Subscribe:

terça-feira, 10 de julho de 2012

MASTURBAÇÃO, PREGANDO PELA CARNE...

  MASTURBAÇÃO, PREGANDO PELA CARNE


Eu não entendo como uma pessoa pode pegar um microfone de igreja e pregar sobre masturbação, ao invés de pregar o evangelho. Detalhes que envolvem a vida íntima dos jovens deveriam ser abordados numa reunião exclusiva. Até mesmo um culto de jovens. Só para eles. E mesmo assim o assunto deve (ao menos deveria) ser tratado com carinho, para não ferir nem turbar nenhum deles. Sem dúvidas que o cristão deve fugir do pecado, negar a si mesmo, que é fator imprescindível para a vida cristã, e, com toda devoção a Deus e a sua obra, dizer não a sua carne. Mas quantos de nós somos fiéis em tudo, além do problema tão debatido e pregado, como a masturbação entre os jovens?! 

A Bíblia nos ensina vários pontos da vida cristã que devemos atentar para vivermos em santidade, sinceridade, enfim, adorar a Deus em espírito e em verdade. Uma delas é ter "palavra". Veja o ensinamento do Mestre:

"Seja, porém, o vosso falar: sim, sim, não, não, porque o que passa disso é de procedência maligna." (Mateus 5:37)

Temos o compromisso de ter uma palavra só com o nosso próximo, ou entramos na condenação óbvia da Bíblia de sermos de "procedência maligna". Percebo uma preocupação veemente de alguns irmãos e irmãs pregarem contra a masturbação para os jovens no culto, mas não vejo muitos desses mesmos moralistas de plantão honrarem sua palavra em diversos compromissos. Seriam "do maligno", ou o fato de pregarem contra outras coisas (como a masturbação, por exemplo) o absorvem destes pecadilhos?! 

Outro problema é a língua. Não vejo Tiago se preocupar com as mãos dos jovens, mas percebo a exortação a todos vigiarem com o falar. 

"Se alguém entre vós cuida ser religioso e não refreia a sua língua, antes, engana o seu coração, a religião desse é vã". (Tiago 1:26)

Não é difícil ver alguns pregadores usarem a língua para condenar tanto os jovens pelo fator masturbação. Mas do que diria Tiago sobre gloriar-se neste tão pequeno membro?

"Assim também a língua é um pequeno membro e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia". (Tiago 3:5)

É fácil gloriar-se ao pregar sobre a carne e seus desejos sexuais e ver muitos jovens reclinar suas cabeças, ruborizados de vergonha, por saber que suas carnes desejam um casamento, uma união, um alívio para aquilo que tanto os incomoda durante a juventude. Mas aos jovens o apóstolo Paulo enviou uma mensagem de Deus, para vencermos a vaidade das línguas que se gloriam em acusar e condenar.

"Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno". (I João 2:14)...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.