Subscribe:

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

HISTÓRIA SOBRE AS RAINHAS ESTER E VASTI- PARTE 2


                               HISTÓRIA SOBRES AS RAINHAS ESTER E VASTI- PARTE 2

Podemos aprender muito com as mulheres da Bíblia. Na primeira parte desse estudo vimos algumas lições que tiramos da vida de Vastí, rainha que foi deposta de seu cargo pelo próprio marido.
Nesta segunda parte vamos aprender com a rainha Ester alguns aspectos de seu caráter que também precisamos ter como esposas.
Ester 2: 5, 7-9, 12 e 17.
Você gostaria de passar por um tratamento de beleza que dure 12 meses seguidos? Com direito a óleos, perfumes, belas roupas e cosméticos de primeira qualidade?? Que tal, hein? Foi exatamente isso o que aconteceu com Ester, ela passou por um tratamento que durou 12 meses: 6 meses com óleo de mirra e 6 meses com perfumes e cosméticos (Et 2:12). Tudo isso para se apresentar diante do rei Assuero. Ester era muito bela e com tudo isso deve ter ficado ainda mais bonita. Por causa de sua beleza, Ester encontrou graça diante do rei e este a amou mais do que a todas as mulheres.
Deus usou a beleza de Ester para cumprir Seus planos. Deus sempre tem a pessoa certa, na hora certa, para realizar os Seus propósitos. Ele já havia preparado alguém para que, no momento certo, pudesse agir. Você é a pessoa certa no lugar certo. Você é a mulher que Deus escolheu para, neste momento, agir em favor de sua família e de seu marido. Se ele não conhece a Deus, ou não quer conhecer, Deus vai usar você para interceder por ele e salvar sua vida.
Deus tem muito a nos ensinar sobre a beleza de Ester e eu gostaria de ressaltar a beleza de seu coração, a beleza de seu caráter. A Bíblia nos diz que a nossa maior beleza não deve estar nos enfeites exteriores, mas sim em nosso coração. Há quatro aspectos da beleza do coração de Ester que vão nos ajudar a levantar nosso casamento e a estar mais unidas ao nosso marido.
1º Aspecto do caráter de Ester – Ela foi submissa
Submissão é um dos requisitos necessários para aquele que quer ser usado por Deus. Se você quer que seu marido mude e viva com Deus, você tem que ser submissa a ele. Tem que respeita-lo. Vimos que o primeiro erro de Vastí e que a levou a ser deposta foi insubmissão ao seu marido. Ester foi submissa a Deus que lhe escolheu para estar no lugar certo e na hora certa e também ao seu pai adotivo.
2º Aspecto do caráter de Ester – Ela foi uma intercessora
Quando Ester viu que a destruição de seu povo estava preparada, ordenou uma campanha de jejum e oração durante três dias – Et 4:16. Certamente Ester conhecia a importância do jejum, da oração e da busca ao Senhor. Ela intercedeu a Deus para que salvasse seu povo através da vida dela. Reclamar da situação em nossos lares não adianta nada. Falar mal do nosso marido para outras pessoas não vai trazer mudança dentro de nossas casas. O que faz a diferença e que vai causar impacto na vida de nosso marido é jejum e oração. Não deixe de orar pela vida dele e de seus filhos. Deus pode reverter uma situação que aos nossos olhos parece impossível. Não há impossíveis para Deus, mas cada uma de nós tem que fazer a nossa parte.
3º Aspecto do caráter de Ester – Confiança em Deus
Ao comparecer à presença do rei sem ser chamada, Ester não só demonstra sua confiança em Deus, mas também sua disposição para morrer. Sei que é uma pergunta difícil para todas nós, mas, até onde nós estamos dispostas a ir para que nossos maridos sejam salvos? Será que nós confiamos realmente em Deus e que Ele pode fazer um milagre na vida do nosso esposo, na nossa vida e em nosso lar? Aquele que confia em Deus não confia apenas no livramento que Ele pode dar, mas também confia que Ele vai realizar a Sua vontade na vida de vocês como casal. Tem um versículo na Bíblia que diz “Espera no Senhor, confia nele e o mais Ele fará”. Esperar no Senhor significa orar, buscar a vontade do Senhor, confiando que Ele vai fazer um milagre em sua vida.
4º Aspecto do caráter de Ester – Ela foi uma mulher altruísta
Segundo o dicionário Aurélio, a palavra altruísta quer dizer “sentimento de quem põe o interesse dos outros acima do próprio”, ou seja, uma pessoa altruísta está mais preocupada com o interesse do próximo do que com o seu. Assim sendo, altruísmo é, acima de tudo, uma demonstração de amor, pois o amor não busca os seus interesses. Ester demonstrou altruísmo ao interessar-se pelo seu povo, sendo capaz de arriscar sua própria vida. Quero terminar este estudo lendo alguns versículos sobre o amor, e nesta passagem que vamos ver que o amor não está sendo exposto como um sentimento e sim como atitudes. Leia I Co 13, e que Deus te abençoe grandemente...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.