Subscribe:

terça-feira, 29 de maio de 2012

QUEM É REALMENTE SATANÁS?


Quem é realmente Satanás?

"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes." Efésios 6:11,12
Todos os seres humanos se encontram envolvidos em um grande conflito. Após a queda de Lúcifer e após a queda de Adão a harmonia da criação foi rompida. Deus não ignorava que isto haveria de acontecer, pois a Bíblia declara que Deus preparou uma habitação eterna, desde a fundação deste mundo temporário. E será na habitação eterna que estarão para sempre com Deus os vencedores deste presente conflito. Porém Deus, que além de ser bom é também justo e vingador, preparou um lugar de castigo eterno para todos os rebeldes. A presente criação, o mundo e o céu que agora se vêem, são o palco para o conflito que agora, presentemente, ainda está em curso, mas seu fim se dará em breve, com o retorno em glória e majestade do Senhor Absoluto dos céus e da terra, o Senhor Jesus Cristo.
"então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo." Mateus 25:34

"Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mateus 25:41

A guerra é real, terrível e inevitável. E nós cristãos lutamos contra o adversário de nossas almas, a fim de nos protegermos de suas investidas e também a fim de alertarmos nossos semelhantes sobre o perigo real de estarem desprotegidos das investidas satânicas. Na verdade lutamos por nós mesmos e também pelo próximo. Tudo o que os cristãos fazem é por amor a Cristo e por amor aos nossos semelhantes. Nossa beligerância NÃO é contra os homens, mas contra o diabo e contra suas mentiras.
Quem é Satanás?

Através de um cuidadoso estudo das Sagradas Escrituras podemos obter todas as informações necessárias a respeito de Satanás. Essas informações nos são necessárias uma vez que a nossa luta, a nossa guerra é justamente contra esse ser abjeto e hostil chamado Satanás.
O nome Satanás quer dizer adversário. De quem é Satanás adversário? Primeiramente de Deus, dos santos anjos e nosso adversário.
Esse ser também chamado de diabo (caluniador, difamador, acusador) é um anjo caído. Originalmente chamava-se Lúcifer ( brilhante) e após a sua rebelião passou a ser chamado de Satanás.
Nas passagens bíblicas em Isaías 14 e Ezequiel 28 vemos que Deus está se dirigindo a alguém que não é humano, e além de repreender esse ser, Deus determina uma inexorável condenação sobre ele. Vejamos:

"Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!"  Isaías 14:12
Nesta passagem vemos que alguém caiu do céu, alguém chamado de Lúcifer. Logo este ser não pode ter sido um ser humano. Os homens foram estabelecidos por Deus entre os rios Tigre e Eufrates, na Mesopotâmia (atual Iraque), logo o homem jamais subiu ao céu e de lá, evidentemente não poderia ter caído. Em Ezequiel 28 o relato é ainda mais explícito quanto ao fato de que aquela repreensão divina recaía sobre um anjo:
"Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei profanado fora do monte de Deus, e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; lancei-te por terra, diante dos reis te pus, para que te contemplem." 
Ezequiel 28:14-17
No Evangelho segundo Mateus o Senhor Jesus Cristo afirma que o fogo eterno foi preparado para o diabo e seus anjos:
"Então o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mateus 25:41
Existem outras passagens nas Escrituras que nos podem fazer entender que o diabo é um anjo, como por exemplo:
"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes." Efésios 6:11,12
Temos ainda: Apocalipse 9:1-11 e 2 Pedro 2:4.Existe ainda a passagem bíblica em João 13:27 onde não pode haver dúvidas de que Satanás é um espírito, pois entrou no corpo de Judas Iscariotes:
"E, após o bocado, imediatamente entrou nele Satanás. Então disse Jesus: O que pretendes fazer, faze-o depressa."

