não somente teria que lidar com os ataques dos homens, mais também, com os ataques de forças espirituais que lutavam contra Deus.
Precisamos entender que durante o tempo que Paulo escreve isto, ele estava algemado a um soldado romano. O soldado estava ali noite e dia para evitar que Paulo escapasse. O apóstolo era literalmente um embaixador em cadeias. Quando está escrevendo, levanta o olhar e a contemplação da armadura do soldado romano e sugere uma imagem: também o cristão tem sua armadura. Paulo menciona parte por parte a armadura do soldado romano, traduzindo-a e aplicando-a em términos cristãos ou espirituais.
1 - A Posição do Cristão:
"...No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder..."
(Ef. 6:10 ARC)
Igual que os espartananos (guerreiros gregos) cada cristão é um guerreiro desde o nascimento. Seu dever é de resistir (Tg.4:7) e atacar, e seu destino é batalhar. Quando voce se converteu ao Senhor Jesus, declarou guerra contra satanás e seus demônios. Desta forma que podemos afirmar que é de vital importância "FORTALECERMO-NOS NO SENHOR". Os cristãos tem uma guerra na terra (2Tm.4:7)
A - Tem que lutar por Deus (1Sm.25:28)
B - Tem que lutar pela verdade e pela fé
C - Tem que lutar por si mesmos (Ap.3:11)
Paulo faz uma analogia da luta com o esporte greco-romano que era muito praticado em sua época, dando a entender que o lutador, luta fisicamente por sua vida, porque era um esporte de vida ou de morte. Desta maneira Paulo ilustra que nossa luta espiritual também é de vida ou de morte. Lutamos por nossa salvação com temor e tremor (Fp.2:12).
Devemos colocar a armadura da idéia de que nascemos para a nova vida em Cristo, por isto, devemos estar permanentemente vestidos com esta armadura que Deus nos deu. Em outras palavras não devemos tira-la. É indispensável sermos cheio do espírito Santo (At.1:9), e viver esta vida nova cheia do Senhor para que possamos ser vitoriosos (v.11).
2 - O Inimigo do Cristão:
"...Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo..." (Ef.6:11 ARC).
Satanás é um ser muito elevado entre todos os seres criados por Deus, e, é o inimigo mis forte de Deus e do homem. Porem, por mais forte que seja, não é onipotente, nem onisciente e nem onipresente. É um ser criado por Deus e está sujeito a um destino fatal por Deus.
2.1 Sua Criação por Deus:
Em Ezequiel se descreve a criação de Satanás e seu estado de como era antes de sua queda. (Ez.28:12-19)
2.2 Sua existência é afirmada pelas Escrituras:
Cristo foi tentado e afirma sua existência (Mt.4:1-11) e o derrota
Os apóstolos afirmam a sua existência (2Co.11:3; 2Pe.2:4) como anjo pecou e que, juntamente com todos seus seguidores, será lançado no inferno por toda eternidade.
2.3 Seu caráter é indicado pelos títulos que ele tem:
2.3.1 O Adversário
2.3.2 O Diabo (opositor ou caluniador)
2.3.3 O Mal ou Maligno
2.3.4 O Tentador
2.3.5 O deus deste século
2.4 Seus métodos de operação são:
2.4.1 Criar duvidas nos filhos de Deus
2.4.2 Perseguir aos filhos de Deus
2.4.3 Estorvar no serviço cristão
2.4.4 Infiltrar-se na Igreja
2.4.5 Dividir a Igreja
2.4.6 Tentar o homem para que venha a pecar
2.5 Seu fim está predestinado:
2.5.1 É um inimigo vencido e sentenciado
2.5.2 Será lançado no lago de fogo
3 - A armadura de Deus para o cristão:
Toda a armadura foi forjada pelo Senhor Jesus e não pelo homem, para que possamos resistir o combate mais terrível do inimigo, temos que notar que o apóstolo Pulo não ensina que a armadura protegia as costas do soldado, sua proteção é especialmente na frente, dando a entender pelo Espírito que o cristão não deve correr do inimigo e nem sequer dar-lhe as costas.
3.1 O Cinto da Verdade:
Era o cinto que cingia a túnica do soldado e onde colocava-se a espada, o cinto servia também para dar agilidade no combate.
O cristão que anda na verdade se move livre e rapidamente porque em qualquer situação conhece a verdade. Estamos em combate e precisamos estar bem equipados para movimentos rápidos. Se a nossa vida está controlada pela verdade, desafiaremos e combateremos até vencer o nosso inimigo que é o pai da mentira.
3.2 A couraça da justiça:
Um soldado romano nunca iria para a guerra sem a couraça, esta lhe protegia não somente no combate mano a mano mais também das flechas inesperadas que são lançadas as mais diferentes direções. Cobria desde o pescoço até a cintura pela frente e por trás. A couraça protegia o coração, o órgão mais importante do corpo humano.
