Subscribe:

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

HISTÓRIA SOBRE AS RAINHAS ESTER E VASTI-PARTE 1...


                            HISTÓRIA SOBRE AS RAINHAS ESTER E VASTI- PARTE 1...

Ester 1:1-18.


Podemos aprender muito com as mulheres da Bíblia. Neste estudo gostaria de compartilhar com vocês algumas lições que tiramos da vida de Vastí, rainha que foi deposta de seu cargo pelo próprio marido, e Ester, a mulher escolhida para ocupar o lugar de Vastí.
Nesta primeira parte vamos aprender com a rainha Vastí três erros que não podemos cometer como esposas.

1º erro de Vastí – Ela foi insubmissa ao seu marido.

Submissão significa estar sujeito, depender e também obedecer a alguém.
Ser submissa ao seu marido não significa tornar-se capacho ou objeto dele, mas reconhecer que ele é a autoridade instituída por Deus em seu lar, e respeitar essa autoridade.
Efésios 5:22-31 nos ensina algumas coisas em relação à vida familiar, tanto para as mulheres quanto para os homens, e os versículos22 a 24 nos mostram que devemos ser submissas aos nossos maridos. Submissão é uma ordenança de Deus. Nós esposas devemos nos submeter à liderança deles, respeita-los e ama-los.
Haverá situações em que você não vai concordar com a opinião de seu marido, mas mesmo assim você vai respeitar o ponto de vista dele e apóia-lo se for necessário. Isso é submissão.
Quando o rei Assuero solicitou que Vastí se apresentasse perante ele e os outros convidados, ela recusou o seu pedido, envergonhando o rei na frente de todos. A Bíblia nos diz que Assuero estava bêbado, e talvez a sua intenção fosse apenas exibir a Vastí, como seu objeto. Depois de exibir todo o seu reino para os convidados o rei Assuero quis mostrar a maior beleza que ele tinha: sua rainha. Alguns interpretam essa atitude como uma grande humilhação para a rainha Vastí, e por isso ela teria recusado. Mesmo assim, mesmo que ela fosse humilhada, sendo apenas um objeto de admiração para tantos homens, ela deveria ter atendido ao pedido de seu esposo. Mais tarde, a sós, eles poderiam resolver e esclarecer os problemas, e essa é uma lição muito importante para nós esposas. As diferenças entre nós e nosso marido nunca devem ser resolvidas na frente de outras pessoas. Se um dia seu marido fizer algo a você que não lhe agradou, ou lhe pedir algo que pode ser humilhante, não o corrija ou tire a autoridade dele em público. Vastí poderia, a sós com seu marido, dizer qual o sentimento dela em ser exibida a todos os convidados como prêmio do rei, e até pedir que ele nunca mais fizesse tal coisa, mas ela não poderia ter recusado o pedido dele na frente de todos.
Seja submissa a seu marido. Nunca faça-o passar vergonha, mesmo que ele esteja errado. Seja conhecida por aquela mulher que respeita o seu marido, mesmo que ele não a respeite.

2º erro de Vastí – Ela foi um mau exemplo para outras mulheres.

Ao mesmo tempo em que o rei festejava com seus convidados, a rainha Vastí também estava dando uma festa para todas as mulheres. Quando os eunucos foram chamá-la ela recusou-se a apresentar-se ao rei na frente de todas elas.
A rainha era um exemplo a ser seguido e admirado e eu imagino que todas as mulheres estavam aguardando para ver o que ela faria naquela situação. Quando ela disse “não” ao pedido do rei na frente de todas as mulheres ela expôs seu marido ao ridículo, dando motivos para que todas falassem ou pensassem que o rei não tinha autoridade sobre ela.
Quando discutimos com nosso marido em público ou fazemos algo que vai expor as fraquezas dele, as pessoas que estão a nossa volta vêem e ouvem. Todas nós temos pessoas à nossa volta que são influenciadas por nossas atitudes, portanto, temos que dar o exemplo correto a ser seguido. Seja conhecida por aquela esposa que dá um bom exemplo com sua vida e que influencia outras mulheres para o que é bom e para o que Deus deseja.

3º erro de Vastí – Ela foi causadora de ira e confusão

A rainha Vastí deixou o rei irado com sua recusa.
Ele já estava com os humores alterados devido à bebida e ao receber a notícia dos eunucos a Bíblia nos relata que ele se enfureceu e se inflamou de ira, ou seja, pegou fogo de tanta fúria.
Se Vastí não fosse deposta ela poderia ter causado uma grande rebelião entre as mulheres, uma vez que todas elas a tinham como exemplo a ser seguido.
Quando o rei pediu conselho aos sábios sobre o que deveria fazer a respeito, o medo deles era que as mulheres passassem a não mais respeitar seus maridos e os desprezassem. E para que isso não acontecesse Vastí teria que ser deposta de seu cardo. Dessa forma, as mulheres temeriam antes de fazer a mesma coisa que ela fez. Mais tarde outra mulher foi escolhida pelo rei para assumir o lugar de rainha, Ester, e falaremos dela na segunda parte deste estudo.
Quantas mulheres têm instigado seus maridos à ira e à fúria, causando confusão em nosso lar, muitas vezes até na frente dos filhos. A ira é muito difícil de ser controlada e pode provocar atitudes impensadas, como, por exemplo, depor a rainha, e que não poderão ser revogadas. Se mais tarde o rei se arrependeu do que fez a Vastí ele não poderia voltar atrás em sua palavra. Atitudes tomadas com o coração cheio de ira pode levar a ruína de um lar.
Que vocês mulheres não sejamos causadoras de briga e confusão em vosso lar, mas ao contrário, que possam ser pacificadoras, demonstrar amor e submissão, mesmo se a situação nos manda agir como Vastí.
A Bíblia nos fala que a mulher sábia levanta a sua casa, mas a tola a destrói com as próprias mãos. Seja sábia e fortaleça seu lar!
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.