Por que Lúcifer caiu?
Para entendermos melhor a respeito da personalidade e caráter de Satanás, é necessário que ouçamos ao Senhor Jesus Cristo quando repreendia alguns judeus que o perseguiam:
"Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe aos desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira." João 8:44
Segundo estas palavras do Senhor Jesus Cristo, podemos entender que Satanás desde o princípio da criação já apresentava um problema em seu caráter:
"...Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade..."
Mas antes de irmos mais a fundo na questão, vejamos o que está escrito em Ezequiel 28:17:"Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor;..."
Os discípulos do Senhor Jesus Cristo apresentaram um problema quanto a quem seria o maior no Reino de Deus, e o que foi que o Senhor lhes disse?
"Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus." Mateus 18:4
Este versículo é uma chave para entendermos o porque Deus expulsou Satanás do céu e porque o condenou. Prossigamos.
Dois princípios em conflito: Humildade x Rebelião

Em nenhum lugar nas Escrituras vemos o Senhor Jesus dizer que o maior no reino dos céus é aquele que tem mais fé, aquele que tem mais dedicação à obra de Deus ou aquele que ora mais, por exemplo. Mas vemos que Jesus associa a humildade ao ser grande diante de Deus. Quando a Bíblia fala a respeito da sublime e majestosa exaltação de Cristo, a Bíblia associa esta exaltação ao fato do Senhor Jesus ter sido espetacularmente humilde diante de Deus:

"Tende em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte, e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome,..." 
Filipenses 2: 5-9

O Senhor Jesus Cristo é o maior exemplo de submissão à autoridade legítima de governo, domínio e comando do Criador sobre toda a sua criação.
Esta maravilhosa submissão é o ponto chave de harmonia de toda a criação de Deus.
Deus criou seres que não pensam, que não possuem entendimento, como é o caso dos animais, das plantas e dos microorganismos. Contudo, em relação aos anjos e aos homens, a história é muito diferente.
Sendo os anjos e os homens possuidores de capacidade de entendimento, raciocínio, análise e compreensão, os anjos e os homens são possuidores de atributos divinos concedidos por Deus, o que os caracteriza como seres possuidores de vontade própria e poder de decisão.
Em uma combinação de entendimento, pensamentos, sentimentos, capacidade de decisão e atitudes, os anjos e os homens evidenciam o seu caráter, ou seja, a singularidade de suas personalidades. O caráter de Jesus sempre foi um caráter submisso a Deus. Por isso Deus tanto apreciava o comportamento e as atitudes do Filho, pois Jesus é humilde de coração, e não de aparência:


"Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração;..." 
Mateus 11:29

"...e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo." Lucas 3:22

Isto o que Deus disse do Filho, jamais foi dito a ninguém mais.
Toda a vida de Jesus aqui na terra foi uma vida de humildade e de submissão a Deus, por esta razão Deus exaltou Jesus sobremaneira, pois Jesus é o resplendor da glória de toda a harmonia da criação de Deus.
A beleza da humildade, porém, não ocorreu com Lúcifer, pelo contrário, ele se tornou arrogante, orgulhoso e altivo, profanando a harmonia da criação de Deus:


"Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor;" Ezequiel 28:17

Freqüentemente ouvimos que Lúcifer tentou usurpar o trono de Deus, porém não há respaldo bíblico para tal afirmação. A Bíblia nos diz que Lúcifer procurou ser semelhante a Deus, rompendo os limites da submissão, procurando estabelecer um reino próprio para si, onde ele (Lúcifer) seria o rei:

"Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo." 
Isaías 14:13,14

E, segundo o Senhor nos diz, este reino satânico existe, não porém onde Lúcifer originalmente se encontrava, mas no cosmos (mundo):

"Então, lhe trouxeram um endemoninhado, cego e mudo; e ele o curou, passando o mudo a falar e a ver.
E toda a multidão se admirava e dizia: É este, porventura, o Filho de Davi? Mas os fariseus, ouvindo isto, murmuravam: Este não expele demônios senão pelo poder de Belzebu, maioral dos demônios. Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. Se Satanás expele a Satanás, dividido está contra si mesmo; como, pois, subsistirá o seu reino? E, se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam vossos filhos? Por isso, eles mesmos serão os vossos juízes. Se, porém, eu expulso demônios pelo Espírito de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vós. Ou como pode alguém entrar na casa do valente e roubar-lhe os bens sem primeiro amarrá-lo? E, então, lhe saqueará a casa. Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha. Por isso, vos declaro: todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada. Se alguém proferir alguma palavra contra o Filho do Homem, ser-lhe-á isso perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será isso perdoado, nem neste mundo nem no porvir." Mateus 12:22-32

