Subscribe:

segunda-feira, 21 de maio de 2012

O PODER DO EVANGELHO...

O Poder do Evangelho e o seu Mistério

1. Paulo, o Ministro
a. regozija-se nos seus sofrimentos
(Paulo prisioneiro sabe que os seus sofrimentos em favor da igreja trarão beneficios a todos, portanto se alegra)

b. preenche as aflições de Cristo
(Não no sentido de preencher ou concluir o sofrimento de Cristo na cruz do Calvário. Paulo não usa a palavra grega que indica a paixão de Cristo, mas sim aquela que fala das aflições. Existem duas correntes de pensamentos. A mais antiga remonta aos tempos de Santo Agostinho diz que:
1. “Essas tribulações pertencem a Cristo pela união existente entre Cristo-cabeça e os membros do seu corpo, a igreja. Em virtude dessa união o sacrifício oferecido por Cristo tornou-se o sacrifício de todos, de todos os membros do corpo; os sofrimentos dos membros tornam-se, vice-versa, sofrimentos da cabeça e lhe completam a obra salvadora.”
2. “A outra fala do Cristo histórico que sofreu para evangelizar a raça humana. O campo evangelizado por Cristo por Cristo em pessoa foi muito restrito: os apóstolos são chamados a completarem a obra dele por meio da pregação e com a contribuição de seus próprios sofrimentos e com isso dizer-se sofrimentos de Cristo”
João Calvino fica com a primeira posição. Adiciona que nós temos de ser conforme Cristo quando suportou a cruz e a comunhão com ele chega até ao sofrimento)
1. na carne – não é meramente espiritual
2. a favor da igreja – tem um propósito
3. para cumprir a vontade de Deus

Paulo como ministro: do evangelho (v.23); da igreja (v.25); de Cristo Jesus (Rm 15.16); da nova aliança (II Co 3.6) e de Deus (II Co 6.4).

2. Paulo, o Guardião dos Mistérios

a. O que sabemos sobre esse mistério de Deus?
1. ele estava oculto dos séculos
2. ele estava oculto das gerações
3. ele foi revelado por causa da vontade de Deus
4. ele é cheio da riqueza da glória

b. Que mistério é esse?
1. este mistério é Cristo no meio dos gentios
2. Cristo no meio dos pagãos como era o caso dos crentes de Colossos que vieram do paganismo
3. Mistério maior ainda quando fala que Cristo está em nós. Não estamos mais alheios à revelação divina. Ele não tem mais segredos para conosco. Fomos incluidos no grupo seleto que agora tem acesso a graça redentora.
4. Cf. Rom 16:25-26 parece que este mistério foi mantido em segredo por Deus. Aquilo que poucas pessoas entenderam no AT tornou-se claro no NT.

3. Paulo, o Pregador Obediente

a. Anuncia a Cristo

b. Adverte e Ensina a todos

c. Conduz a Cristo

d. É esforçado no seu ministério

e. É dependente do poder de Deus...
BISPO/JUIZ.DR.EDSON CAVALCANTE

(Chama a atenção para o fato de que o mistério de Deus não deve ser limitado a uns poucos que são iniciados na arte do saber ou nas religiões misteriosas, mas é aberto a todos os que querem conhecer melhor o que Deus tem preparado para eles. Note que a pessoa é perfeita em Cristo e somente nele)

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.