Representa a justiça do crente em Cristo (2Co.5:21), assim como sua vida de justiça em Cristo (Ef.4:24). Esta nos protege contra nosso inimigo acusador. Somos exortados pelo sábio a cuidar e a proteger e a guardar nossos coração (Pv.4:23)
3.3 As sandálias:
As sandálias era o sinal de que alguém estava preparado e equipado para a marcha e para o combate. As sandálias do soldado deveriam ser grande resistência e duração, pois na guerra havia ciladas ocultas entre as areias, como ossos, navalhas etc.. por isto era muito importante este tipo de sandálias.
O sinal do verdadeiro cristão está desejo de estar no caminho para pregar o evangelho e participar a outros. Os cristãos vitoriosos são aqueles que evangelizam (Is.52:7). Em certas ocasiões o cristão terá que caminhar por lugares difíceis e nele está o desejo de esparramar as sementes do evangelho, por isto é necessário que suas sandálias estejam bem colocadas em seus pés para que lhe protejam dos perigos do caminho.
3.4 O escudo:
A palavra que Paulo aplica aqui para escudo não é para o escudo pequeno e redondo, mais sim ao escudo grande, aquele que leva o guerreiro fortemente armado. Uma das armas mais poderosas da guerra antiga era as flechas acesas. As flechas levavam na ponta uma estopa empapada de breu, e esta estopa era acesa al ser lançada. Porem, o estudo estava preparado para apagar este fogo. O escudo era feito de placas de madeiras coladas, quando uma destas flechas se chocava contra o escudo, cravava na madeira e a chama se apagava. Este escudo em particular media 1,65cm comprimento e 70 centímetros de largura.
A fé pode enfrentar as flechas da tentação das mais piores que o inimigo possa lançar, estes escudos juntos um do lado do outro, formavam muralhas impenetráveis das flechas do inimigo. Quando os cristãos se unem em fé, são poderosos e invencíveis. Na unidade e na fé está a força. Quando o escritor dos Hebreus escreve: "SEM FÉ É IMPOSSIVEL AGRADAR A DEUS", nós poderíamos interpretar o espírito deste texto em nosso estudo "SEM O ESCUDO DA FÉ É IMPOSSIVEL ESTARMOS PROTEGIDOS CONTRA AS FLECHAS DO INIMIGO". É indispensável que todos os guerreiros espirituais sempre tenham consigo o escudo da fé.
3.5 O Elmo:
O elmo é a proteção da cabeça. O soldado se protegia com o elmo contra as flechas e contra uma arma metálica do tamanho de um bastão de beisebol, que os cavaleiros traziam para partir as cabeças. Satanás quer sempre atacar a nossa mente, assim como atacou a Eva em Gênesis. A salvação simbolizada por um elmo é a salvação que está em Cristo que nos dá o perdão dos pecados passados e a fortaleza para vencer o pecado futuro. Não podemos descuidar esta tão grandiosa salvação (Hb.2:3). O elmo simboliza proteção.
3.6 A Espada:
A espada é a arma ofensiva. Todos os equipamentos anteriores eram defensivos, porem a espada é ofensivo. Devemos recordar que Cristo utilizou a palavra (a espada) contra satanás nos dias de sua tentação. Satanás não pode resistir esta espada de dois gumes, que chegou a penetrar até o mais profundo de seu ser, e o fez fugir da presença de Cristo. A espada do espírito é a que é provida pelo Espírito Santo, o qual inspirou a Palavra de Deus escrita (2Pe.1:21) e pregada (Mt.10:20). O crente nunca deve andar sem a espada do Espírito, pois estamos em um campo de guerra lutando constantemente.
4 - O Soldado cristão e a arma da oração:
A oração é considerada como um das armas mais poderosas do soldado cristão. A oração eficaz.
1 - deve ser constante, em todo tempo e lugar.
2 - Deve ser intensa, concentrando-se nela com toda a alma.
3 - Não deve ser egoísta, porem, deve ajudar a todos os necessitados.
Os quatro todos da oração: (Ef.6:18)
1 - A variedade da oração
2 - O quando e onde
3 - A forma da oração
4 - As pessoas da oração
5 - Resumo Tipológico:
De certa maneira "TODA A ARMADURA DE DEUS", é um retrato de Jesus Cristo:
Cristo é a verdade
Cristo é a nossa justiça
Cristo é a nossa Paz
Sua fidelidade torna possível nossa Fé
Cristo é a nossa Salvação e
Cristo é a Palavra.
Isto nos indica que quando nos entregamos a Cristo, recebemos a armadura de Deus.
Paulo disse aos romanos que deveriam usar a armadura (Rm.12:12), que deveriam levantar-se do sono (Rm.13:11) e que deveriam deixar o pecado vestindo-se das "ARMAS DA LUZ" (Rm.13:14). Pela fé hoje aqui, vistamo-nos com a armadura de Deus e confiemos nEle para obter a vitória de uma vez por todas. Nós temos nos vestidos da armadura de Deus no momento em que fomos salvos, porem devemos fazer uma apropriação diária.
Ao celebrarmos nosso aniversário hoje, estamos sendo revistados pelo grande general, Ele, busca homens e mulheres que estejam prontos para a batalha de tal forma que passemos na revista. Como você está ai? Pronto para serem revistados por Cristo?
Jesus te convida poe-te em pé com as armas em mãos e estejam prontas pois há barulho de guerra na nação...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE


0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.