Vemos portanto os dois princípios em conflito neste mundo: De um lado o princípio da submissão e obediência a Deus, liderado por Cristo; do outro lado, fazendo oposição ao primeiro princípio, vemos o princípio da rebelião, liderado por Satanás.
A razão da queda de Lúcifer e sua transformação em inimigo e adversário de Deus, foi a tentativa arrogante de romper a harmonia da criação e estabelecer para si um reino independente de Deus. Satanás rejeitou o legítimo governo de Deus e procurou se autogovernar.
Não nos é revelado por Deus a totalidade desta complexa e impressionante atitude de rebelião daquele anjo, mas até onde podemos saber, esta rebelião de fato existiu e trouxe conseqüências horrendas.
Até onde podemos saber, outros anjos foram convidados a se rebelarem contra Deus, e uma parte deles aderiu ao movimento rebelde, outra parte (muito mais numerosa) optou pela fidelidade ao Soberano Criador. Os que permaneceram fiéis, são eternamente benditos e chamados de anjos eleitos (1 Timóteo 5:21), ao passo que os anjos que aderiram à rebelião são eternamente malditos e são chamados de demônios.
Em uma complementação de trechos das Escrituras podemos ver claramente que os demônios são esses anjos caídos que se rebelaram juntamente com Satanás:


"Mas os fariseus, ouvindo isto, murmuravam: Este não expele os demônios senão pelo poder de Belzebu, maioral dos demônios.
Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse: Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma, não subsistirá. Se Satanás expele a Satanás, dividido está contra si mesmo; como, pois, subsistirá o seu reino?
E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam vossos filhos? Por isso eles mesmos serão os vossos juízes. Se, porém, eu expulso os demônios, pelo Espírito de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vós." 
Mateus 12: 24-28
Podemos observar que Jesus afirma que Satanás tem um reino e que os demônios fazem parte do reino de Satanás. Jesus afirma que expulsando os demônios, pelo Espírito de Deus Jesus faz prevalecer o Reino de Deus em guerra contra o reino de Satanás e dos demônios.
Os demônios estão a serviço de Satanás, mas Jesus declara Sua vitória sobre o reino satânico, identifica os demônios como sendo anjos de Satanás e lança-os no fogo eterno:

"...Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Mateus 25:41

Isto acontecerá quando Cristo retornar. Lúcifer caiu pela rebelião que iniciou contra Deus, originada em seu coração arrogante e insubmisso.

A personalidade de Satanás

Antes de comentar a respeito da personalidade de Satanás, desejo fazer uma observação que considero muito importante.
Não devemos, em momento algum, deixar de ter em mente que quando se fala a respeito do diabo, devemos ter nossas mentes completamente conscientes de que estamos lidando com um ser que é nosso implacável adversário! Esse ser, Satanás, não poupará esforços para nos tentar prejudicar e destruir. Logo, o mais sábio é olharmos firmemente para o Senhor Jesus Cristo com nossos corações voltados para a submissão e devoção a Ele. Agindo assim, estaremos fortalecidos no Senhor e poderemos, com as armas da Luz, fazer frente e vencer o inimigo de Deus. Como pôde um anjo que foi criado perfeito vir a ser o líder de uma rebelião contra Deus? Até onde já comentamos, Satanás se tornou obcecado por um desejo de auto-exaltação, o que, por sua vez, foi a causa de sua ruína. A Bíblia nos adverte a respeito deste perigo:

"A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda." 
Provérbios 16:18

Embriagado pela soberba e pelo orgulho, Satanás corrompeu sua própria sabedoria tornando-se assim completamente deformado em relação ao seu estado original.

