Subscribe:

quarta-feira, 27 de junho de 2012

RELACIONAMENTO CONJUGAL...

                                                       RELACIONAMENTO CONJUGAL...

Relacionamento conjugal

O dicionário define relacionamento como: convivência, conhecimento recíproco de pessoas.
Mas quando falamos de relacionamento conjugal devemos olhar um pouco mais profundo para o significado dessas palavras.
Quando a palavra de Deus diz em Gênesis 2:28, que o homem deve deixar pai e mãe e se unir a sua mulher e os dois serão uma só carne, quer dizer que devemos estar unidos, grudados de tal forma não haverá mais diferenças entre nós.
É como você pegar duas massas de modelar, por exemplo, uma preta e uma branca, e então misturar as duas até que se tornem uma cor diferente.
Deus quer fazer isso também em nosso casamento, somos pessoas diferentes, mas Ele nos une, misturando nossas vidas, integrando um com o outro, como se faz com engrenagens de uma máquina, que mesmo de tamanhos e formas diferentes, mas que irão funcionar perfeitamente.
Nenhuma delas perde suas características, assim também Deus nos une, nos faz diferente, mas não perdemos nossa essência.
Eclesiastes 4:9 - Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
Nós não conseguimos viver sozinhos e por isso Deus fez dois, para vivermos em comunidade.
Dois desenvolvem as atividades mais rapidamente, e tem melhor paga do que fazem.
Em Gênesis, ao observar a criação, Deus disse:
Gn 1:31 - E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. E foi à tarde e a manhã, o dia sexto.
Mas uma coisa Deus disse que não era bom:
Gn. 2:18 Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea.
Deus viu que não era bom que o homem estivesse só, por isso fez a mulher para ser sua ajudadora, auxiliadora, que significa circundar.
Deus fez a mulher para circundar seu marido com amor, carinho, cuidado, orações, aconselhamentos, para estar sempre por perto.
E o homem para amar, honrar, proteger, cuidar, providenciar tudo o que o reino de Deus oferece para a esposa e filhos.
Eclesiastes 4:10 - Pois se caírem, um levantará o seu companheiro; mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá outro que o levante.
Estender suas mãos, nunca deixar para trás, se necessário, abster-se do seu caminhar em prol do outro, cumplicidade acima de qualquer coisa, mostrar o quanto seu cônjuge é importante, não somente com palavras, mas principalmente com atitudes e gestos.
Isso é companheirismo, e não pode faltar nunca numa relação de casamento, numa aliança.
Eclesiastes 4:11 - Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará?
Esse versículo demonstra a importância, não somente quando ele diz sobre aquecer em dias frios, o que é bastante bom, mas de estarmos sempre juntos.
Porque como conhecer alguém, como aperfeiçoar um relacionamento se os dois não dedicarem tempo juntos?
Existe um ditado que diz assim: “quer conhecer alguém? Viva com ele”.
Somente assim você saberá quem de fato esta ao seu lado, e então poderão buscar essa integração, mas não se esqueçam, isso não será possível pela força de cada um, mas somente quando Deus for o Senhor de suas vidas.
Eclesiastes 4:12 - E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão facilmente.
Ë muito mais fácil resistir as situações e adversidades da vida quando o casal esta unido.
Se um esmorece, o outro traz forças para que ele se levante, encoraja para que continue andando, oferece seu ombro para que sirva de apoio.
O cordão de três dobras não quebrará, se a terceira dobra e a mais importante do casamento for Jesus, sendo a primeira o esposo e a segunda a esposa.
Dessa forma, conseguira sair vencedor de todas a batalhas que se levantar contra seu casamento...
BISPO/JUIZ.PHD.THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.