"..., corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor,..."  
Ezequiel 28:17

Em outras palavras, Lúcifer literalmente enlouqueceu. E é o próprio Deus quem chama de loucos aos que lhe são rebeldes:

"O temor do Senhor é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino." 
Provérbios 1:7

A atitude de arrogância, altivez e atrevimento de Satanás diante de Deus, foi um literal enlouquecimento do diabo. Seu estado tornou-se irremediavelmente doentio e sem cura.
Satanás passou a odiar a Deus, de todo o seu coração, não lhe restando lugar ou qualquer possibilidade para arrependimento. Foi uma atitude deliberada, premeditada, dolosa e criminosa e que trouxe sobre ele a condenação eterna.
O ódio passou a ser a força motriz para Satanás. Todos os seus atos são motivados pelo ódio que sente por Deus e por uma espécie de desejo de vingança que ele nutre contra o Senhor Todo-Poderoso. Satanás e seus anjos (os demônios) tornaram-se seres completamente loucos, implacavelmente agressivos, violentos e ferozes.
Quando o Senhor Jesus Cristo estava no deserto sendo tentado pelo diabo, Ele estava cercado por demônios cheios de ódio contra Ele. Mas Deus e os anjos eleitos estavam lá..

"E logo o Espírito o impeliu para o deserto, onde permaneceu quarenta dias, sendo tentado por Satanás; estava com as feras, mas os anjos o serviam." Marcos 1:12,13

Quando surgir a besta de que fala a Bíblia em Daniel e no Apocalipse, este ser será um exemplo de ódio, rancor e cólera contra Deus e contra os seus servos. Ao examinarmos as Escrituras quando falam a respeito da besta (anti-Cristo), podemos ver, na figura da besta, através de seu comportamento, como é a personalidade de Satanás.
Ao surgir, sua primeira atitude será abrir a sua boca em blasfêmias e difamações contra Deus e contra os cristãos:

"Foi lhe dada uma boca que proferia arrogâncias e blasfêmias, e autoridade para agir quarenta e dois meses; e abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para lhe difamar o nome e difamar o tabernáculo, a saber, os que habitam no céu. Foi lhe dado também que pelejasse contra os santos e os vencesse..." Apocalipse 13: 5-7

A besta será um líder mundial que governará debaixo do domínio satânico e exteriorizará o ódio que Satanás sente contra Deus.

"... e adoraram o dragão porque deu a sua autoridade à besta;..." 
Apocalipse 13:4

Esta á a personalidade de Satanás: Arrogante, atrevido, blasfemador, mentiroso, injusto, cruel, sedutor e movido por ódio. Embora inteligente e possuidor de vastos conhecimentos, é um ser completamente louco e muito perigoso. Irremediavelmente perdido, porém implacável (que não se deixa dominar), persistente e sádico. Irônico, debochado, homicida e letalmente perigoso. Não possui nenhuma ralação com o Senhor, pois Deus expulsou Lúcifer de Sua presença e comunhão para sempre. Satanás não tem acesso a arrependimento. Só lhe resta o ódio e a atividade da destruição, o que continuará a exercer até que venha o Senhor.
Mas louvado seja Deus, pois está escrito:


"Para isto se manifestou o Filho de Deus, para destruir as obras do diabo." 1João 3:8

Maranata!

Onde estão os demônios e Satanás agora?

Após a expulsão de Satanás e dos demônios, do céu, uma parte deles se encontra agora aprisionada em um lugar que a Bíblia chama de Tártaro:

"e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande dia;" 
Judas 6

"Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo;
e não poupou o mundo antigo, mas preservou a Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas, quando fez vir o dilúvio sobre o mundo de ímpios;
e, reduzindo a cinzas as cidades de Sodoma e Gomorra, ordenou-as à ruína completa, tendo-as posto como exemplo a quantos venham a viver impiamente;" 2 Pedro 2:4-6

Aqui neste versículo a palavra traduzida para abismos vem do grego: Tártaro, que significa: o mundo inferior; o equivalente à palavra grega Hades, também traduzida para inferno.
A idéia de que Satanás tem um trono dentro do inferno não tem nenhuma sustentação bíblica. Antes, o diabo e os demônios têm pavor desse lugar de tormento que foi preparado para eles. Vejamos o que disseram os demônios quando o Senhor Jesus os expulsava:

"Então, rumaram para a terra dos gerasenos, fronteira da Galiléia. Logo ao desembarcar, veio da cidade ao seu encontro um homem possesso de demônios que, havia muito, não se vestia, nem habitava em casa alguma, porém vivia nos sepulcros.
E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando e dizendo em alta voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-te que não me atormentes. Porque Jesus ordenara ao espírito imundo que saísse do homem, pois muitas vezes se apoderara dele. E, embora procurassem conservá-lo preso com cadeias e grilhões, tudo despedaçava e era impelido pelo demônio para o deserto. Perguntou-lhe Jesus: Qual é o teu nome? Respondeu ele: Legião, porque tinham entrado nele muitos demônios. Rogavam-lhe que não os mandasse sair para o abismo.
Ora, andava ali, pastando no monte, uma grande manada de porcos; rogaram-lhe que lhes permitisse entrar naqueles porcos. E Jesus o permitiu.
Tendo os demônios saído do homem, entraram nos porcos, e a manada precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do lago, e se afogou."
Lucas 8:26-33

Portanto, abismo, hades, tártaro ou inferno é o lugar onde muitos demônios se encontram aprisionados para o dia do juízo quando então serão eternamente lançados em um lugar definitivo que a Bíblia chama de Geena, que é o lago do fogo.
Outra parte dos demônios e o próprio Satanás encontram-se temporariamente soltos, até o dia do juízo. E enquanto estiverem soltos se esforçarão para destruir o maior número de seres humanos possível, em uma espécie de tentativa de vingança contra Deus e contra a humanidade que Deus criou.
Mas o fim do diabo e dos demônios já está por Deus determinado:

"E o Deus da paz em breve esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás. A graça de nosso Senhor Jesus seja convosco." 
Romanos 16:20
A Guerra

Até que se finde a nossa guerra contra as trevas, o que se dará quando Cristo retornar, é imperioso que sigamos cuidadosamente todas as instruções do Senhor com respeito à guerra espiritual. Satanás, mais do que nunca, hoje se encontra em grande cólera e inquietação, pois sabe que dentro em breve será lançado no lago do fogo para a eternidade. Por isso estará atacando com toda a ferocidade, violência e agressividade. Estará agindo pessoalmente, utilizando-se de seus anjos, os demônios, e também estará se utilizando de seres humanos. Seu objetivo é DESTRUIR!
Observemos como foi o combate entre o Senhor Jesus e Satanás no deserto. Como foi que o Senhor o venceu? Pela PALAVRA DE DEUS! Observemos que o Senhor Jesus Cristo contra atacou todas as investidas de Satanás dizendo: ESTÁ ESCRITO!, citando sempre as Escrituras contra tudo o que o diabo dizia.
Vejamos:

"A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito, ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome.
Então o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: ESTÁ ESCRITO: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo. E lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito; que te aguardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. Respondeu-lhe Jesus: Também ESTÁ ESCRITO: Não tentarás o Senhor teu Deus. Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles, e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque ESTÁ ESCRITO: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele darás culto. Com isto o deixou o diabo, e eis que vieram anjos, e o serviam." 
Mateus 4:1-11
Satanás tentou enganar o Senhor Jesus Cristo utilizando-se de uma estratégia semelhante a que usou contra Eva no paraíso, isto é, citou as Escrituras levianamente, pois ao final desejava que o Senhor Jesus lhe obedecesse quando tentou ao Senhor com as frases:
-Manda que estas pedras se transformem em pães
-Atira-te abaixo
-Prostre-se diante de mim e me adore ( Aliás, neste ponto, o Senhor já não mais tolerou tamanho atrevimento e imediatamente ordenou a Satanás: Retira-te!)
Jesus citou legitimamente as Escrituras, obedecendo-as, assim venceu o diabo.
Esta tática de guerra é invencível, pois ninguém pode contra a Palavra de Deus.
Outro aspecto importantíssimo na nossa guerra contra Satanás, é a necessidade de estarmos com nossos corações firmados em Cristo e cheios de esperança naquilo que por Deus nos está prometido: A vida eterna. Desta forma tornamo-nos desapegados das coisas materiais e da glória passageira e efêmera deste mundo:

"Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram, e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida." Apocalipse 12:11
Louvado seja Deus!
BISPO/JUIZ.PHD/THD.DR.EDSON CAVALCANTE

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.